Última semana para aproveitar a comédia Auto Ajude-se do G7

Está chegando ao fim mais uma temporada de sucesso da Companhia de Teatro G7. Nesse fim de semana, 16 e 17 de fevereiro, acontecem as três últimas apresentações da comédia Auto Ajude-se, peça inspirada nos grandes eventos de coaching mundiais. As apresentações ocorrem no Teatro Marista (615 Sul) no sábado às 19h e às 21h30 e no domingo às 20h30. Os ingressos custam a partir de R$30.
Sempre aos sábados e domingos, com uma sessão em cada dia, a peça traz os atores Felipe Gracindo, Frederico Braga e Rodolfo Cordón em uma comédia para te ajudar a ser mais feliz. “No início do ano as pessoas fazem promessas para ter uma mudança de vida nesse novo ciclo. Com a peça do G7 queremos ajudar as pessoas a se encontrarem, melhorar sua autoestima, serem mais positivos e, claro, darem muitas risadas”, afirma Rodolfo Cordón.
“Auto Ajude-se é o manual de como ser feliz e se divertir no caminho. Quando sua vida mudar para melhor, lembre-se: o mérito é seu. E se ainda não está como deveria ser, é claro, a culpa também é sua”, brinca Frederico Braga.
A comédia conta com interatividade com o público, improviso, música ao vivo e cenas hilárias, Auto Ajude-se tem o selo G7 de qualidade e é feita para você rir muito!

Ficha Técnica: 
Elenco: Felipe Gracindo, Frederico Braga e Rodolfo Cordón
Direção, produção e realização: Cia. de Comédia G7
Administrador/produtor: Marco Wanderlei
Fotografia: Kazuo Okubo
Direção de palco: Giovani Santos
Assistente de palco: Antonio Neto
Iluminação: Jefferson Landim
Sonoplastia: Taigo Matos
Administração: Francinete Mariano e Daniele Ferreira
Imprensa: Susi Morais
Comercial: Alek Santos
Apoio de produção: Antônio Rodrigues, Lucas 


SERVIÇO:

Auto Ajude-se 
Datas e horários:
16 de fevereiro (sábado) às 19h e 17 de fevereiro (domingo) às 20h30
Local: Teatro Marista - SGAS, Qd 615, Modulo C | Colégio Marista de Brasília, Asa Sul
Ingressos antecipados a partir de R$ 30,00 (meia-entrada*)
Ingresso Social: doação de 1 kg de alimento não perecível
Pontos de Vendas: Up Grade 415 Sul (sem taxas) e no site www.G7comedia.com 
*Meia-entrada: Todos os casos previstos em lei
Informações: (61) 99351-1369 (com WhatsApp)

==> Foto: Divulgação

Camboatá na Rua: duo brasiliense leva música poesia e teatro a feiras e praças do DF

Representatividade, empoderamento e acesso à cultura são parte do processo que compõe o projeto “Camboatá na Rua”. Encabeçada pelo Duo Camboatá, a circulação chega a diferentes praças e feiras do Distrito Federal em cinco apresentações gratuitas que acontecerão durante o mês de fevereiro. Formado pelas cantoras Naiara Lira e Maboh, o duo desenvolve suas apresentações no contexto do processo de se entender enquanto mulher, se descobrir negra, e se encontrar na capoeira - mostrando as influências e implicações que esses assuntos exercem na infância, vida adulta e velhice de cada indivíduo. Com duração de cerca de 40 minutos, os shows intercalam momentos de dança, música, poesia e teatro, alternando no público emoções como tristeza, alegria, revolta, euforia e saudade.

Uma realização da Lira Produções, com incentivo do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal (FAC-DF), o projeto que louva a mulher, a africanidade e a capoeira começa sua peregrinação no dia 15 de fevereiro, na praça do Acampamento Pacheco Fernandes, na Vila Planalto, sempre com o encerramento do grupo Beribazu ou do grupo Nzinga, representantes de peso da capoeira local. Na abertura, o Duo Camboatá receberá o grupo Beribazu. No domingo, dia 17 de fevereiro, o projeto segue para a Feira Permanente do Núcleo Bandeira, com encerramento do grupo Nzinga. A agenda continua no dia 22, na Vila Telebrasília, com Beribazu, e no dia 23, na Feira Permanente da Candangolândia com o grupo Nzinga. O encerramento será domingo, 24 de fevereiro, na Feira Permanente do Cruzeiro, com o grupo Beribazu. Nos dias 17 e 22, as apresentações do Duo Camboatá vão contar com a participação especial da cantora Zila Siquet.

Sobre o Duo Camboatá
Em 2014 em visita à Sérvia, a diretora musical do projeto, Naiara Lira, foi convidada a cantar em roda de capoeira de um grupo sérvio que visitava. Assim que a cantora iniciou seu canto, os jogadores sentaram e ninguém mais jogou, as pessoas passaram a escutar de olhos fechados a brasileira numa reação inédita para a cantora. Em novembro do mesmo ano, de volta ao Brasil, Naiara foi convidada a cantar na formatura de um mestre do grupo de capoeira a que pertence. Na ocasião, a cantora compôs uma cantiga especial e fez calar o auditório de mais de 300 pessoas que ainda se acomodavam nos assentos. “Cantar a capoeira para capoeiristas é diferente de fazer um show de samba, por exemplo.

