SHOW'S GRATUITOS NO MUSEU DA REPÚBLICA: Diogo Nogueira; Hamilton de Holanda; Mart'nália ...

Neste projeto, Diogo e Hamilton apresentam um repertório especial que reúne clássicos da música brasileira, de Baden Powell a Nelson Cavaquinho, passando por Lupicínio Rodrigues, Monsueto, Dorival Caymmi e Arlindo Cruz, entre outros grandes compositores.

O espetáculo é uma fusão dos universos que ambos os músicos transitam: Samba, Choro e Jazz. As músicas são interpretadas em duetos, na voz de Diogo Nogueira e o bandolim de 10 cordas de Hamilton de Holanda. “É essa liberdade e, principalmente, a amizade que temos que me atraiu para esse projeto”, diz Hamilton. No show a dupla é acompanhada pelo contrabaixista André Vasconcellos e pelo percussionista Thiago da Serrinha – que carrega em seu nome e mãos a tradição do jongo.

Diogo e Hamilton tiveram alguns breves encontros anteriores em CDs, DVDs, e shows, mas a ideia do Bossa Negra nasceu do primeiro encontro dos dois num duo que fizeram em 2009. Sem ensaio, com um repertório montado na hora, e que funcionou. Hamilton gostou da maneira destemida de Diogo e disse: “No palco ele partiu para cima, evocou o espírito natural do samba, gostei!”.

Diogo, por sua vez, adorou a experiência “Arriscar sem medo, poder se atirar nos braços do Hamilton e saber que ele vai estar lá para elegantemente nos segurar. Quem não quer?”. O nome Bossa Negra nasceu naquele dia, a amizade entre os artistas se solidificou e tornou possível que, mesmo numa agenda individual frenética, se conseguisse abrir espaços para estes primeiros encontros “exclusivos”.

Serviço: 
Local: Praça do Museu Nacional da República.
Dia e horário: 27 de julho, domingo.
Entrada: Franca.
Duração: 60 minutos.
Classificação indicativa: Livre para todos os públicos.


ARTISTAS CONVIDADOS:
* Grupo Bongar - 19:00 horas.
* Diogo Nogueira e Hamilton de Holanda -  20:00 horas.
* Mart'nália - 23:00 horas.
* Fernando Ferrer e  - 00:30 horas.
* Alissa Sanders, Indiana Nomma, Marabeau e Ellen Oléria - 01:00 hora.

==> Foto: Divulgação

O Mercado de Notícias, documentário de Jorge Furtado, estreia nos cinemas dia 07/08

O Mercado de Notícias traz depoimentos de 13 importantes jornalistas brasileiros sobre o sentido e a prática da profissão, as mudanças na maneira de consumir notícias e o futuro do jornalismo. O filme reflete casos recentes da política brasileira, onde a cobertura da imprensa teve papel de grande destaque.
 

O surgimento do jornalismo, no século 17, é apresentado pelo humor da peça O Mercado de Notícias (The stapleofnews), escrita pelo dramaturgo inglês Ben Jonson, em 1625. A peça de Jonson foi encenada pela primeira vez em 1626, em Londres, e esta é sua primeira tradução para a língua portuguesa, feita pelo diretor Jorge Furtado e pela professora LizianeKugland. Trechos da comédia foi montada e encenada para a produção do longa, revelando sua espantosa visão crítica, capaz de perceber na imprensa de notícias, recém-nascida, uma invenção de grande poder e grandes riscos.



Bob Fernandes, Cristiana Lôbo, Fernando Rodrigues, Geneton Moraes Neto, Janio de Freitas, José Roberto de Toledo, Leandro Fortes, Luis Nassif, Mauricio Dias, Mino Carta, Paulo Moreira Leite, Raimundo Pereira eRenata LoPrete são os jornalistas que dão depoimento no filme O Mercado de Notícias.


“Acredito que um documentário, para ser durável – e ele deve ser, mais que uma notícia -, tem que ser útil, no sentido de iluminar um tema, uma atividade, uma época. Deve servir de elemento deflagrador de debates, instigar novas pesquisas, despertar nos espectadores aquilo que o Umberto Eco chama de “espírito de decifração”. O Mercado de Notícias debate critérios jornalísticos, e este é o seu sentido e o sentido da peça de Jonson. É também uma defesa da atividade jornalística, do bom jornalismo, sem o qual não há democracia”, diz o diretor Jorge Furtado.

