Exposição “Anjos Azuis – Um olhar ao desconhecido”

Para colaborar com o Dia Mundial de Conscientização do Autismo, comemorado em 2 de abril, um grupo de mães de Brasília se uniu com o objetivo de conscientizar a população e promover a diversidade. O resultado desse encontro é a exposição de fotografias “Anjos Azuis – Um olhar ao desconhecido”, que traz retratos de crianças autistas do Distrito Federal e fica em cartaz no ParkShopping entre os dias 31 de março e 13 de abril, com visitação gratuita.
O renomado fotógrafo Kazuo Okubo é quem assina a mostra e clicou 15 crianças diagnosticadas com esse tipo de transtorno neurobiológico. Kazuo aceitou o desafio de sair da zona de conforto e entrar em um mundo diferente. “Foi como fazer uma viagem para um universo mágico e cheio de luz”, afirma o profissional.

Com a exposição, as famílias que possuem entes tão queridos diagnosticados com autismo propõem um novo olhar para essas crianças especiais. “Nossos filhos são felizes, e isso dá para ver pelo olhar deles, seus sorrisos. Eles são diferentes, sim, mas não deixam de ser crianças sensacionais, e estão aqui para espalhar muito amor”, ressalta Sandra Bacelar, mãe de Enzo (3 anos) e idealizadora da iniciativa. “E o que nossas crianças pedem em troca? Nada além de respeito e compreensão”, completa.

O autismo afeta cerca de 60 mil famílias somente no Distrito Federal. E para abrir um espaço para troca de informações e explicações sobre o transtorno, no dia da abertura da exposição (31/04), às 19h30, acontece um bate-papo com mães e dois especialistas no assunto, o Dr. Christian Muller, que é Neuropediatra do Hospital da Criança de Brasília, José Alencar e do Hospital de Base do Distrito Federal e, o Dr. Gustavo Tozzi Martins, Mestre em Ciências do Comportamento, pela Universidade de Brasília.

Para o ParkShopping, abrigar a exposição Anjos Azuis se traduz como um grande mérito. “Fomos procurados pela Sandra Bacelar para que o ParkShopping recebesse a exposição e ficamos muito honrados com este convite. Receber uma mostra tão significativa e especial como essa e abrir espaço para, inclusive, quebrar paradigmas, nos deixa muito felizes” afirma a gerente de marketing Natália Vaz.

Entendendo um pouco mais...

O Autismo é um transtorno neurobiológico que atinge 1 em cada 68 crianças, sendo quatro vezes mais comum em meninos. Estima-se que, no Brasil, existam hoje 2 milhões de pessoas dentro do espectro autista. Mais da metade delas ainda não foi diagnosticada.

O Fotógrafo

Kazuo Okubo é fotógrafo natural de Brasília, e proprietário da galeria Casa da Luz Vermelha. Seu portfólio acumula trabalhos reconhecidos e premiados para as principais agências do Brasil. Entre seus clientes estão Banco do Brasil, Correios, Unicef, Sebrae, TIM, Ministério da Saúde, Casa Cláudia, Vogue, entre outros.


SERVIÇO:

Exposição “Anjos Azuis – Um olhar ao desconhecido”
Por Kazuo Okubo
Data: 31 de Março a 13 de abril
Local: ParkShopping, 1º Piso, Próximo à Praça Central, corredor da TNG

Bate-papo com os especialistas Dr. Christian Muller e Dr. Gustavo Tozzi Martins, dia 31/03, às 19h30. Confirmar presença com Sandra Bacelar (61 9551-4606 ou bacelar.sandra@gmail.com) 

==> Foto: Divulgação

Brasil conhece adversários no Pré-Olímpico das Américas de basquete

A seleção brasileira Masculina de Basquete conheceu os seus adversários na primeira fase do Torneio Pré-Olímpico das Américas, que será disputado em Monterrey, no México, entre os dias 25 de agosto e 6 de setembro. A competição classifica os dois primeiros colocados para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016. Do 3º ao 5º a vaga terá de ser conquistada no Pré-Olímpico Mundial. Os Estados Unidos, por serem os atuais campeões mundiais, já estão garantidos na Olimpíada.

No sorteio realizado em Monterrey, a Seleção caiu no Grupo “A” ao lado do anfitrião México, que teve o direito de escolher em qual grupo ficaria, República Dominicana, Uruguai e Panamá. No Grupo “B” estão Argentina, Porto Rico, Venezuela, Cuba e Canadá. A FIBA Américas ainda vai divulgar a ordem dos jogos na primeira fase.

“A fórmula de disputa do Pré-Olímpico é muito democrática, pois uma equipe enfrenta todos os demais adversários. Para início de competição, acho que o Brasil está num bom grupo. Mas eu tenho de me preocupar é com a minha equipe e não com as demais”, afirmou o técnico da Seleção, o argentino Rubén Magnano, que está no comando da equipe nacional desde janeiro de 2010.

Pelo regulamento do Pré-Olímpico, na primeira fase as equipes se enfrentam dentro de cada grupo. As quatro melhores de cada chave seguem na competição. Na segunda fase, as seleções se juntam em um grupo único. As equipes enfrentam os países que integraram o outro grupo na primeira fase. As quatro melhores avançam para as semifinais. Os ganhadores disputam a final, enquanto os perdedores brigam pela medalha de bronze.

No Pré-Olímpico de Mar del Plata, na Argentina, em 2011, o Brasil foi para a final e ficou com a medalha de prata ao perder para a Argentina. No entanto, a equipe de Magnano obteve a vaga nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012, quebrando um jejum de 16 anos sem disputar a Olimpíada.

Fonte: CBB
Ascom – Ministério do Esporte

==> Foto: Divulgação

SELEÇÕES DE PRAIA: CBV detalha convocação ao Circuito Mundial e bônus de performance

A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) divulgou nesta sexta-feira (27.03) os critérios de convocação ao Circuito Mundial de Vôlei de Praia 2015. Na reunião com os atletas que disputam a etapa de Salvador (BA) do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia, também foram explicados os procedimentos ao pagamento de bônus por desempenho nos torneios internacionais.