Quando eu faço um show, é como se eu convidasse as pessoas para a minha casa e cantasse pra elas. Cantar cantigas para capoeiristas é chegar na casa de cada um e fazer uma serenata na hora que a pessoa abre a porta. Agora, vê, isso não é mágico?”, diz a cantora.

Em 2015, juntamente com as cantoras Débora Valente e Marielhe Borges (Maboh), Naiara criou o grupo “Camboatá”, que estreou em Sydney (Austrália), no evento Brazilian Day, em setembro do mesmo ano. Composto por três cantoras negras, o grupo acrescentou as temáticas mulher e negritude à da capoeira - já extensamente cantada e retratada. Ao regressar, o grupo sofreu alterações com a saída da cantora Débora Valente, e fez algumas apresentações, o que incluiu o Clube do Choro de Brasília, e como não podia ser diferente, uma legião de capoeiristas inundou o espaço que terminou com uma roda enorme de capoeira no estacionamento do espaço.

O grupo “Camboatá” vem com o objetivo de ajudar a sanar esse desejo. A capoeira é caracterizada pela coesão entre seus/suas praticantes, e o grupo já provou ter um público cativo em vários lugares, como a rádio capoeira (www.radiocapoeira.com.br), que já toca cantigas gravadas pelas três.

Para além da capoeira, o grupo traz assuntos como racismo, estupro, relacionamentos abusivos; tudo isso misturados ao bom humor das cantigas de lavadeira. É um espetáculo forte, provocativo e conscientizador.

Sobre as cantoras

Maboh (Marielhe Borges)
Em atividade desde 1997, a cantora Mabô tem uma carreira marcada pela versatilidade. Seja nos gêneros musicais que interpreta, indo do hip-hop ao erudito, nas várias áreas em que atua como: locução, direção musical, backing-vocal, banda de baile, teatro musical, composição e produção musical ou ainda na sua circulação pelo meio artístico, tendo trabalhado com nomes como GOG, Natiruts, Maestro Silvio Barbato e Sérgio Maggio entre muitos outros. Em seus mais recentes trabalhos estão a direção vocal da peça "Eu vou tirar você deste lugar", construída com canções de Odair José, com a ilustre voz de Maria Alcina e premiada nacionalmente (2014), a entrada no trio Camboatá que realizou seu show de estréia no Brazilian Day em Sydney na Austrália (2015) e o convite para integrar o grupo SetBlack, um dos vencedores do concurso "Acapella" do "Domingão do Faustão" (2016).

Naiara Lira
Naiara Lira teve seu primeiro contato com a música aos 5 anos de idade, quando começou a estudar piano erudito. Aos 17, incentivada pelo grupo de teatro amador do qual fazia parte, entrou para o núcleo de Canto Popular da Escola de Música de Brasília. Já dividiu o palco com músicos renomados do cenário brasiliense, e mesmo brasileiro, como Bibi Ferreira, Myrlla Muniz, Maurício Carrilho e Jorge Mautner. Em janeiro de 2012 lançou sua carreira no exterior com o show “Um pouquinho de Brasil” nas cidades de Rotterdam e Schiedam, Holanda, a convite da ex prefeita jovem da cidade a brasileira Andrea Moreira acompanhada pelo “CLAN”, constituído pelos instrumentistas Cairo Vitor, Leandro Barcelos e Andressa Ferreira sob a produção de Raí Marques. Além de tocar em bares e restaurantes o grupo participou do Festival de Cinema de Rotterdam. Em meados de 2012 a cantora alterou seu nome artístico de Naiara Morena para Naiara Lira e iniciou as gravações de seu primeiro álbum chamado “Retalhos”. O CD é composto de 10 faixas autorais onde a cantora e compositora brasiliense canta sua cidade, seus amores e descobertas. Em setembro de 2015 a convite do BRACCA (Brazilian Community Council of Australia) a cantora estreou “Camboatá”, show de sua autoria que apresenta com as cantoras Debora Valente e Mabô. O grupo, de nome homônimo, se apresentou durante o “Brazilian Day” de Sydney, Austrália.

Saiba mais sobre os grupos de capoeira

Nzinga
O grupo Nzinga volta-se à preservação dos valores tradicionais da Capoeira Angola e da cultura de matriz africana a partir de pesquisas, treinos, rodas, publicações, debates, produção artística e ativismo social. Os ensinamentos das mestras e mestres buscam dar continuidade aos ensinamentos da linhagem do seu maior expoente, Mestre Pastinha (Vicente Ferreira Pastinha, 1889-1981). Além das atividades no Distrito Federal, o grupo tem núcleos no Rio de Janeiro, Salvador, São Paulo e em países como Alemanha, Argentina, Colômbia, Estados Unidos, Japão, México e Moçambique.