 

SOBRE O DIRETOR

Jorge Furtado é sócio da produtora Casa de Cinema de Porto Alegre. Dirigiu e roteirizou os longas Houve Uma Vez Dois Verões (2002), O Homem Que Copiava (2003), Meu Tio Matou Um Cara (2005), Saneamento Básico, O Filme (2007) e o episódio Estrada, do longa-metragem Felicidade É... (1995). Foi premiado no Brasil e no exterior com os curtas-metragens O Dia Em Que Dorival Encarou A Guarda (1986), Barbosa (1988), Ilha Das Flores (1989), Esta Não É A Sua Vida (1991), Ângelo Anda Sumido (1997) e O Sanduíche (2000). Para a TV Globo, dirigiu a série Cena Aberta (2003), a minissérie Luna Caliente (1998) e História Do Amor (2011), e escreveu dezenas de roteiros: Agosto (1993), Memorial De Maria Moura (1994), A Invenção Do Brasil (2000), etc., além da série Comédias Da Vida Privada, da qual também dirigiu o episódio Anchietanos (1997).

SOBRE A PEÇA
O Mercado de Notícias(The stapleofnews, Ben Jonson – 1625)
A peça se passa em um dia, em Londres, em 1625. Um homem, Pila Pai, simula a própria morte e volta, disfarçado de mendigo, para vigiar os passos do filho, Pila Júnior.

No exato dia em que chega a sua maioridade, Pila Júnior começa a torrar sua fortuna, com roupas de luxo, jantares e festas. Faz uma semana que ele recebeu, através de um mendigo, a notícia de que seu pai havia morrido em terras distantes.

Pila Pai, antes de partir em sua última viagem, deixou documento firmado e entregue ao advogado Gazua, condicionando a posse de sua herança ao casamento com Pecúnia, riquíssima herdeira.

Tio Pila, usurário, vive às custas de Pecúnia. Ele vende os suprimentos de sua cozinha e empresta dinheiro a juros. Tio Pila mantém Pecúnia e suas amas – Hipoteca, Norma, Promissória e Taxa – em cativeiro, vivendo em condições precárias. Ele administra a casa com mão de ferro e a ajuda de Notário.

Em Londres a novidade é um Mercado de Notícias, comandado pelo senhor Trombone, seu sócio Patranha e seus repórteres. A agência cria um intenso comércio de notícias e, para que mais prospere, o senhor Trombone pretende em casamento a senhorita Pecúnia, também cortejada por Pila Junior. Enfim, todos querem Pecúnia.

Pila Júnior descobre como funciona e para que serve uma agência de notícias e nela emprega seu amigo, Tom, um barbeiro.

O Pai desaprova o comportamento do filho perdulário, sua vida de dissipação e luxo com seus amigos boêmios, um grupo de desaforados que vive nas abas da nobreza e da nova burguesia: Almanaque (o médico), Timorato (o militar), Madrigal (o poeta) e Heraldo (o homem de sociedade).

Despindo a fantasia de mendigo, Pila Pai revela sua identidade, seus planos e impõe ao filho o castigo de viver como mendigo. Comovido com a solidariedade (não inteiramente desinteressada) do filho na disputa contra Gazua, o advogado inescrupuloso, e tendo expulsado os amigos oportunistas do filho, o pai acaba por perdoá-lo, entregando-lhe a mão da cobiçada Pecúnia. Tio Pila arrepende-se de sua avareza, liberta seus cães. Os oportunistas fogem, Gazua é processado e preso. A paz se restaura no casamento de Pila Júnior e Pecúnia.

 

O Mercado de Notícias


Brasil, 2014, 94 min, CLASSIFICAÇÃO
Roteiro e Direção: Jorge Furtado
Produção Executiva: Nora Goulart
Montagem: Giba Assis Brasil
Direção de Fotografia: Alex Sernambi / Jacob Solitrenick
Direção de Arte: Fiapo Barth
Figurinos: Rosângela Cortinhas
Distribuição:
 
Elenco da peça: Antônio Carlos Falcão, Eduardo Cardoso, Elisa Volpatto, Evandro Soldatelli, Irene Brietzke, Ismael Caneppele, Janaina Kremer, Marcos Contreras, Mirna Spritzer, Nelson Diniz, Sérgio Lulkin, Thiago Prade, UrsulaCollischonn, Zé Adão Barbosa.

Entrevistados: Bob Fernandes, Cristiana Lôbo, Fernando Rodrigues, Geneton Moraes Neto, Janio de Freitas, José Roberto de Toledo, Leandro Fortes, Luis Nassif, Mauricio Dias, Mino Carta, Paulo Moreira Leite, Raimundo Pereira, Renata LoPrete.