O diretor de vôlei de praia da CBV, Fulvio Danilas, e o gerente de seleções, Franco Neto, detalharam os critérios adotados para a escolha das equipes até a etapa de Gstaad, do Circuito Mundial 2015. O Brasil pode indicar até seis duplas por naipe em cada etapa à Federação Internacional de Voleibol (FIVB). A melhor dupla brasileira na última edição do Circuito Mundial e o primeiro colocado do Circuito Brasileiro estão convocados. A terceira vaga é definida por indicação da CBV.

As outras três vagas restantes, que disputarão o torneio pré-classificatório para entrarem nas fases de grupo das etapas do Circuito Mundial, também serão indicadas pela entidade. Elas seguirão as posições subsequentes dos rankings, alternando os circuitos brasileiro e mundial.

Durante o encontro também foi divulgado aos atletas o bônus de desempenho que será distribuído pela CBV. O valor será pago sempre que o Brasil subir ao pódio do ranking final de torneios internacionais, casos do Circuito Mundial, Circuito Sul-Americano, Pan-Americano e Jogos Olímpicos.

Os critérios da distribuição dos prêmios, com os seus percentuais foram elaborados e apresentados pelo Comitê de Apoio (formado por atletas, treinadores, representantes dos clubes e da imprensa), aprovado pelo Conselho Diretor da CBV e informado aos jogadores durante a reunião.

==> Foto: Paulo Frank / CBV

CAIXA CULTURAL BRASÍLIA - PROGRAMAÇÃO PARA ABRIL DE 2015

Música

Filipe Catto canta Cássia Eller
Com direção de Ricky Scaff, Filipe Catto sobe ao palco do Teatro da CAIXA para homenagear Cássia Eller e interpretar canções que cresceu ouvindo na voz rouca e na interpretação rasgada da artista que é uma influência de canto e coragem até hoje. Interpretando suas canções, Filipe repassa também a sua história nos palcos e se firma como um dos artistas mais talentosos da nova geração da música popular brasileira, com apresentações memoráveis ao vivo.
Local: Teatro da CAIXA
Dias: 17 a 19 de abril
Hora: Sexta-feira e sábado, às 20h; domingo, às 19h
Classificação Indicativa: Não recomendado para menores de 14 anos
Duração: 90 minutos
Ingressos: À venda a partir de 11 de abril | R$ 20 e R$ 10 (meia)
Meia-entrada: Estudantes, professores, funcionários e clientes CAIXA, pessoas acima de 60 anos e doadores de 1 kg de alimento não perecível.
Contato Produção: Ana Paula Aschenbach | anapaula@perfexx.com.br | 11 2615-5045

Dona Onete – Boleros e Bangüês
Com 73 anos de idade, Ionete da Silveira Gama, mais conhecida como Dona Onete, traz a riqueza cultural do norte do país e suas vivências poético-musicais para o palco em uma apresentação alegre e genuína. Das rádios da época de sua juventude na cidade de Igarapé-Miri, Dona Onete retira a cadência do bolero que imprime em suas canções. Já das festas populares que uniam negros e caboclos ao ritmo do bangüê, a cantora, compositora e poetisa traz a riqueza da cultura folclórica e musical paraense.
Local: Teatro da CAIXA
Dias: 25 e 26 de abril
Hora: Sábado, às 20h; domingo, às 19h
Classificação Indicativa: Não recomendado para menores de 12 anos
Duração: 75 minutos
Ingressos: À venda a partir de 18 de abril | R$ 20 e R$ 10 (meia)
Meia-entrada: Estudantes, professores, funcionários e clientes CAIXA, pessoas acima de 60 anos e doadores de 1 kg de alimento não perecível.
Contato Produção: Rodrigo Machado | drigo.machado@gmail.com | 61 8654-2569


Teatro

2 FicçõesEm curta temporada no Teatro da CAIXA, a Cia Hiato apresenta um espetáculo que discute o processo criativo da companhia e lança um olhar sobre os elementos que compõem o teatro. Com direção de Leonardo Moreira, 2 Ficções é a continuação do projeto Ficção e é uma co-produção com o festival de Bruxelas, um dos mais importantes festivais de teatro da Europa. Na apresentação deste "espetáculo teatral não finalizado", diferentes atores se apresentam em cada monólogo.
Local: Teatro da CAIXA
Dias: 3 a 12 de abril
Hora: Sexta-feira e sábado, às 20h; domingo, às 19h
Classificação Indicativa: Não recomendado para menores de 18 anos
Duração: 100 minutos
Lotação: 80 pessoas
Ingressos: À venda a partir de 28 de março | R$ 20 e R$ 10 (meia)
Meia-entrada: Estudantes, professores, funcionários e clientes CAIXA, pessoas acima de 60 anos e doadores de 1 kg de alimento não perecível.
Contato Produção: Carla Spegiorin | carla@ancoracom.com.br | 61 8114-0537


Dança

Trilogia do Feminino
A premiada bailarina e atriz Rosa Antuña apresenta três espetáculos solos de dança que compõem uma trilogia que transporta o público às múltiplas facetas do universo feminino. Na abertura, o espetáculo "Mulher Selvagem" é inspirado no livro de Clarissa Pinkola Estés e traz a criatividade e o instinto da mulher. No segundo dia, o solo "O Vestido" traz reflexões sobre o corpo feminino. No encerramento, com orientação artística de Roberta Carreri, Antuña apresenta "A Mulher que Cuspiu a Maçã".
Local: Teatro da CAIXA
Dias: 22 a 24 de abril
Hora: Quarta a Sexta-feira, às 20h
Classificação Indicativa: Não recomendado para menores de 14 anos
Duração: 50 minutos
Ingressos: À venda a partir de 18 de abril | R$ 20 e R$ 10 (meia)
Meia-entrada: Estudantes, professores, funcionários e clientes CAIXA, pessoas acima de 60 anos e doadores de 1 kg de alimento não perecível.
Contato Produção: Juana Miranda | juana@changproducoes.com | 61 8428-9999