Beribazu
Fundado pelo Mestre Zulu em 1972, o grupo Beribazu teve sua primeira sede no Colégio Agrícola de Brasília, localizado na cidade de Planaltina (DF). Fundamentando sua filosofia e suas ações no binômio “arte-luta”, o grupo congrega as características da capoeira como manifestação de origem popular, expressão artística e modalidade de luta. Internacionalmente reconhecido por seu pioneirismo nas pesquisas sobre a capoeira, sua história, seus fundamentos pedagógicos e suas tradições, o Beribazu atua tanto em espaços de educação formal como escolas e universidades e também, na educação não-formal como academias, clubes, condomínios, associações comunitárias e projetos sociais.


SERVIÇO:

Camboatá na Rua
Dia 15 de fevereiro (sexta-feira), às 20h, na Vila Planalto (praça do Acampamento Pacheco Fernandes), com encerramento do grupo Beribazu.

Dia 17 de fevereiro (domingo), às 10h30, na Feira Permanente do Núcleo Bandeirante (praça Padre Roque Projeção 09, 3ª Avenida), com participação especial de Zila Siquet e encerramento com o grupo Nzinga.

Dia 22 de fevereiro (sexta-feira), às 12h, na Vila Telebrasília, com participação especial de Zila Siquet e encerramento com o grupo Beribazu.

Dia 23 de fevereiro (sábado), às 10h30, na Feira Permanente da Candangolândia (QR 1), com encerramento do grupo Nzinga.

Dia 24 de fevereiro (domingo), às 10h30, na Feira Permanente do Cruzeiro (Quadra 811, Cruzeiro Novo), com encerramento do grupo Beribazu.

Entrada gratuita
Classificação indicativa livre
Realização: Lira Produções
Produção: Mariwô Produções
Realizado com incentivo do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal (FAC-DF)

Links redes sociais:
Facebook: www.facebook.com/triocamboata
Instagram: @duocamboata

Vídeos:
https://www.facebook.com/triocamboata/videos/1095802340531280/
https://www.facebook.com/triocamboata/videos/909319012512948/
https://www.facebook.com/triocamboata/videos/873410452770471/

Gravações:
https://soundcloud.com/camboat/chamado-de-angola-camboata
https://soundcloud.com/camboat/camboata

==> Foto: Jacqueline Lisboa

BRASÍLIA RECEBE MAIS DE 200 ATLETAS PARA EVENTO MASTER DE NATAÇÃO

À partir de hoje (sexta - 15), às 17h, a Academia D’stak será palco da XXIII edição do Mais Mais Masters de Natação. A competição, realizada em parceria com a Associação Brasiliense Master de Natação (Abramn), ocorrerá na piscina semiolímpica coberta da academia brasiliense e contará com 200 atletas de mais de 50 anos, que concorrem em categorias divididas por sexo e faixa etária. Participam competidores de 18 estados e até de outros países. A competição é registrada na Federação Internacional de Natação (FINA) e os tempos podem ser contados para ranking mundial.

Durante os três dias de evento, que vai até o domingo (17), além das disputas por categorias, estão previstas ainda atividades culturais, palestras e passeios pela cidade. “Fizemos um evento com tudo que os masters mais gostam: nadar, dançar, comer bem, passear e se divertir”, ressalta o anfitrião e organizador local do evento, Wilson Brasil, que será um dos homenageados do evento. “O objetivo do Mais Mais é tirar um pouco da competitividade pura e simples do esporte e trazer o lado humano”, completa Wilson.

Programação:
No dia 15, logo após a chegada e credenciamento, às 17h, os atletas participam de aquecimento e uma bateria de competição, às 18h. Na sequência, durante o jantar, assistem duas palestras com temas ligados à saúde. A neurologista Dra. Márcia Neiva, falará sobre “AVC - Causa e Prevenção”, e na sequência, será a vez de palestra com o tema “Queda - O que é considerado uma queda e sua gravidade”. O ator André 14 Voltas encerrará a programação do primeiro dia, às 20h45, com um stand up motivacional.

No sábado, dia 16, a programação se inicia pela manhã, às 8h30, com passeio turístico de barco pelo Lago Paranoá, onde haverá um bailinho pré-Carnaval, com sambas e marchinhas. Depois do almoço, haverá a solenidade de abertura oficial, às 14h, que contará com uma homenagem a dois atletas campeões da categoria, Graciette Barros e Wilson Brasil, seguida de mais uma bateria de provas, às14h20. À noite, a diversão estará garantida, a partir das 19h, durante o happy hour com a cantora Dani Machado e banda, com flashbacks dos anos 60, 70 e rock anos 90.

Já no domingo, a programação tem início às 8h30, com a última bateria de competições. O encerramento, às 12h, será bem festivo, com uma feijoada e entrega de faixas para os mais votados em categorias lúdicas como a competidora mais gatinha e o mais sarado, entre outras. Na programação cultural, Simão Santos, anima a turma com sambinhas e pagodes. Em um outro momento de integração, os participantes serão estimulados a colocar seu desejos na árvore da felicidade, com o tema “o que quero mais e mais...”.