JOE SATRIANI VEM À CAPITAL PARA SHOW NO NET LIVE BRASÍLIA

NET LIVE BRASÍLIA apresenta JOE SATRIANI, no dia 3 de outubro de 2014 (sexta-feira), às 21h. Satriani foi um dos maiores guitarristas do mundo, com grande fama no lançamento de seu álbum de 1987 "Surfing with the Alien". Mais de 10 milhões de álbuns e CDs, além de 14 indicações ao Grammy.
Embora ele inicialmente começou sua carreira ensinando alguns dos guitarristas consagrados do rock dos anos 80 e 90, como o do Metallica, Kirk Hammet, e o virtuoso Steve Vai, Joe Satriani é universalmente aclamado como um dos guitarristas mais talentosos tecnicamente e respeitados do rock. Satriani, que cita Jimi Hendrix como uma grande influência, rapidamente se estabeleceu como um dos guitarristas mais influentes do rock.
Desde o lançamento do "Surfing With The Alien" em 1987, Satriani tem sido eleito o melhor guitarrista nas votações dos leitores de revistas de guitarra. Escolhido por Mick Jagger para realizar a turnê mundial do solo de Mick, e pelo Deep Purple em turnê no Japão e Europa. A carreira deu a Satriani o título de verdadeiro herói da guitarra.
Depois de lançar vários álbuns solo aclamados pela crítica, em 1996, Satriani embarcou na primeira vitrine G3, que se tornou um sucesso instantâneo. G3 têm realizado turnês de sucesso na América do Norte, Europa, América do Sul, Japão e Austrália, e lançaram três DVDs G3 ao vivo.
Em 2009 Joe se juntou com Sammy Hagar e Michael Anthony do Van Halen, e Chad Smith do Red Hot Chili Peppers para formar Chickenfoot. Álbum de estréia da banda foi um sucesso internacional, recebendo medalhas de ouro nos EUA, Canadá e Europa, além de reconhecimento de Classic Rock Magazine como a melhor nova banda de 2009.
Joe lançou seu álbum de estúdio 11 Cisnes Negros e Wormhole Wizards em outubro de 2010. Seguiu com esse projeto em turnês nos Estados Unidos e Europa. No ano seguinte, o segundo álbum do Chickenfoot, III, foi lançado para aclamação da crítica no dia 27 de setembro.
Em janeiro de 2012, Satriani embarcou em uma turnê européia com o Chickenfoot. Em abril de 2012, ele lançou o DVD / Blu-Ray de seu tão falado filme 3D concerto Satchurated: Live In Montreal. Durante o mesmo ano, ele embarcou em turnês do G3 na Europa e na Austrália com Steve Vai e Steve Lukather.
Em 22 de setembro de 2012 Satriani apresentou no 50 Anos do Tributo Marshall, concerto em memória do falecido Jim Marshall, no Wembley Arena de Londres, que também incluiu Paul Gilbert, Zakk Wylde, Glenn Hughes, Yngwie Malmsteen, Doug Aldrich, Billy Duffy, Nicko McBrain, Corey Taylor, Brian Tichy, Tim Ripper Owens, Mike Portnoy, Andy Fraser e Kerry king.



SERVIÇO BRASÍLIA

JOE SATRIANI – 2014 WORLD TOUR

Realização: VISION PRODUÇÕES

 

Data: 3 de outubro de 2014, às 21h
Local: NET LIVE BRASÍLIA (SHTN Trecho 2, Conjunto 5 – próximo ao Bay Park – Vila Planalto).
Capacidade: 3500 pessoas
Ingressos: 1º lote - meia entrada: cadeira premium R$180; cadeira R$150 e pista R$80. 2º lote - meia entrada: cadeira premium R$180; cadeira R$180 e pista R$100.
Duração: aproximadamente 2h
Classificação etária: Não recomendado para menores de 16 anos
Acesso para deficientes
Venda dos ingressos: ingressorapido.com.br / 4003-1212 ou Central de Ingressos do Brasília Shopping (Piso G2)
Patrocinadores da casa: NET, Claro, Laboratórios Sabin e Budweiser
Apoiadores da casa: Academida Bodytech e Rede OBA


- Meia-entrada: obrigatória a apresentação do documento previsto em lei que comprove a condição de beneficiário: no ato da compra e entrada do evento (para compras na bilheteria oficial e pontos de venda físicos) / na entrada do evento (para compras via internet ou telefone).
Promoção de 50% sobre o valor da inteira:
-          Clientes NET: necessário apresentar última fatura do mês vigente ou anterior;
-          Clientes Claro: necessário apresentar última fatura do mês vigente ou anterior ou cartão Claro Clube;
-          Profissionais da área de saúde: necessário apresentar carteira profissional
Observação: Ingressos promocionais destinados aos clientes NET, Claro e dos Laboratórios Sabin que efetuarem compra serão vendidos com 50% de desconto, sobre o valor da inteira, não sendo cumulativo o desconto, com a quantidade máxima estipulada de 10% da capacidade da casa por setor. Desconto limitado a 04 ingressos por titular.