Exposição

Esporte Movimento
A mostra reúne uma seleção de aproximadamente 2 mil itens da coleção de mais de 70 mil artefatos esportivos pertencentes ao colecionador Roberto Gesta de Melo. Durante a exposição, os visitantes poderão apreciar selos, moedas, troféus, tochas, fotografias, vídeos, medalhas e outros objetos relacionados ao esporte. Além disso, uma tocha original e réplicas tridimensionais estarão disponíveis ao toque do público.
Local: Galeria Principal, Galerias Piccola I e II e Galeria Acervo
Visitação: De 21 de janeiro a 5 de abril de 2015, de terça-feira a domingo, das 9h às 21h
Classificação Indicativa: Livre para todos os públicos
Contato Produção: Aline Borba | aborba@sevenstarmkt.com.br | 21 97901-9575

Metamorfoses – O Papel no Acervo da CAIXA
Esta exposição apresenta mais de cinquenta obras do Acervo Artístico da CAIXA unidas pela similaridade do suporte, o papel. São desenhos e gravuras de importantes artistas brasileiros tais como Tarsila do Amaral, Di Cavalcanti, Oswaldo Goeldi, Artur Barrio, Marcelo Gassmann, Djanira, Fayga Ostrower, Tomie Ohtake, Anna Bella Geiger e Glênio Bianchetti, dentre outros.
Local: Galeria Vitrine
Visitação: De 27 de janeiro a 7 de junho de 2015, de terça-feira a domingo, das 9h às 21h
Classificação Indicativa: Livre para todos os públicos
Contato Produção: CAIXA Cultural Brasília | caixacultural04.df@caixa.gov.br | 61 3206-9450


Vivências

Oficinas de Toy Art
A CAIXA Cultural Brasília oferece, em quatro módulos, oficinas que exploram a técnica de produção de toy art. Durante o curso, os alunos aprenderão a modelar com massa profissional, produzir uma caricatura a partir de uma ilustração ou fotografia, fazer moldes em silicone e réplicas em resina; além de aprender as técnicas de pintura de bonecos com o uso do aerógrafo. As aulas serão ministradas por Igor Gosling e Ricardo Junqueira, profissionais reconhecidos no cenário de escultura no Brasil.
Local: Sala Gente Arteira
Dias: 4 e 5 de abril (Aprendendo a esculpir em clay); 11 e 12 de abril (Esculpindo seu toy); 2 e 3 de maio (Moldes e Réplicas) e 9 e 10 de maio (Aerografia e Pintura)
Hora: Sábado e domingo, das 10h às 18h30
Classificação Indicativa: Livre para todos os públicos
Público-alvo: jovens a partir de 16 anos e adultos
Inscrição "Aprendendo a esculpir em clay": das 10h do dia 24 /03 até às 21h do dia 29/03
Inscrição "Esculpindo seu toy": das 10h do dia 31/03 até às 21h do dia 05/04
Inscrição "Moldes e Réplicas": das 10h do dia 21/04 até às 21h do dia 26/04
Inscrição "Aerografia e Pintura": das 10h do dia 28/04 até às 21h do dia 03/05
Inscrições e informações completas no site www.toyartnacaixa.com
Vagas: 20 participantes por oficina. Seleção dos participantes por ordem de inscrição.
Participação dos selecionados mediante entrega de 1kg de alimento não perecível.
Contato Produção: Carmem Moretzsohn | objetosim@gmail.com | 61 8142-0111

Oficina "Vida na Aldeia"
Comemorando o Dia do Índio, que acontece no dia 19 de abril, o Programa Educativo CAIXA Gente Arteira oferece a sessão de contação de histórias "Vida na Aldeia", aberta ao público em geral. Com a narração de histórias de como é a vida em uma aldeia indígena, as crianças são convidadas a confeccionarem adereços como cocar e colar indígenas. Em seguida, numa brincadeira dramática, elas criarão seus personagens e farão uma encenação divertida das histórias contadas.
Local: CAIXA Cultural Brasília
Dias: 18 e 19 de abril
Hora: Sábado e domingo, às 14h e 16h
Classificação Indicativa: Livre para todos os públicos
Público-alvo: crianças a partir de 3 anos
Contato Produção: Silvia Turina | orientacao.df@gentearteira.com | 61 3206-9892

Oficina "Mundos que Sonhamos: Cenários para Animação Stop Motion"
Nesta oficina, os participantes criarão cenários e personagens e participarão da captação e edição das imagens para criação do vídeo. Serão abordados os fundamentos da linguagem audiovisual e das principais técnicas de animação com foco no processo stop motion, onde as várias sequências de imagens criadas quadro-a-quadro criam a ilusão do movimento. A oficina é ministrada por Daniel Rabanéa, realizador audiovisual independente, especialista em roteiro, storyboard e stop motion.
Local: Sala Gente Arteira
Dias: 21 a 24 de abril
Hora: Terça a sexta-feira, das 18h às 22h
Classificação Indicativa: Livre para todos os públicos
Público-alvo: jovens a partir de 15 anos e adultos
Inscrição: das 10h do dia 10 de abril até às 21h do dia 13 de abril, via formulário de inscrição eletrônico. Solicitar link para supervisao.df@gentearteira.com
Vagas: 30 participantes. Seleção dos participantes por ordem de inscrição. Participação dos selecionados mediante entrega de 1kg de alimento não perecível
Contato Produção: Silvia Turina | orientacao.df@gentearteira.com | 61 3206-9892

Oficina "Vídeo-audial: Criação de Vídeos a partir de um Áudio Pré-existente"
Utilizando equipamentos de fácil acesso como celulares, máquinas fotográficas e softwares livres, os participantes desta oficina irão produzir um vídeo a partir de áudios pré-selecionados. Roteirizados em forma de obra audiovisual, os áudios apresentados serão experimentados em programas de edição para a composição do vídeo final. A oficina é ministrada por Daniel Rabanéa, realizador audiovisual independente, especialista em roteiro, storyboard e stop motion
Local: Sala Gente Arteira
Dias: 25 e 26 de abril
Hora: Sábado e domingo, das 9h às 18h
Classificação Indicativa: Livre para todos os públicos
Público-alvo: jovens a partir de 16 anos e adultos
Inscrição: das 10h do dia 16 de abril até às 21h do dia 20 de abril, via formulário de inscrição eletrônico. Solicitar link para supervisao.df@gentearteira.com
Vagas: 30 participantes. Seleção dos participantes por ordem de inscrição. Participação dos selecionados mediante entrega de 1kg de alimento não perecível
Contato Produção: Silvia Turina | orientacao.df@gentearteira.com | 61 3206-9892