Sobre a Academia D’stak - Empresa 100% brasiliense, com 39 anos de atuação, a academia conta um ambiente acolhedor, de excelência profissional e atendimento personalizado. Pioneira no Brasil na natação para bebês e na natação master, a D’STAK investiu nos melhores e mais modernos equipamentos do mercado na área de musculação e fitness e multiplicou as opções da sua grade de atividades. Além das modalidades aquáticas, que conta com hidroginástica, hidroterapia e natação para todas as idades (master, adulto, juvenil, infantil e para bebês), a academia dispõe ainda de aulas de alongamento, bike express, cycling Indoor, musculação, pilates e funcional, entre outras especialidades.

Sobre o Mais Mais Masters de Natação - O evento acontece anualmente em diferentes cidades brasileiras e tem como objetivo promover o esporte aquático e a integração entre os atletas da categoria.


SERVIÇO:

XXIII Mais Mais Masters de Natação - Troféu Graciete Maria Nascimento Barros e José Wilson Brasil Nascimento
Organização: Associação Brasiliense Master de Natação
Data: 15 Fev a 17 Fev 2019
Local do Evento: Academia D ́stak
Endereço: Sganorte Quadra 911 – Colégio Santa Dorotéia – Asa Norte Brasília/DF

==> Foto: Divulgação

Expo Brazlândia recebe show de Gusttavo Lima, Bonni e Belluco, além de outras atrações

Em turnê com o álbum O Embaixador, Gusttavo Lima é a grande atração da noite na Expo Brazlândia, neste sábado (16). Além do cantor mineiro, o evento, que acontece na Associação Rural e Cultural Alexandre Gusmão (ARGAG) a partir das 21h, também receberá apresentações de DJs e da dupla sertaneja Bonni & Belluco.

O novo disco de Gusttavo Lima, lançado no ano passado, conta com grandes sucessos, como Zé da Recaída, Cem Mil e Carrinho na Areia. Além de canções de O Embaixador, o extenso repertório inclui as queridinhas do público Apelido Carinhoso, Mundo de Ilusões e muito mais.

A dupla brasiliense Bonni & Belluco também promete um ótimo show para abrir a grande noite. Eles apresentarão músicas como Vontade Dividida, Agenda Rabiscada e Duas Camisas.

Os ingressos estão à venda pelo site da Bilheteria Digital e nos estabelecimentos Brasil China, Loja do Ingresso, Tropical Tecidos, Recanto Sertanejo, Toro Distribuidora, Visual Calçados, La Recoleta, Academia Top Saúde, Drogaria Santa Luzia e Churrasquinho do Rodinho. Os valores vão de R$ 50 (meia-entrada da pista) a R$ 1.000 (inteira do lounge com consumação de R$ 150).


SERVIÇO:

Gusttavo Lima na Expo Brazlândia
Local: Associação Rural e Cultural Alexandre Gusmão (ARCAG) - Núcleo Rural Alexandre de Gusmão, BR-080, KM 13, Brazlândia
Data: Sábado, 16 de fevereiro
Horário: A partir das 21h

Ingressos:
Pista: R$ 50 (meia) e  R$ 100 (inteira)
Cadeira:  R$ 130 (meia) e  R$ 260 (inteira)
Lounge: R$ 500 (meia) e  R$ 1.000 (inteira)

Evento não recomendado para menores de 16 anos

==> Foto: Site Bilheteria Digital

Ispilicute 13 anos: Os 3 do Nordeste + Forró de Vitrola + La Calle Latina

Venha viver a história do Forró vendo, ouvindo, dançando e cantando os 50 anos de Os 3 do Nordeste nesta edição que comemora os 13 anos de Forró Ispilicute e que esquenta a galera para o Nata Forrozeira, um dos maiores festivais de forró pé de serra do país!
Nas pick ups o DJ Cacai Nunes agita a galera com os clássicos do seu renomado Forró de Vitrola. 
O professor e proprietário da academia Lá na Dança, Victinho Maia, coloca a galera no embalo do dois pra lá, dois pra cá na aula gratuita de Forró Roots às 20h30.
No 2o ambiente é noite de ritmos latinos e a Salsa, Bachata, Zouk Brasileiro, Kizomba e Reggaeton sacodem a La Calle Latina. O DJ Zoltan sacode a pista e os professores Gabriel Vaz e Gustavo Colin da Salsa Amigos e do Latinos em Evidência, ensinam os passos calientes da Salsa e da Bachata na aula gratuita às 21h30.
Até 23h rola dose dupla de Catuaba, Xiboquinha e Bananinha então chegue cedo, dance mais e beba mais por menos!
Os 50 primeiros convidados no baile ganham um brinde do Nata Forrozeira e ainda vai rolar sorteio de ingressos para este maravilhoso festival! 