BILHETERIA OFICIAL – SEM TAXA DE CONVENIÊNCIA
CENTRAL DE INGRESSOS DO BRASÍLIA SHOPPING (PISO G2)
De segunda a Sábado, das 10h às 22h, domingos e feriados, das 14h às 20h

LOCAIS DE VENDA - COM TAXA DE CONVENIÊNCIA
ingressorapido.com.br / 4003-1212


FORMAS DE PAGAMENTO
Dinheiro; cartões de crédito MasterCard, American Express, Visa e Diners; cartões de débito Visa Electron e MasterCard débito.

Mais informações: 4003-1212

==> Foto: Divulgação

Últimos dias para conferir Angatu e Pez – O Poder do Sorriso

Expressões que ficaram famosas em vários cantos do Brasil e do mundo, o sorriso de Angatu e Pez ficam só até o dia 29 de julho no Instituto Cervantes Brasília. Em homenagem, o artista plástico Rafael Hiran criou “Dom Quixote Angatu” em uma das paredes do Espaço Cultural da instituição.

Com curadoria da mestranda no curso de Artes da Universidade de Brasília, Samira Rabello, a mostra é representada por 19 fotografias que retratam os principais grafites do espanhol Pez e 13 telas de Hiran, criador do personagem Angatu. Assim, o projeto assume o compromisso de mostrar ao público a relação existente entre os personagens. Em El Pez, é possível conhecer uma Espanha contemporânea, plural, repleta de ideias, formato e cores em sua arte urbana que é referência para outros países. Nas telas de Rafael, sejam elas abstratas ou figurativas, o Angatu está sempre presente e sorridente.

De acordo com Samira, uma das propostas da exposição é destacar a similaridade no trabalho desses dois artistas, destacando o caráter universal do sorriso como linguagem.

A exposição foi inaugurada no dia 24 de abril e permanece até o dia 29 de junho.

Exposição (Arte Urbana). Angatu e Pez – O Poder do Sorriso
Data: Prorrogada até o dia 29 de julho
Visitação: De segunda a sexta, das 9h às 20h. Sábado, das 9h às 15h.
Local: Espaço Cultural Instituto Cervantes (707/907 Sul, Lt. D)
CI: Livre
Informações: 3242-0603
Entrada Franca!

==> Foto: Rafael Hiran

Na telinha: confira as partidas com transmissão neste fim de semana (25 a 27/07)

As transmissões abaixo referem-se aos canais TV Globo (e suas afiliadas), SporTV e Premiere e estão no horário de Brasília.

SEXTA-FEIRA, 25

Série B do Campeonato Brasileiro

19h30 - Oeste x Luverdense
Transmissão: Premiere (com Demetrius Garcia e Carlos Bonatelli)

21h - América-RN x América-MG
Transmissão: SporTV (menos RN), Premiere e PFCI (com Rodrigo Raposo e Marquinhos)

21h - Boa Esporte x Bragantino
Transmissão: Premiere (com Henrique Guidi e Rivelino Teixeira)

Amistoso Despedida do Deco

15h45 - Porto (2006) x Barcelona (2006)
Transmissão: SporTV (com Antero Neto e Edinho)

SÁBADO, 26

Série A do Campeonato Brasileiro

18h30 - Cruzeiro x Figueirense
Transmissão: SporTV (menos MG) e Premiere (com Rogério Correa e Bob Faria)

18h30 - Santos x Chapecoense
Transmissão: Premiere, PFC HD e PFCI (com Bachin Jr e Wagner Vilaron)

18h30 - Criciúma x Vitória
Transmissão: Premiere (com Jorge Vinicius e Ivan Andrade)

21h - Bahia x Internacional
Transmissão: Premiere, PFC HD e PFCI (com Thiago Mastroianni e Jorge Allan)

Série B do Campeonato Brasileiro

16h20 - Ponte Preta x Vasco
Transmissão: Premiere, Premiere HD e PFCI (com Eduardo Moreno e Carlos Eduardo Lino)