Comemoração pelo Aniversário de Brasília
Em comemoração ao aniversário de 55 anos de Brasília, o Programa Educativo CAIXA Gente Arteira reúne várias escolas públicas do Distrito Federal e público em geral numa atividade lúdica e divertida. Será lançado um livro de colorir especialmente criado pelo Gente Arteira, com desenhos e curiosidades de dez dos principais locais e monumentos da cidade.Traga seu filho para colorir, se divertir e aprender mais sobre Brasília e suas histórias.
Local: CAIXA Cultural Brasília
Dia: 22 de abril
Hora: Quarta-feira, às 9h e 14h
Classificação Indicativa: Livre para todos os públicos
Público-alvo: crianças até 6 anos
Contato Produção: Silvia Turina | orientacao.df@gentearteira.com | 61 3206-9892

Workshop com Bolshoi Brasil
A Escola do Teatro Bolshoi no Brasil promove um workshop que oferece aos participantes de diversas idades a vivência da dança clássica e contemporânea em diferentes níveis de aprendizado. Serão 240 participantes em dois dias de oficinas. Com 15 anos de atuação no Brasil, a Escola do Teatro Bolshoi no Brasil é a única fora da Rússia e educa hoje mais de 300 alunos em cursos básicos e técnicos de dança.
Local: Teatro da CAIXA
Dias: 27 e 28 de abril
Hora: Segunda e terça-feira, das 8h às 18h40
Classificação Indicativa: Livre para todos os públicos
Público-alvo: jovens a partir de 9 anos e adultos
Inscrição: das 10h do dia 13 de abril às 21h do dia 17 de abril, via formulário de inscrição eletrônico. Solicitar link para supervisao.df@gentearteira.com
Vagas: 20 participantes para cada turma. Serão oferecidas 12 turmas. S eleção dos participantes por ordem de inscrição. Participação dos selecionados mediante entrega de 1kg de alimento não perecível
Contato Produção: Rafaela Nassri | producao1@escolabolshoi.com.br | 47 9901-9145

==> Foto: Divulgação

Fla finda maldição de camisa e obtém ponta e artilharia contra o Bonsucesso

Longe de ter uma boa atuação, o Flamengo derrotou o Bonsucesso por 2 a 0 na tarde deste sábado, no Engenhão, com gols de Marcelo Cirino - agora artilheiro do Campeonato Carioca ao lado de Rodrigo Pinho, do Madureira, com nove bolas na rede - e Matheus Sávio. E com direito à primeira vitória da Papagaio de Vintém desde que o modelo passou a ser comemorativo, em 1995. O retrospecto dos terceiros uniformes rubro-negros, porém, ainda é ruim. São apenas seis vitórias, 12 empates e 15 derrotas em 33 jogos - sem contar o triunfo sobre o Volta Redonda esse ano, quando o time mudou de roupa no intervalo. Mas ao menos a maldição da camisa, em alusão ao primeiro uniforme usado pelos jogadores do clube em 1912, chegou ao fim. A partida teve público de 4.207 pagantes (5.707 presentes) e renda de R$ 142.820,00.

O Fla chega a 32 pontos, dorme na liderança isolada do Carioca e pode garantir sua classificação para a semifinal já neste domingo, em caso de derrota do Fluminense para o Barra Mansa. Na próxima rodada, o Rubro-Negro tem pela frente o clássico Fla-Flu, no outro domingo, no Maracanã. Já o Bonsucesso, que segue ameaçado de rebaixamento com oito pontos, a dois do Z-4, visita no mesmo dia o Macaé, no Moacyrzão.

Apesar da vitória em ritmo de treino, o Flamengo teve fraca atuação. E diante de um Bonsucesso limitado tecnicamente, o jogo no Engenhão foi pra lá de sonolento. Fora o grito de gol, a torcida só se animou ao pedir a entrada de Paulinho, mas não foi atendida por Luxemburgo. Como abriu o placar logo aos 17 minutos do primeiro tempo, com Cirino, o Rubro-Negro praticamente administrou até o fim, quando ampliou com o jovem Matheus Sávio em cobrança de falta. E se não fosse Paulo Victor, o Bonsucesso teria feito o que não conseguiu diante dos outros grandes neste Carioca: gol. Mas o goleiro fez milagre em cabeçada à queima-roupa de Denilson no início e ainda defendeu um pênalti de Fernando no fim.

Globoesporte

==> Foto: Márcio Alves / Agência Globo

SUPERLIGA FEMININA 14/15: CBV divulgou tabela da semifinal neste sábado (28/03)

A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) divulgou, neste sábado (28.03), a tabela da semifinal da Superliga feminina de vôlei 14/15. A primeira rodada da fase decisiva terá início na próxima sexta-feira (03.04) com o duelo entre a Camponesa/Minas (MG) e o Rexona-Ades (RJ), às 22h, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG). Os times que tiveram melhor campanha na fase classificatória seguem com vantagem de fazer dois dos três jogos decisivos em casa.

Sendo assim, na outra semifinal, o Sesi-SP jogará com o Molico/Nestlé (SP) no próximo sábado (04.04), às 11h30, na Vila Leopoldina, em São Paulo (SP). Os dois jogos terão transmissão ao vivo do SporTV.

A bicampeã olímpica Jaqueline, da Camponesa/Minas, comentou sobre o adversário das mineiras na semifinal da Superliga feminina.

"Vamos enfrentar mais uma pedreira, que é o Rexona-Ades, uma das equipes favoritas e várias vezes campeã. Temos que manter o nosso foco e seguir fazendo o nosso trabalho", afirmou Jaqueline.

O treinador do Molico/Nestlé, Luizomar de Moura, falou que o grupo de Osasco precisa crescer em alguns pontos para enfrentar o Sesi-SP.

"Desde que foi confirmado que o Sesi seria nosso rival, o foco é total na preparação. São dois times que se conhecem bem e será uma semana de muitos estudos baseados no material preparado pelo nosso estatístico (Fábio Simplício) e análise dos jogos do nosso adversário, para montarmos a estratégia para o confronto. O planejamento está voltado para corrigir algumas falhas que apresentamos nas quartas de final. A equipe sabe que precisa crescer em alguns aspectos para brigar por uma vaga na final", analisou o treinador.