Forró Ispilicute 13  anos 
Desde 2006 trazendo cultura, música e muita dança para as noites de sexta em Brasília, o Forró Ispilicute apresenta uma atração diferente a cada edição e ainda o som do DJ LÊU forró pé de serra, a aula de forró gratuita às 20h30, condições especiais para comemorações ; os comes , bebes e as promoções do Bar do Cícero, serviço de chapelaria, estacionamento interno com segurança e toda estrutura oferecida pelo Minas Brasília Tênis Clube. 
Forró Ispilicute, o melhor do forró pé de serra está aqui! 
 
Vídeo com imagens do Ispilicute em :
 
Informações sobre o evento em:

Sobre Os 3 do Nordeste:

Mais informações e listas de aniversário:
Zagne Produções: (61) 98442-3155
Classificação Indicativa: 18 anos


SERVIÇO:

Ispilicute: 50 anos OS 3 do Nordeste + La Calle Latina
Dia: Sexta- feira . 22/02
Hora: 20h
Local: Minas Brasília Tênis Clube (SCEN  Trecho 03 )

Salão Principal 
Forró Pé de Serra
Show: 50 anos Os 3 do Nordeste
DJ Cacai Nunes – Forró de Vitrola
Aula gratuita de Forró Roots às 20h30 – Profº Vitinho Maia  - Academia Lá na Dança

2º Ambiente
La Calle Latina
DJ Zoltan
Aula gratuita de Salsa e Bachata  às 20h30 – Profº Gabriel Vaz e Gustavo Colin 

Ingressos:
Antecipado 30 reais - www.sympla.com.br
Desconto para compra à vista: 25 reais  – somente em dinheiro com comissários
Na  hora: 40 reais (somente em dinheiro)
Estacionamento interno: – 5 reais
 
ANIVERSARIANTES:  acesse ‘Comemorações’ no site do evento e venha festejar com a gente. 
Mais informações: www.forroispilicute.com.br / Zagne Produções: (61) 98442-3155
Classificação Indicativa: 18 anos| Aceitamos todos os cartões apenas no bar

==> Foto: Divulgação

"SOBROU ALGUMA COISA NO TINTEIRO?" VIDA E OBRA DE EUGÊNIO COLONNESE

Eugênio Colonnese foi um dos grandes artistas do quadrinho mundial e um dos principais mestres do quadrinho brasileiro. Nascido na Itália em 1929, mudou-se para a Argentina em 1946, onde construiu uma rápida e fulgurante carreira em revistas como "El Tony", "Hora Cero" e "Misterix". Na Argentina conheceu os artistas Osvaldo Talo e Rodolfo Zalla. Os três imigraram para o Brasil no início dos anos 60 e ajudaram a construir o período mais fértil e criativo dos quadrinho s brasileiros.

Desenhou milhares de páginas de terror, faroeste, aventuras, guerra e super-heróis. Criou personagens clássicos como Mylar, Superargo, Pele de Cobra, e suas duas obras-primas, Morto do Pântano e Mirza, a mulher vampiro. Trabalhou por 30 anos ininterruptos como ilustrador de livros didáticos, revolucionando o ramo com seus quadrinhos educativos.

Ganhou vários prêmios e trabalhou para as maiores editoras brasileiras, além das internacionais Fleetway (inglesa), Columba (argentina) e Bonelli (italiana). Seu trabalho precisa ser (re)descoberto e estudado por todos os críticos e amantes das Histórias em Quadrinhos, para que seja perpetuado e cada vez mais valorizado e cultuado.

Este é o primeiro documentário sobre a vida e obra deste mestre fundamental para o Quadrinho brasileiro e sul-americano.

Produzido pelo premiado cartunista Marcio Baraldi, fã e amigo de Colonnese, o filme reconstrói a vida do artista desde o princípio, através de depoimentos de familiares, amigos, artistas e editores como Rodolfo Zalla, Álvaro de Moya, Rubens Lucchetti, Gonçalo Junior, Franco de Rosa, entre outros. O filme traz dezenas de imagens raras como fotos de sua infância e juventude na Argentina e de seus primeiros desenhos para o mercado profissional.

O DVD possui ainda extras preciosos como galeria de fotos, galeria de artes, contendo mais de uma centena de imagens raras, além de clipes feitos por fãs em sua homenagem.

"Sobrou alguma coisa no Tinteiro?" pode ser adquirido pelo site: http://www.comix.com.br/dvd-sobrou-alguma-coisa-no-tinteiro.html . Preço sugerido ao consumidor: R$25,00

Facebook Marcio Baraldi: http://www.facebook.com/oficialmarciobaraldi
Twitter Marcio Baraldi: http://twitter.com/marciobaraldi
Instagram Marcio Baraldi: http://www.instagram.com/marciobaraldi/
Youtube: www.youtube.com/marciobaraldi
Site: www.marciobaraldi.com.br


SERVIÇO:

DVD Sobrou Alguma Coisa no Tinteiro?
Vida e obra de Eugênio Colonnese
Documentário por Marcio Baraldi
Ano: 2019
Extras: Biografia, Galeria de Artes, Galeria de Fotos, Clipes
01 DVD, duração 90 minutos

==> Foto: Divulgação

SORTEIO DE VOUCHER'S PARA RODÍZIO DE PIZZA!!!