16h20 - Atlético-GO x Náutico
Transmissão: TV Globo para PE (com Rembrandt Junior, Chiquinho e Wilson Souza) e Premiere (com Victor Roriz e Claudio Rabelo)

16h20 - Santa Cruz x Ceará
Transmissão: TV Globo para CE (com Kaio Cézar e Paulo Cesar Norões) e Premiere e Premiere HD (com Rodrigo Raposo e Marquinhos)

16h20 - Joinville x Avaí
Transmissão: Premiere (com André Lino e Paulinho Criciúma)

21h - Sampaio Corrêa x Vila Nova
Transmissão: Premiere (com Laércio Costa e Herbert Fontenelle)

21h - Paraná x ABC
Transmissão: Premiere (com Felipe Lestar e Gil Rocha)

Torneio Internacional de Futebol

13h30 - Wolfsburg x Hamburgo
Transmissão: SporTV (com Eusébio Resende e Teixeira Heizer)

15h30 Bayern Munique x Borussia Monchengladbach
Transmissão: SporTV (Jader Rocha e Raphael Rezende)

DOMINGO, 27

Série A do Campeonato Brasileiro

16h - Sport x Atlético-MG
Transmissão: Premiere (com Rodrigo Raposo e Marquinhos)

16h - Goiás x São Paulo
Transmissão: Premiere e PFC HD (com Odinei Ribeiro e Luiz Ademar)

16h - Corinthians x Palmeiras
Transmissão: TV Globo para SP, RS, PR, SC, MG (Uberlândia e Ituiutaba), GO, TO, MS, MT, BA, SE, PE, CE, MA, PA (menos Santarém) e AP (com Cleber Machado, Caio, Casagrande e Paulo Cesar Oliveira) e Premiere, PFC HD e PFCI (com Jota Jr, Wagner Vilarom e William Machado)

16h - Atlético-PR x Fluminense
Transmissão: TV Globo para RJ, ES, MG (menos Uberlândia e Ituiutaba), AL, PB, RN, PI, PA (Santarém), AM, RO, AC, RR e DF (com Alex Escobar, Junior e Arnaldo Cezar Coelho) e Premiere (com Luiz Augusto Xavier e Gil Rocha)

18h30 - Grêmio x Coritiba
Transmissão: SporTV (menos RS), Premiere e PFCI (com Milton Leite e Mauricio Noriega)

18h30 - Flamengo x Botafogo
Transmissão: Premiere e PFC HD (com Luiz Carlos Jr e Lédio Carmona)

==> Fonte: Globoesporte

==> Foto: Divulgação

Em primeiro no grupo, Brasil leva vantagem na segunda fase do Mundial de Handebol de Areia

Recife (PE) - A Seleção Brasileira Masculina fechou a primeira fase do VI Mundial de Handebol de Areia, na Praia do Pina, em Recife (PE), da mesma forma como conduziu os jogos anteriores: com uma vitória segura e sem sustos. O 2 a 0 garantiu o primeiro lugar do grupo A, com 100% de aproveitamento, condição que lhe dá a vantagem de dois pontos na próxima fase de grupos, que tem início amanhã.

"Tudo aconteceu como nós esperávamos", adiantou o técnico Antônio Guerra. "Por sermos atuais campeões e sede do evento, pegamos um grupo mais confortável. O que me surpreendeu foi o crescimento de outras Seleções. As equipes que eram mais fracas hoje são medianas. Isso é bom para modalidade", analisou.

O jogo com a Dinamarca foi vencido sem grandes atropelos e com larga vantagem no primeiro set: 22 a 11. No segundo, os dinamarqueses tentaram reagir, mas pararam na grande atuação do goleiro Jaime e o placar ficou em 25 a 20.

"O jogo foi mais difícil do que a gente imaginava. Parece que todo mundo está gostando de jogar beach (handebol). A maioria das Seleções está evoluindo bastante e a Dinamarca é um exemplo disso. Tivemos dificuldade com o time deles no começo e só deslanchamos quando encaixamos algumas peças no jogo", ressaltou Jaime.

Além do Brasil, que terminou em primeiro, o grupo A teve a própria Dinamarca na segunda colocação. A terceira vaga ficou com a Sérvia, que derrotou Omã por 2 a 0. Na outra partida, o Uruguai venceu a Austrália, também por 2 a 0.

Pelo grupo B masculino, Rússia e Croácia fizeram uma partida bastante equilibrada e que precisou do shoot out para os croatas fazerem o 2 a 1. Com mais tranquilidade, a Espanha venceu a Argentina e o Qatar derrotou o Egito (ambos por 2 a 0).