A segunda rodada acontecerá nos dias 9 e 10 de abril e a terceira, se necessário, nos dias 14 e 17.04.  

SUPERLIGA FEMININA 14/15

PRIMEIRA RODADA DA SEMIFINAL

03.04 (SEXTA-FEIRA) - Camponesa/Minas (MG) x Rexona-Ades (RJ)
LOCAL/HORÁRIO: Arena Minas, em Belo Horizonte (MG), às 22h
TRANSMISSÃO: SporTV

04.04 (SÁBADO) - Sesi-SP x Molico/Nestlé (SP)
LOCAL/HORÁRIO: Vila Leopoldina, em São Paulo (SP), às 11h30
TRANSMISSÃO: SporTV

SEGUNDA RODADA DA SEMIFINAL

09.04 (QUINTA-FEIRA) - Rexona-Ades (RJ) x Camponesa/Minas (MG)
LOCAL/HORÁRIO: Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro (RJ), às 21h30
TRANSMISSÃO: SporTV 

10.04 (SEXTA-FEIRA) - Molico/Nestlé (SP) x Sesi-SP
LOCAL/HORÁRIO: José Liberatti, em Osasco (SP), às 22h
TRANSMISSÃO: SporTV

TERCEIRA RODADA DA SEMIFINAL - *Se necessário

14.03 (TERÇA-FEIRA) - Sesi-SP x Molico/Nestlé (SP)
LOCAL/HORÁRIO: Vila Leopoldina, em São Paulo (SP), às 19h
TRANSMISSÃO: SporTV

17.03 (SEXTA-FEIRA) - Rexona-Ades (RJ) x Camponesa/Minas (MG)
LOCAL/HORÁRIO: Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro (RJ), às 22h
TRANSMISSÃO: SporTV 

==> Foto: Alexandre Arruda / CBV

Com estilo inconfundível Fábio Jr. estará na capital em Maio

Com o patrocínio da NET, Claro e Samsung, no mês das mães, noivas e véspera do dia dos namorados, o NET Live Brasília traz um dos nomes mais românticos da música brasileira, Fábio JR., com sua turnê “Íntimo”, com repertório de seu último álbum de estúdio de seu CD de 2011. O show acontece dia 22 de maio, às 21h. Os ingressos variam de R$60 (meia/pista) a R$800 *meia/mesa com quatro lugares.

A pré-venda para clientes NET será realizada no dia, 27 de março (sexta-feira), das 10h às 22h, na Central de Ingressos do Brasília Shopping (Piso G2). As vendas gerais iniciam no dia 28 de março (sábado). Estão disponíveis três setores: mesas ouro e prata, ambas com quatro lugares, e pista.

No 25º disco, em 35 anos de carreira musical, Fábio Jr. já compôs e contribuiu tanto para a música brasileira que pode gravar o que mais lhe apetece no momento. Sorte do público. Pois este “Íntimo” traz uma música assinada por ele e outras 12 que ganham as cores e nuances de quem é dono de estilo próprio.

Bastam segundos de vocal para saber que Fábio é o dono do microfone. Mas é preciso larga bagagem na música para se ter a coragem de escolher standards do cancioneiro brasileiro e vesti-las com gala, em nova roupagem. Nesta partida, Fábio dá um banho. No alcance, seu vocal se traduz invariavelmente como instrumento a liderar a canção. E a prova de que se trata de herança genética aparece nas duas contribuições vocais do disco - seus filhos Fiuk e Tainá.

O espectro de cores é ampliado pela escolha de gêneros com que trabalha em “Íntimo” – muda de uma balada pop-romântica para um jazz e encontra brecha para encaixar um toque flamenco sem esquecer do suingue. As canções “As Dores do Mundo”, de Hyldon, que abre o disco, mostra o alcance vocal, em balada com guitarra hipnótica de Cesar Lemos.

Na sequência, um hit de seu repertório, “20 e Poucos Anos”. O timing é perfeito, já que quem divide o microfone com o cantor é seu filho Fiuk, que recém completou duas décadas e igualmente segue a trajetória de sucesso do pai na música. Música que aqui é marcada em suingue pelo piano e teclado de Sacha Amback e naipe de metais.

“(...) Ter uma casinha branca de varanda/ Um quintal e uma janela/Para ver o sol nascer.” A clássica letra se transforma em um quadro com a linda versão em power-pop-balada de guitarra e bateria.

Outras duas que seguem o estilo são “Paciência”, de Lenine e Dudu Falcão, e “Muito Estranho”, de Dalto. Se a primeira segue em crescente, a segunda é marcada pela diversão da interpretação de Fábio, que claramente grava sorrindo a letra non sense cheia de sentido.

Fábio transforma “Você é Linda”, de Caetano Veloso, com bateria suave gravada com vassourinha e linha de baixo e piano jazzísticos. Para se ouvir (ou se imaginar ao ouvi-la) em um balcão de bar, à meia-luz. “Esquinas”, composta por Djavan, é apresentada quase à capela. Um violão com influência cigana, bateria suave, cello e piano completam o cenário climático.

Já em “Fullgás”, de Marina Lima, Fábio apresenta e entrega o microfone para a filha Tainá. Se você ouvir a música antes de ler este texto ou saber quem é, vai ficar se perguntando quem é esse talento da nova MPB. O cantor se contenta em fazer a segunda voz na canção. E realmente não é preciso mais que isso.

Roberto e Erasmo Carlos não poderiam faltar à festa. E vêm em “Do Fundo do Meu Coração”, uma balada suave em arranjos e execução. A balada ganha um acento funk em “Noite do Prazer”, composta por Claudio Zolli e Arnaldo Brandão. Mais uma vez contempla participação do filho Fiuk, que, versátil, troca o microfone pela guitarra-solo na canção.

Só que quando o suingue e funk comem soltos, em “Carango” (Carlos Imperial e Nonato Buzar), Fiuk pede um pedestal emprestado ao pai e volta a dialogar com ele em canção marcada pelo trompete, trombone e que poderia estar na trilha-sonora de um “Shaft” da vida. Entre elas, “Paixão”, de Kledir, a mais climática do disco, com a tríade perfeita para essa tradução tão sentimental quanto sensível: voz + violão + cello.