O Restaurante Esquina Paulista e o EsporteCultura estão convidando vocês para conhecerem um Restaurante especial de Brasília, com ótimos serviços no almoço e no jantar.

Seu Rodízio de Pizza (no jantar), é famoso pelo Cardápio variado - pois além da pizza (sal e doce), é servido sushi, caldos e petiscos diversos - bem como, seu preço super acessível ao bolso do consumidor, de segunda a segunda.

O Restaurante Esquina Paulista, fica localizado na CLS 311, Bloco A, Lojas 3 e 4, em Brasília/DF, fones 3522-3655 e 98653-7900.

Outras informações e promoções podem ser visualizadas através do link colocado em nossa página, campo "Parceiros". Acesse e descubra outras opções interessantes, inclusive comemorações de aniversários.

O Restaurante Esquina Paulista está oferecendo Voucher's para serem sorteados entre os internautas do Site EsporteCultura. Para participar do sorteio - cortesias para o Rodízio de Pizza, servido no jantar exceto bebidas e taxa de serviço - mande um e-mail, colocando seu nome e fone, para "dalton@esportecultura.com.br".

* No campo Assunto, escreva: "Rodízio de Pizza"

* Para ser sorteado, é necessário que tenha curtido a Fan Page da página do EsporteCultura - www.facebook.com/esporteculturasite?ref=hl

* Ao participar do sorteio, a pessoa estará - EXPRESSAMENTE - autorizando a divulgação de seu nome em nossas redes sociais!!!

* O sorteio será realizado na terça (19/02), às 08:00 horas, com divulgação dos nomes pelo Facebook e Twitter ou resposta por e-mail ou comunicação via WhatsApp do contemplado *

==> Foto: Divulgação

FESTIRIR - Festival de Humor

Alguns nomes da comédia brasiliense se reuniram pra um espetáculo onde cada um apresentará seu número de comédia tornando a noite divertida e diversificada, tendo em vista as várias linguagens cômicas que irão ao palco!

Ficha Técnica:
Elenco: Cia de Comédia Emquadrados
Raphael da Matta (Os Fantásticos)
Fabíola Goulart
Marx William
Diego Rastichong 


SERVIÇO:

Festirir - Festival de Humor
Local: Espaço Cultura Renato Russo 508 Sul
Dias: 15 e 22 de fevereiro às 20h 
Censura 14 anos 
Ingressos: 15 reais (meia) e 30 reais (inteira)
Duração: 1 hora e 30 minutos

==> Foto: Divulgação

Bloco roqueiro System Safadown estreia no carnaval de Brasília

Da fusão entre o rock n’roll e as tradições carnavalescas nasceu o o bloco pré-carnavalesco System Safadown. Dia 17 de fevereiro, domingo, às 15h, o Corredor Central do Setor Comercial Sul será palco de uma mistura inusitada, embalada por um repertório de releituras de clássicos do rock nacional e internacional associados a ritmos como frevo, maracatu, samba e carimbó.

O nome System Safadown é inspirado na união entre System of a Down, reconhecida banda rock da década de 90, e Wesley Safadão, ícone nordestino do forró contemporâneo. A proposta é uma clara crítica a corrupção do sistema politico e a crise brasileira atual.

O mais novo bloco da capital do rock propõe que os foliões vistam-se com trajes que remetam aos anos 60 e 70. Uma mistura dos estilos hippie, disco e black power com batas, calças boca de sino, lenços e, claro, muito glitter, afinal é carnaval.

Atrações
Animam a folia a banda System Safadown, o power trio instrumental Passo Largo e os DJs DiRocha, BBK e Telma e Selma.
.
A System Safadown traz uma roupagem própria com arranjos originais criados exclusivamente para o bloco.  A banda é formada por Gleison Chaves (vocais e guitarra), Marcelo Marssal (baixo e vocais), Marssal Leones (Teclados), Thiago Cunha (bateria), Samuel Mota (teclado e sinths), Mariana Coelho (vocais), Victor Fernandez (guitarra e vocais), Eduardo (percussão), Marcus Moraes (guitarra).

Já a banda Passo Largo trabalha o rock n’roll em suas mais diversas vertentes e é formada por Marcus Moraes (guitarra), Vavá Afiouni (baixo) e Thiago Cunha (bateria) Ritmos como o ska, o rock clássico, o metal, o gipsy jazz, blue grass, hard rock e o progressivo, dentre os brasileirismos naturalmente presentes em sua genética, são fundidos nos arranjos do power trio, reiterando a originalidade das canções.


SERVIÇO:

Bloco System Safadown
Data: 17 de fevereiro (domingo)
Horário: 15h
Local: Corredor Central / Setor Comercial Sul
Classificação: Livre
Evento gratuito

==> Foto: Thaís Mallon

FRANKAMENTE SINATRA nesse fim de semana

Começa dia 15 de fevereiro as 21 horas no Teatro dos Bancários mais uma edição do Projeto Tributos 2019, projeto esse que alcançou enorme sucesso de crítica e público em sua primeira edição ano passado. Para iniciar com chave de ouro, Frankamente Sinatra com Helcio Hime um dos espetáculos mais aclamados do Brasil com apresentações em vários países principalmente nos EUA.