Croácia e Qatar terminaram a fase com quatro vitórias, mas nos critérios de desempate, quem ficou com a primeira colocação foi o time europeu. Em terceiro lugar ficou a Espanha.

A primeira rodada dos confrontos da segunda fase de grupos ficou assim:

Sexta-feira (25)
10h50 - Sérvia x Croácia
11h40 - Dinamarca x Qatar
12h30 - Brasil x Espanha

Confira os resultados e a programação dos jogos no link:

http://www.ihf.info/IHFCompetitions/BeachHandball/VIBEACHHANDBALLWORLDCHAMPIONSHIPSMen/FixturesandResults/tabid/6861/Default.aspx

==> Foto: Anderson Stevens / Photo&Grafia

“Alice – O Musical”, Um mundo de maravilhas com o espetáculo infantil - neste domingo

O que difere um musical das demais montagens teatrais é basicamente a união de três dos mais importantes campos da arte: interpretação, canto e dança. A envolvente mistura de técnicas rende grandes espetáculos. Brasília caminha para se tornar a capital dos musicais. Dentro deste cenário, a Expressarte Cia de Musicais traz “Alice – O Musical” para o público infantil brasiliense em duas exclusivas apresentações. O Teatro La Salle receberá a montagem no dia 27 de julho, com sessões às 16h30 e às 18h30.

Alice é uma menina curiosa, inteligente, parecida com as crianças de hoje, ela acredita em seus sonhos, e isto fica claro durante toda a sua trajetória da jovenzinha no ‘Pais das Maravilhas’, desta forma, ela persistirá até o fim da sua viagem, com muita coragem e ânimo.

A montagem conta com elenco formado por artistas brasilienses e lança mão de recursos tecnológicos de projeção e efeitos especiais para facilitar o envolvimento do público com a história. Além de entreter, o grupo pretende estabelecer um palco de atuação para os bailarinos e músicos do Distrito Federal. O mercado de Brasília está em ascensão e a profissionalização de serviços envolvidos, tais como: figurino, iluminação, produção, direção artística, cenografia, e afins necessitam de mercado para crescerem.

Alice é um clássico das histórias infantis, na versão musical, cada cena será apresentada: encenada, cantada e dançada. Com cenas divertidas e coreografias envolventes, o espetáculo traz para o palco toda a magia da história do autor Lewis Carroll.

História de Alice

Uma menina que ao ver um coelho manco passando correndo perto dela, curiosa o segue, quando de repente cai num buraco que mais tarde, ela descobrirá ser uma passagem para o ‘’País das Maravilhas’’. Ao adentrar, ela viverá as mais incríveis aventuras atravessando o tempo e o espaço, descobrindo assim o mundo da fantasia, repleto de riquezas visuais e interpessoais que alimentam a alma humana e que nos tornam seres tão especiais.

Musical para todos

Levar o espetáculo para crianças de todo o DF faz parte do processo de formação de plateia e do elenco envolvido em “Alice – O Musical”. Cidades como Taguatinga, Ceilândia, Gama, entre outras receberão o projeto. A ação é uma forma de promover a descentralização da cultura brasiliense. Com entrada franca, o público terá acesso aos talentos brasilienses, tanto da dança quanto da música, bem como os técnicos de cenografia, iluminação, figurinistas, e afins.

Expressarte

A companhia foi fundada em 1991 com o objetivo de realizar trabalhos com os artistas da cidade, fomentando e promovendo o desenvolvimento da cultura local. Representa hoje um grande incentivo aos estudantes de dança, música e teatro de Brasília, principalmente os de dança clássica, contemporânea, dança moderna, jazz e dançarinos de  teatro musical.

Eclética, não desenvolve uma única linguagem de movimento, embora trabalhe diariamente com a técnica básica do ballet clássico. Oferece oficinas de sapateado, teatro, dança contemporânea, dança moderna, hip hop, jazz, interpretação e música.