O disco fecha com bela canção do Jota Quest, “Dias Melhores”, em balada ao melhor estilo Fábio Jr.

SERVIÇO

EVENTO: Fábio Jr. – Turnê Íntimo
Data: 22 de maio, às 21h
Local: NET LIVE Brasília (SHTN Trecho 2, Conjunto 5, Bloco A)
Abertura dos portões:19h
Classificação: não recomendado para menores de 16 anos
Serviço: bar, ambiente com ar condicionado e estacionamento pago com serviço de transfer

Setores e Preços – 1° Lote
Mesas ouro (4 lugares): R$800,00 (meia/promo)*
Mesas prata (4 lugares): R$600,00 (meia/promo)*
Pista (público em pé): R$60,00 (meia/promo)*

Forma de Pagamento:
Dinheiro; cartões de crédito MasterCard, American Express, Visa e Diners; cartões de débito Visa Electron e MasterCard  débito.

Pontos de vendas:
Central de Ingressos do Brasília Shopping (Piso G2)

Vendas on-line e call center:

Informações:
(61) 3306-2030 | netlivebrasilia.com.br | facebook.com/netlivebrasilia |@netlivebsb

*Promoção de 50% sobre o valor da inteira:
-Clientes NET: necessário apresentar última fatura do mês vigente ou anterior;
-Clientes Claro: necessário apresentar última fatura do mês vigente ou anterior ou cartão Claro Clube;

Observação: Promoções não cumulativas e limitada a compra de até 4 ingressos por titular.

==> Foto: Gabriel Wickbold

CIRCUITO BRASILEIRO VÔLEI DE PRAIA: Ricardo e Emanuel conquistam título da temporada 14/15

Quando decidiram retomar a parceria mais vitoriosa do vôlei de praia brasileiro, em agosto de 2014, Ricardo e Emanuel (BA/PR) disseram que buscavam escrever uma nova história no esporte, deixando o passado para as boas recordações. Neste sábado (28.03), um importante capítulo deste novo encontro foi escrito na Praia de Patamares, em Salvador (BA). A dupla conseguiu classificação às quartas de final, não pode mais ser alcançada no ranking final e confirmou o título da temporada 2014/2015 do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia.

Por terem ficado em segundo lugar no grupo C, na última sexta-feira, os campeões olímpicos tiveram que disputar a repescagem debaixo de sol forte em Salvador. Apesar disso, a dupla manteve bom volume de jogo e venceu Lipe/Fábio (CE) por 2 sets a 0 (21/16, 13/8). Por conta da alta temperatura, Lipe sentiu mal estar e abandonou a partida, dando a vitória no meio do segundo set. Após o jogo, Emanuel comemorou o troféu como símbolo de uma aposta que deu certo.

"É um capítulo de uma nova história, um novo episódio de uma velha saga que deixa claro a vontade e o desejo que temos em jogar juntos. Ser campeão brasileiro com um nível tão alto, ao menos seis duplas com totais chances de conquistarem o título, me deixa muito feliz. É a afirmação de que a aposta foi correta. Quando a gente aposta, tudo pode dar errado no começo, mas esse título veio para dizer que a gente têm condições sim. É mais um voto de confiança para nós, mostrando que podemos conseguir coisas boas nesse retorno da parceria", comemorou.

Ricardo também destacou o título da temporada, pela primeira vez na cidade onde nasceu. Apesar de já ter vencido etapas na Bahia, foi a primeira vez que o campeonato foi decidido onde o atleta deu os primeiros passos no esporte. Após a partida, o campeão olímpico foi até a grade abraçar e ganhar um beijo do pai, o Carlão.

"A felicidade é grande por poder ter sentido o carinho da família e dos amigos tão de perto. Ser campeão ao lado do Emanuel, debaixo de um sol forte desce e com a arena cheia é um exemplo de como amamos esse esporte. Sabíamos que seria difícil, o vôlei de praia mudou e é um jogo bastante físico atualmente, tivemos que nos reinventar, mas deu certo. Voltamos a jogar juntos porque temos objetivos, conseguimos o primeiro deles hoje. Agora vamos descansar para brigar pelo título da etapa e fechar com chave de ouro", destacou Ricardo.

Emanuel se isola como o maior vencedor do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia, com nove títulos. O curitibano estava empatado com as ex-jogadoras Adriana Behar e Shelda, que levantaram a taça em oito temporadas nacionais. Emanuel venceu em 1994 e 1995, ao lado de Zé Marco, em 2001, ao lado de Tande, em 2002, 2003, 2006 e 2008, com o atual parceiro Ricardo, e em 2011, ao lado de Alison.

"Estou muito emocionado, pois voltar a ser campeão ao lado do Ricardo, depois de tantos anos, a última vez em 2008, me deixa muito feliz. Esse número, essa marca de maior campeão brasileiro mostra que consegui jogar em alto nível ao lado do Ricardo, mas sem esquecer de outros parceiros importantes nessas conquistas, como Zé Marco, Tande e o Alison, que são parte fundamental nesses títulos".

Já Ricardo, campeão da temporada pela primeira vez em casa, conquista seu sexto título do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia. O baiano venceu em 2002, 2003, 2006 e 2008, com Emanuel, e em 2013/2014, com o cearense Márcio Araújo. 

Ricardo e Emanuel subiram ao pódio em cinco oportunidades nesta temporada, sendo a dupla que mais vezes terminou entre os três primeiros colocados no torneio masculino. Eles foram campeões da etapa de Vitória (ES), prata nas etapas de Niterói (RJ) e Jaboatão dos Guararapes (PE), além de bronze em Fortaleza (CE) e João Pessoa (PB). Agora, seguem na disputa por mais um título em Salvador (BA).

Juntos entre 2002 e 2009, Ricardo e Emanuel resolveram reeditar em 2014 a dupla mais vitoriosa da história do vôlei de praia brasileiro. Em sete anos juntos, conquistaram o ouro Olímpico em Atenas 2004 e o bronze em Pequim 2008, o título mundial de 2003, o ouro nos Jogos Pan-Americanos Rio 2007, além de cinco títulos do Circuito Mundial. Contando todas as etapas nacionais ou internacionais vencidas, são 64 vezes no lugar mais alto do pódio.