Helcio Hime é considerado um dos artistas mais completos, canta, dança, compõe, toca violão, piano, escreve, pinta e esculpe, além de falar fluentemente cinco idiomas.

Nesse espetáculo, Helcio Hime, uma das mais belas vozes da atualidade, nos canta e conta a fascinante história de Frank Sinatra, que vai muito além do primeiro ídolo de massa da história.  Revela o Homem por trás do mito, seus temores, amores, sua relação com a máfia e conta histórias incríveis envolvendo Marilyn Monroe, J.F. Kennedy, Martim Luther King, Sammy Davis Jr., Ava Gardner,  Tom Jobim, Elvis Presley e muito mais...

"New York, New York", "Strangers in the Night", "Garota de Ipanema", "Let Me TryAgain", "Night and Day", "Fly me totheMoon", "My Way" são apenas alguns das músicas magistralmente reinterpretados por Hime, que jamais imita seu ídolo, ao contrário, cada versão ganha uma nova roupagem, sempre emocionante e surpreendente.


SERVIÇO:

Frankamente Sinatra com Helcio Hime
Teatro dos Bancários (EQS 314/315 Sul)
Dia 15 de fevereiro Sexta Feira às 21 horas
Ingressos: R$60,00 (meia)* 2 kg de alimento e R$120,00 (inteira).

Meia: : estudantes, maiores de 60 anos, professores, associados da ANASPS, ASSEJUS, SIMPRO e Bancários e PNE.
*Levando 2 kg de alimentos não perecíveis
Locais de Vendas: www.bilheteriadigital.com, Brasília Shopping, Pátio Brasil e CNB e Bilheteria do Teatro das 13:00 as 20:00h
Classificação indicativa 14 anos
Informações:  4101-1121 e 3262-9090

==> Foto: Divulgação

Clássico de Roland Barthes chega em edição revigorada desde 1977

“Ninguém tem vontade de falar de amor se não for para alguém”, entoou o filósofo e semiólogo francês Roland Barthes em seu Fragmentos de um discurso amoroso. Neste clássico das ciências humanas, que ganha numa nova edição revigorada pelas mãos da Editora Unesp, o autor delineia uma trilha para explicar a experiência amorosa e o ser enamorado do ponto de vista da linguagem.

Publicado originalmente em 1977, as palavras de Barthes ainda transpiram atualidade. “A necessidade deste livro se apoia na seguinte consideração: o discurso amoroso é hoje de uma extrema solidão”, escreve. “Esse discurso talvez seja falado por milhares de pessoas (quem sabe?), mas não é sustentado por ninguém; foi completamente abandonado pelas linguagens circunvizinhas: ou ignorado, ou depreciado, ou ironizado por elas, excluído não somente do poder, mas também de seus mecanismos (ciências, conhecimentos, artes).”

Com a consagrada tradução de Hortênsia dos Santos, exaustivamente revisada, o livro divide-se em dezenas de termos (ou fragmentos, como expõe o título). Cada um deles traz um universo próprio, modelando a experiência do sujeito apaixonado – “Arrebatamento”, “Ausência”, “Ciúme”, “Culpas”, “Demônios”, “Espera”, “Fofoca”, “Identi­ficação”, “União” –, para resgatar e a­firmar o discurso amoroso. “É um retrato, se quisermos, que é proposto; mas esse retrato não é psicológico; é estrutural: ele oferece como leitura um lugar de fala, o lugar de alguém que fala de si mesmo, amorosamente, diante do outro (o objeto amado) que não fala”, oferece Barthes.

Sobre o autor - Roland Barthes (­1915-1980) é um dos principais representantes da semiótica e do estruturalismo francês dos anos 1950 e 1970. É ao texto literário – por excelência, lugar dos significados plurais – que o autor dedica a maior parte de suas análises. Pensador profícuo, ligado tanto a temas clássicos como à vanguarda literária, Barthes concilia em seus textos abordagem acadêmica e prazer estético. Sua influência intelectual resiste até hoje na crítica e na prática literárias.

Autor: Roland Barthes
Tradutora: Hortênsia dos Santos
Número de páginas: 287
Formato: 14 x 21 cm
Preço: R$ 54,00
ISBN: 978-85-393-0760-9

==> Foto: Divulgação

Ginástica Artística do Brasil comemora pódios em competição nos Estados Unidos

A Ginástica Artística brasileira começou a temporada 2019 de competições internacionais no pódio. O campeão olímpico Arthur Zanetti e a juvenil Ana Luiza Lima conquistaram medalhas em duas competições realizadas em Dallas, nos Estados Unidos.

Tanto Zanetti quanto a Seleção Brasileira juvenil participaram no último sábado (9) de duas competições válidas pelo Woga Classic, um grande festival de ginástica que reúne atletas de várias categorias de idade.