FICHA TÉCNICA

Alice - O Musical
Grupo: Expressarte Cia de Musicais
Roteiro, direção geral, produção e cenografia: Katia Nadiejda
Figurino: Deborah Bastos
Direção cênica: Deborah Bastos
Coreografias: Rita Barretto e Júnior Ohara
Regência e produção musical: Vladimir Fiuza
Iluminação e sonorização: José Raimundo e Ricardo Ponte
Designer Gráfico: Ricardo Mendonça

SERVIÇO

O quê: Alice – O Musical
Onde: Teatro La Salle (SGAS 906, Conj. E – Asa Sul)
Quando: 27 de julho de 2014, domingo. Sessões às 16h30 e 18h30
Quanto: R$ 20 (meia-entrada), estudantes e doadores de 1 kg de alimento não-perecível.
Ingressos Antecipados: Claude Debussy - Unidade Asa Sul: SCRS 513, bloco C, entrada 30, ou na Unidade Asa Norte: SCRN quadra 716 bloco C loja 36.
Para quem: Classificação Indicativa: Livre para todos os públicos.
Acessibilidade: Sim
Para saber mais: (61) 3349-0506 / 3245-3537.

==> Foto: Divulgação

Andreghetto volta à pista do acidente que interrompeu sua carreira no Moto 1000 GP

Palco da terceira etapa do Moto 1000 GP, que será disputada neste domingo (27), o Autódromo Internacional Nelson Piquet, em Brasília (DF), tem emblemática importância na carreira de Renato Andreghetto. Foi nessa pista, há quase dois anos, que o piloto paulista do Team Suzuki PRT sofreu o mais grave acidente de sua carreira, responsável pela interrupção de sua atuação no Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, retomada em 2013.

A etapa de Brasília de 2012, disputada em 21 de outubro, era a quarta das oito que compunham o calendário do Moto 1000 GP. Andreghetto chegou à capital federal como líder invicto da competição, depois de conquistar duas vitórias em Interlagos e outra em Curitiba. Nos treinos classificatórios, obteve o segundo lugar no grid, que teve pole position do também paulista Lucas Barros, então o piloto mais jovem do grid, com 16 anos.

A disputa pela vitória na corrida vinha sendo marcada pelo duelo entre Barros, com a BMW da Alex Barros Racing, e Andreghetto, com a Kawasaki da Pitico Race Team. Até que, na última das 11 voltas, a tentativa de Andreghetto de ultrapassar o adversário resultou em queda. Piloto e moto colidiram contra a barreira de pneus. Apesar da violência do impacto, Andreghetto escapou ileso. Barros conquistou a primeira vitória sem saber do acidente.

“Foi um acidente muito forte”, recorda Andreghetto, que depois da batida tomou a decisão de se retirar das pistas. “Conversei muito com a minha família e decidi que era melhorar parar”, continua. O incentivo que recebeu da equipe chefiada por José Carlos “Pitico” de Morais resultou em sua volta ao Moto 1000 GP no ano passado. Com seis vitórias, um segundo e um sexto lugar em oito etapas, conquistou o título brasileiro da categoria GP Light.

Cumprindo em 2014 sua temporada de estreia na GP 1000, a categoria principal do Moto 1000 GP, Renato Andreghetto é o mais bem colocado entre os pilotos que utilizam o modelo Suzuki GSX R1000. “As pessoas vêm e me perguntam se me passa algo de ruim pela cabeça por voltar a competir em Brasília, e felizmente não. Pelo contrário, é mais uma corrida, uma corrida em que vou buscar pontos, quem sabe o primeiro pódio”, diz, com naturalidade.

Com um oitavo lugar na primeira etapa da temporada, em Santa Cruz do Sul (RS), e a nona posição na prova seguinte, em Interlagos (SP), Andreghetto ocupa o quinto lugar na classificação do campeonato. “Voltei a competir com a cabeça erguida, com foco no trabalho. Fui campeão e ganhei motivação ainda maior para buscar meu espaço na GP 1000, onde enfrento os melhores pilotos do Brasil e de outros países. Tem sido um grande aprendizado”, explana.

Andreghetto e os demais pilotos do Moto 1000 GP terão nesta sexta-feira (25) o primeiro contato do GP Brasília com o traçado de 5.475 metros do circuito da capital federal. A terceira etapa do Brasileiro de Motovelocidade, no domingo, terá transmissão pelos canais Bandsports e Esporte Interativo e do portal Terra a partir das 13h. O site moto1000gp.com.br transmitirá ao vivo os treinos classificatórios de sábado (26) e todas as provas de domingo.