Os jogos seguem neste sábado, com a disputa das quartas de final e semifinais. Os jogos da quadra central contam com transmissão ao vivo pelo site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) no link http://cbbvp.cbv.com.br/index.php/aovivo. As semifinais também estarão ao vivo no canal SporTV 3, que transmite as finais masculina e feminina, no domingo, a partir das 10h, no SporTV 2. A entrada na arena montada em Patamares é franca.

RICARDO E EMANUEL NO CIRCUITO BRASILEIRO 14/15:
1ª etapa - Vitória (ES) - ouro
2ª etapa - Niterói (RJ) - prata
3ª etapa - Campinas (SP) - 4º lugar
4ª etapa - São José (SC) - não disputaram
5ª etapa - Porto Alegre (SC) - 5º lugar
6ª etapa - Fortaleza (CE) - bronze
7ª etapa - João Pessoa (PB) - bronze
8ª etapa - Jaboatão dos Guararapes (PE) - prata

TODOS OS CAMPEÕES DO CIRCUITO BANCO DO BRASIL
1991 - Paulão/Paulo Emílio (BA)
1992 - Moreira/Garrido (PE) - Isabel/Jacqueline (RJ)
1993 - Franco/Roberto Lopes (CE) - Adriana/Mônica (RJ)
1994 - Zé Marco/Emanuel (PB/PR) - Karina/Renata (RJ)
1995 - Zé Marco/Emanuel (PB/PR) - Jaqueline/Sandra (RJ)
1996 - Paulão/Paulo Emílio (BA) - Adriana Behar/Shelda (RJ/CE)
1997 - Lula/Adriano (PE) - Adriana Behar/Shelda (RJ/CE)
1998 - Tande/Giovane (RJ) - Sandra/Adriana (RJ)
1999 - Franco/Roberto Lopes (CE) - Adriana Behar/Shelda (RJ/CE)
2000 - Márcio/Benjamin (CE/MS) - Adriana Behar/Shelda (RJ/CE)
2001 - Tande/Emanuel (BA/PR) - Adriana Behar/Shelda (RJ/CE)
2002 - Ricardo/Emanuel (BA/PR) - Adriana Behar/Shelda (RJ/CE)
2003 - Ricardo/Emanuel (BA/PR) - Adriana Behar/Shelda (RJ/CE)
2004 - Tande/Franco (RJ/CE) - Adriana Behar/Shelda (RJ/CE)
2005 - Márcio/Fábio Luiz (CE/ES) - Juliana/Larissa (CE/PA)
2006 - Ricardo/Emanuel (BA/PR) - Juliana/Larissa (CE/PA)
2007 - Franco/Pedro Cunha (CE/RJ) - Juliana/Larissa (CE/PA)
2008 - Ricardo/Emanuel (BA/PR) - Larissa/Vivian (PA)
2009 - Alison/Harley (ES/DF) - Talita/Maria Elisa (AL/PE)
2010 - Thiago/Pedro Cunha (SC/RJ) - Juliana/Larissa (CE/PA)
2011 - Alison/Emanuel (ES/PR) - Juliana/Larissa (CE/PA)
2012/2013 - Bruno Schmidt/Pedro Solberg (DF/RJ) - Ágatha/Bárbara Seixas (PR/RJ)
2013/2014 - Ricardo/Márcio Araújo (BA/CE) - Ágatha/Bárbara Seixas (PR/RJ)
2014/2015 - Ricardo/Emanuel (BA/PR) - Larissa/Talita (PA/AL)

==> Foto: Paulo Frank / CBV

Pela primeira vez em solo pan-americano, Brasil recebe Mundial de luta olímpica 2015

A luta olímpica brasileira vive um momento único. Comparando-se à realidade de 2001, quando o esporte engatinhava no país, é possível ver a evolução na organização, estrutura e desempenho dos atletas. Com uma vice-campeã mundial na seleção, Aline Silva, o reflexo do desenvolvimento é a próxima missão que o Brasil terá em 2015: receber pela primeira vez no continente pan-americano o Campeonato Mundial da modalidade. O palco será a cidade de Salvador, entre os dias 11 e 16 de agosto, quando os melhores lutadores do planeta encaram o Mundial Júnior do esporte.

“Era um grande sonho trazer um evento desse porte para o Brasil. Graças ao Ministério do Esporte conseguimos realizar diversos Campeonatos Pan-Americanos da modalidade e, agora, antes de 2016, conseguimos trazer o Mundial Júnior, que será importante para divulgação do esporte”, disse o presidente da Confederação Brasileira de Luta Olímpica (CBLA), Pedro Gama Filho.

São esperadas mais de 50 mil pessoas ao longo de dez dias de evento, com direito a transmissão para todos os continentes, e 600 atletas, com idade até 20 anos, de 100 países. “O público brasileiro, que não está acostumado com a luta olímpica, vai cada vez mais vai ouvir falar do esporte”, acrescenta.

Receber grandes competições faz parte da estratégia de massificar a modalidade no país. A tática está alinhada com o desenvolvimento da luta nos estados, com a política de descentralização, a estruturação com equipamentos qualificados e a excelência esportiva promovendo os resultados e a renovação.

“Esperamos continuar crescendo. O resultado da Aline Silva (prata no Campeonato Mundial de 2014) é muito difícil de alcançar e não queremos retroceder. O grupo feminino é um grupo muito forte e qualquer uma pode conseguir um grande resultado. O grande trunfo da luta feminina é o grupo. Chegamos para ficar”, analisou o presidente.

Em uma década, o esporte conseguiu alcançar um patamar que oferece equipamentos de ponta aos atletas nos diferentes estados, viagens internacionais para competir nos principais eventos internacionais e a contratação de treinadores estrangeiros.

A luta olímpica passou de 100 atletas em todo o país para mais de 2 mil lutadores filiados à CBLA, além de 100 mil praticantes nacionalmente. Presente em 23 estados, o esporte conta com cem técnicos em atuação, sendo cinco estrangeiros. Os atletas participam de sete treinamentos de campo e participam de 28 competições internacionais de federação internacional da modalidade.

