Brasil quebra jejum de 11 anos e chega à final feminina por equipe no Mundial de Ginástica

A Seleção Brasileira feminina de ginástica artística obteve um excelente resultado neste domingo (28), em sua estreia no Mundial de Ginástica Artística, que está sendo realizado em Doha (Qatar). Depois de 11 anos, o time brasileiro conseguiu avançar para uma final por equipes, repetindo o feito de 2007, no Mundial de Stuttgart (ALE).

Com ótima performance do grupo formado por Flavia Saraiva, Jade Barbosa, Rebeca Andrade, Lorrane Oliveira e Thaís Fidelis, o Brasil ficou em quinto lugar no classificatório, somando um total de 162,529. As brasileiras conseguiram ficar à frente de fortes rivais, como Japão e Grã-Bretanha, que foi bronze por equipes no Mundial de 2015.

Além de já assegurar lugar entre as 24 primeiras colocadas e disputar com equipe completa o Mundial do ano que vem, quando serão definidas a maior parte das vagas para a Olimpíada de Tóquio-2020, o Brasil assegurou três finalistas individuais na competição.

A finalista olímpica e mundial Flavia Saraiva, de 19 anos, conseguiu avançar para a final do individual geral, na nona colocação (já considerando os descartes de duas ginastas por país), com um total de 53,999. Além dela, Jade Barbosa também se qualificou em 18º, com 52,733. Flavinha ainda avançou para a final do solo em quinto lugar, com a nota 13,900.

Por muito pouco, Rebeca Andrade não se classificou para a final das paralelas assimétricas, terminando em 10º lugar com 14,333 e ficando como segunda reserva para a final.

“Claro que podemos fazer ainda melhor, mas foi excelente chegar à final por equipes depois de 11 anos, na quinta colocação. Vale ressaltar nossa boa apresentação no salto, com ótima nota das meninas (43,532)”, afirmou Henrique Motta, chefe da delegação do Brasil.

As ginastas brasileiras comemoram a atuação neste domingo, mas preferem ficar com os pés no chão. “Fiquei muito feliz com a minha performance. É claro que dava para ter ido muito melhor, mas para as próximas competições já dá para melhorar bastante”, afirmou Flavia Saraiva.

“Ficamos muito felizes com a classificação, ainda mais por ter ficado em quinto lugar por equipe. A gente já obteve esse resultado, mas agora é um pouco diferente, pois não fizemos a melhor competição da vida. A gente ainda tem muito a melhorar, não passamos bem num aparelho que somos muito mais firmes do que demonstramos, que foi a trave. Foi um quinto lugar, mas com quedas. A gente pode mostrar um Brasil diferente na final. Espero que possamos mostrar o que fizemos no treino de pódio”, disse Jade Barbosa

As notas das brasileiras por aparelho foram as seguintes:

Salto
Rebeca Andrade – 14,333
Flavia Saraiva – 14,466
Jade Barbosa – 14,500
Thais Fidelis – 13,533

Paralelas assimétricas
Rebeca Andrade – 14,333
Jade Barbosa – 13,333
Lorrane Oliveira – 13,166
Flavia Saraiva – 12,400

Trave
Flavia Saraiva – 13,233
Rebeca Andrade – 12,633
Lorrane Oliveira – 12,066
Jade Barbosa – 11,700

Solo
Flavia Saraiva – 13,900
Jade Barbosa – 13,200
Thais Fidelis – 13,133
Lorrane Oliveira – 13,033

Masculino disputa final por equipes
Nesta segunda-feira (29), a Seleção Brasileira masculina disputará a final por equipes do Mundial de Doha, a partir das 10h (horário de Brasilia), com transmissão pelo SporTV 2.

O Brasil fará suas rotações ao lado da Grã-Bretanha e a ordem nos aparelhos já foi definida:

Argolas: Caio Souza, Arthur Zanetti e Lucas Bitencourt
Salto: Arthur Nory, Caio Souza e Arthur Zanetti
Paralelas: Francisco Barreto, Caio Souza e Lucas Bitencourt
Barra fixa: Arthur Nory, Caio Souza e Francisco Barreto
Solo: Arthur Zanetti, Arthur Nory e Caio Souza
Cavalo com alças: Lucas Bitencourt, Francisco Barreto e Arthur Nory

Programação:
Segunda (29)
10h - 11h30 - Final por equipes masculina

Terça (30)
10h - 12h - Final por equipes feminina

Quarta (31)
10h - 12h - Final individual geral masculino

Quinta (1)
10h - 11h30 - Final individual geral feminino

Sexta (2)
10h - Solo - masculino
10h30 - Salto - feminino
11h30 - Cavalo com alças - masculino
12h - Paralelas assimétricas - feminino
12h30 - Argolas - masculino

Sábado (3)
10h - Salto - masculino
10h40 - Trave feminina
11h30 - Paralelas - masculino
12h - solo - feminino
12h30 - Barra fixa

Veja os convocados:

GINÁSTICA ARTÍSTICA FEMININA
Anna Júlia Reis – CEGIN
• Flávia Saraiva - CRF
• Jade Barbosa - CRF
• Lorrane Oliveira – CRF
• Rebeca Andrade - CRF
• Thaís Fidélis – CEGIN

Treinadores: Francisco Porath Neto, Iryna Ilyashenko e Valeri Liukin
Chefe de Equipe: Juliana Fajardo
Fisioterapeuta: Mariana Weschenfelder
Árbitras: Elaine Gueriero e Yumi Sawasato

GINÁSTICA ARTÍSTICA MASCULINA
Arthur Nory - ECP
• Arthur Zanetti - SERC
• Caio Souza - SBC
• Francisco Barreto - ECP
• Lucas Bitencourt - MTC
• Leonardo de Souza - MTC

Treinadores: Cristiano Albino, Marcos Goto e Ricardo Yokoyama
Chefe de Equipe: Leonardo Finco
Massoterapeuta: Julio Bransford de Oliveira
Médico da Aclimatação: Dr. Breno Schor
Médico do Mundial: Dr. Rodrigo Sasson
Árbitros: Edgard Vernetti Ferreira e Robson Caballero
Chefe de delegação: Henrique Motta

==> Foto: Ricardo Bufolin / CBG

0 comentários:

Postar um comentário