MOTO 1000 GP – PROGRAMAÇÃO DO GP BRASÍLIA
(Autódromo Internacional Nelson Piquet, 25 a 27 de julho de 2014)

Sexta-feira
13h00 – primeiro treino livre da GPR 250 (25 minutos)
13h35 – primeiro treino livre da GP 600 (25 minutos)
14h10 – primeiro treino livre da GP 1000 (25 minutos)
14h45 – primeiro treino livre da GP Light (25 minutos)
15h20 – segundo treino livre da GPR 250 (25 minutos)
15h55 – segundo treino livre da GP 600 (25 minutos)
16h30 – segundo treino livre da GP 1000 (25 minutos)
17h05 – segundo treino livre da GP Light (25 minutos)

Sábado
9h00 – terceiro treino livre da GPR 250 (25 minutos)
9h35 – terceiro treino livre da GP 600 (25 minutos)
10h10 – terceiro treino livre da GP 1000 (25 minutos)
10h45 – terceiro treino livre da GP Light (25 minutos)
11h20 – quarto treino livre da GPR 250 (25 minutos)
11h55 – quarto treino livre da GP 600 (25 minutos)
13h20 – quarto treino livre da GP 1000 (25 minutos)
13h55 – quarto treino livre da GP Light (25 minutos)
14h30 – treino classificatório Q1 da GPR 250 (20 minutos)
14h55 – treino classificatório Q1 da GP 600 (20 minutos)
15h20 – treino classificatório Q1 da GP 1000 (20 minutos)
15h45 – treino classificatório Q1 da GP Light (20 minutos)
16h15 – treino classificatório Q2 da GPR 250 (10 minutos)
16h30 – treino classificatório Q2 da GP 600 (10 minutos)
16h45 – treino classificatório Q2 da GP 1000 (10 minutos)
17h00 – treino classificatório Q2 da GP Light (10 minutos)

Domingo
8h10 – warm up da GP 600 (10 minutos)
8h30 – warm up da GP Light (10 minutos)
8h50 – warm up da GP 1000 (10 minutos)
9h10 – warm up da GPR 250 (10 minutos)
10h20 – largada da GP 600 (11 voltas)
11h20 – largada da GP Light (11 voltas)
11h50 – show de wheeling e visitação aos boxes
13h10 – largada da GP 1000 (14 voltas)
14h05 – largada da GPR 250 (7 voltas)
15h00 – motopasseio

BRASILEIRO DE MOTOVELOCIDADE – CATEGORIA GP 1000
(Classificação do Moto 1000 GP após 2 de 8 etapas)

1º) Matthieu Lussiana (FRA/BMW), Petronas Alex Barros Racing, 48
2º) Wesley Gutierrez (PR/Kawasaki), Motonil Motors-PDV Brasil, 36
3º) Miguel Praia (POR/Honda), Center Moto Racing Team, 27
4º) Danny Eslick (EUA/Kawasaki), JC Racing Team, 26
5º) Renato Andreghetto (SP/Suzuki), Team Suzuki PRT, 15
5º) Nico Ferreira (PR/Kawasaki), HPN Racing, 15
7º) Lucas Barros (SP/BMW), Petronas Alex Barros Racing, 14
8º) Danilo Lewis (SP/Kawasaki), Motonil Motors-PDV Brasil-RC3, 13
8º) Sebastiano Zerbo (ITA/Kawasaki), Squadra Ducati Ribeirão, 13
10º) Sergio Fasci (ARG/Yamaha), MGBikes Yamaha Racing, 12
11º) Luciano Ribodino (ARG/BMW), BMW Motorrad Alex Barros Racing, 11
12º) Diego Faustino (PR/Suzuki), Team Suzuki-PRT, 10
13º) Diego Pretel (SP/Ducati), Squadra Ducati Ribeirão, 8
14º) Danilo Andric (SP/BMW), M2B Racing, 7
15º) Marcos Salles (PR/Honda), Competizione Racing Team, 6
16º) Nasser Al Malki (QAT/Kawasaki), MR Lekhwiya Racing Team, 5
17º) Nick Iatauro (SP/Suzuki), Team Suzuki PRT, 4
17º) Daniel Lenzi (PR/BMW), Grinjets, 4
19º) Alecsandre De Grandi (SP/Honda), Team De Grandi, 3
19º) Luís Fittipaldi (DF/Kawasaki), JC Racing Team, 3
21º) Ricieri Luvizotto (SP/Kawasaki), MR Lekhwiya Racing Team, 1

As motocicletas do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade utilizam a gasolina Petrobras Podium e o óleo lubrificante Lubrax Tecno Moto. Petrobras e Lubrax patrocinam a competição ao lado da BMW Motorrad e da Michelin, fornecedora de pneus a todas as equipes inscritas. A Auto Service Logística é a transportadora oficial do evento, que conta também com o apoio de Suzuki, Beta Ferramentas, Servitec, LeoVince, Shoei, Tutto Moto, HPN e Peterlongo.

==> Foto: Equipe Sanderson