Zanetti, ouro na Olimpíada de Londres-2012 e prata na Rio-2016 nas argolas, disputou o Valeri Liukin Invitational, evento masculino que integrou a programação em Dallas. O brasileiro foi bem e venceu as provas das argolas (15,200) e no salto (14,800). Zanetti também competiu no solo (14,000), terminando na quarta posição.

O técnico Marcos Goto afirmou que o objetivo em Dallas era já colocar Zanetti em ritmo de competição, pois terá um ano intenso. “O calendário do Arthur em 2019 está bem cheio, tendo como principais objetivos o Pan-Americano de Lima, em julho, e o Mundial de Stuttgart, em outubro, que será classificatório para a Olimpíada de Tóquio”, afirmou Goto.

Agora, Arthur Zanetti segue para Melbourne (AUS), onde disputará uma etapa da Copa do Mundo entre os dias 21 e 24.

Ana Luiza fica com a prata
Como parte de sua preparação para o Campeonato Mundial juvenil, que será realizado entre os dias 27 e 30 de junho em Gÿor (HUN), a Seleção Brasileira feminina também esteve presente em Dallas, participando do Woga Classic. O melhor resultado acabou ficando com Ana Luiza Lima, que levou a medalha de prata na prova do solo, com a nota 13,400.

Os melhores resultados das outras ginastas da Seleção foram os seguintes: Julia Soares ficou em quarto lugar na trave (13,400) e no solo (13,150); Christal Bezerra foi a quarta colocada no salto (13,450); e Camila Almeida terminou em oitavo no solo (12,900). Josiany Silva, que também integrou a delegação, não competiu em Dallas.

Os ginastas brasileiros em Dallas foram acompanhados pela seguinte equipe de trabalho:

Ginástica artística masculina
Treinador: Marcos Goto
Fisioterapeuta: Beatriz Almeida

Ginástica artística feminina juvenil
Treinadores: Beatriz Fragoso, Caroline Molinari e Clara Davina Teixeira, Francisco Porah Neto e Iryna Ilyashenko
Equipe Multidisciplinar: Mariana Weschenfelder (fisioterapeuta) e Dr. Rodrigo Sasson (médico)
Coordenação: Juliana Fajardo

==> Foto: Divulgação / CBG

PATUCADA, do BLOCO do PATUBATÊ, no Carnaval Alternativo de Brasília 2019

No palco ou em cortejos de rua, misturada entre os foliões, a PATUCADA do Grupo Percussivo PATUBATÊ é presença certa no Carnaval candango há anos. Conhecido dos Brasilienses, que optam ficar por aqui para festejar a folia do Momo, o Grupo agita praças, entrequadras e a orla do Lago Paranoá, como atração principal ou convidado especial, e inova ao conduzir a festa com seu extenso repertório, que vai da ciranda ao baião, sem deixar o samba, o frevo, o carimbo e o maracatu de lado.

Fred Magalhães, diretor musical do PATUBATÊ, avisa que os preparativos já estão de vento em popa, “nós, que já somos cerca de 80 integrantes, estamos firmes nos ensaios semanais”, comenta Fred, e faz o convite, “quem quiser brincar o carnaval, como integrante da bateria, é só participar da nossa oficina”. As aulas acontecem às quintas, das 19h às 22h, no Acadêmicos da Asa Norte, e para se inscrever basta mandar uma mensagem para @PatubateSomEMovimento, no Facebook.

A maratona carnavalesca deste ano teve início no Desfile das “Virgens da Asa Norte”, 2 de fevereiro, na Orla do Lago para mais de 28 mil pessoas. “Ainda estamos fechando a agenda, mas, como no ano passado, nossa expectativa é de sairmos novamente nos blocos - ‘Agoniza, mas não Morre’ (03/03, ‘Suvaquinho’ e ‘Suvaco da Asa’ (16/02), ‘Carnaval no Parque’ (de 23/02 a 05/03), ‘Carnaval do CCBB’ e ‘Me Engole que eu sou Jiló’ (09/02)”, comenta Fred.

Pelo segundo ano consecutivo, no sábado de carnaval, dois de março, o grupo comanda seu Bloco Sustentável do PATUBATÊ no Setor Comercial Sul, dentro do projeto “Setor Carnavalesco Sul, do coletivo “No Setor”. O cortejo contará com o Bloquinho do PATUBATÊ (para a criançada), Afoxé Omó Ayó, 3 No Brega, Bloco dos Garis do SLU e estreia versões eletrônicas percussivas de clássicos do Carnaval brasileiro, de norte a sul.

O PATUBATÊ alcançou reconhecimento nacional ainda maior quando, em 2016, passou por todos os Estados brasileiros, percorrendo um total de 329 cidades em 95 dias, à frente do cortejo oficial da Tocha Olímpica Rio 2016, tendo sido assistido por mais de 20 milhões de pessoas. Em seus 19 anos de carreira, o grupo já se apresentou em 20 países, com turnês solos ou em participações em grandes festivais como o Rock in Rio, edições Lisboa e Madri.

==> Foto: Face do Bloco