Breno Barros
Ascom - Ministério do Esporte

==> Foto: Renato Sette / CBLA

Fabricando Pirulitos de Chocolate

O célebre filme A Fantástica Fábrica de Chocolate serve de inspiração para o evento ‘A Fantástica Oficina de Chocolate’ que o ParkShopping está preparando para comemorar a data junto com seus clientes, até o dia 05 de abril. Em um espaço de recreação supercolorido, a criançada vai aprender a fazer e decorar pirulitos de chocolate, além de personalizar a embalagem dessa delícia. O intuito é, além de entreter, proporcionar às crianças experiências que estimulem seu desenvolvimento. “Queremos estimular a criatividade do público infantil por meio de uma atividade lúdica e prazerosa, ligada à gastronomia e as artes”, explica a gerente de marketing do shopping Natália Vaz.

Dividido em duas partes, o circuito recreativo propõe duas oficinas para os pequenos. Na primeira delas as crianças recebem blisters (formas decoradas) com motivos referentes à data, tais como coelhos, ovos, cenouras, etc., para a confecção de 05 pirulitos de chocolates. A segunda etapa é onde a meninada recebe materiais diversos – fitas e adesivos – para personalização das embalagens. “Muito mais gostoso do que ganhar é fazer o próprio chocolate que pode, inclusive, virar um presente para os pais ou algum amigo querido”, ressalta Natália Vaz.

Em uma estrutura de 70m², totalmente decorada com motivos inspirados em A Fantástica Fábrica de Chocolate, a garotada vai se sentir como um dos operários do incrível Sr. Willy Wonka. A cada vinte minutos, 12 (doze) crianças colocarão a mão na massa, ou melhor, no chocolate para preparar seus pirulitos e depois enfeitá-los. O evento, que acontece todos os dias da semana, entre as 14h e às 20h. A atividade é gratuita e a inscrição é feita diariamente no local da atividade. Porém as vagas são limitadas e o evento sujeito a lotação.

Serviço

A FANTÁSTICA OFICINA DE CHOCOLATE
Até a 05 de abril
Local: Praça Central
Horário: De segunda a domingo, das 14h às 20h
Público: Crianças de 04 a 12 anos
Entrada Franca por ordem de chegada

==> Foto: Cristiano Sérgio / FOTOFORUM

Na chuva, Vettel quase tira pole de Hamilton; Massa é 7º, Nasr cai no Q1

A tradicional chuva de fim de tarde em Sepang caiu com força bem no meio do treino classificatório deste sábado, que definiu o grid de largada para o GP da Malásia, válido pela 2ª etapa da temporada 2015 da Fórmula 1. E já que em condições climáticas normais as Mercedes de Lewis Hamilton e Nico Rosberg são imbatíveis, era na pista molhada que os concorrentes alimentavam esperança de desbancar as Flechas de Prata. Mas o bicampeão Lewis Hamilton, atual líder do campeonato, fez sua parte e garantiu a pole position com o tempo de 1m49s834. Ele só não contava que não seria seu companheiro Nico Rosberg, mas sim o alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, seu principal concorrente desta vez. E que concorrente. Nos instantes finais da sessão, o tetracampeão encaixou uma ótima volta e anotou 1m49s908, ficando a apenas 74 milésimos do britânico. Não fosse uma balançada na última curva do circuito, Vettel poderia ter superado o tempo de Lewis, que ainda teria mais uma chance de recuperar a primeira posição, caso tivesse sido superado, mas dificilmente conseguiria dar o troco, pois acabou sendo atrapalhado por Rosberg, que vinha lento na pista.

Massa à frente de Bottas; Nasr com problema

Relegado a coadjuvante, Rosberg marcou 1m50s299 e teve que se contentar com o terceiro lugar no grid. A equipe Williams, por sua vez, novamente se atrapalhou com a estratégia, fazendo Felipe Massa e Valtteri Bottas abortarem várias voltas durante o Q3. Ao fim, o brasileiro ficou com a sétima colocação, enquanto o finlandês foi o nono. A RBR reagiu e emplacou seus dois pilotos no top 5: Daniel Ricciardo em quarto e Daniil Kvyat em quinto. Max Verstappen (STR) foi o sexto e Romain Grosjean (Lotus), o sétimo. A surpresa ficou por conta do sueco Marcus Ericsson, que levou a Sauber ao Q3 e ficou com o décimo lugar. Quem decepcionou foi Kimi Raikkonen. Depois de mostrar força nos treinos livres, o finlandês pegou tráfego no Q2, não conseguiu melhorar o tempo por causa do começo da chuva e foi eliminado, ficando em 11º. 

Quem também não se deu bem foi Felipe Nasr. Após a histórica estreia na Austrália, o jovem brasiliense de 22 anos tem amargado um fim de semana difícil. Com um problema no diferencial do carro (sistema que faz as rodas girarem em rotações diferentes nas curvas), Nasr acabou precocemente eliminado no Q1, junto com as McLaren de Fernando Alonso e Jenson Button e as Manor de Roberto Merhi e Will Stevens. Com isso, o piloto da Sauber largará na 16ª colocação.

Q1 - Com problemas, Nasr é eliminado

Como já era de se esperar, com a McLaren ainda sofrendo neste início de parceria com a Honda, e a Manor/Marussia se arrastando com um carro de 2014 adaptado, Alonso, Button, Merhi e Stevens foram eliminados no Q1. Assim, restava apenas um para também sair mais cedo da sessão. Quem ocupava a ingrata posição nos instantes finais era Grosjean. Mas no zerar do cronômetro, o francês da Lotus pulou para sexto e empurrou para a zona de corte justamente Nasr, que ficou com a 16ª colocação.

- É uma coisa que venho lutando o fim de semana inteiro, uma sensação estranha no carro. Descobrimos no último treino que tinha um problema diferencial, mas não sei o conseguimos consertar isso para a classificação - lamentou.

Eliminados no Q1: Felipe Nasr (Sauber), Button (McLaren), Alonso (McLaren), Merhi (Manor) e Stevens (Manor)

Classificados para o Q2: Hamilton (Mercedes), Rosberg (Mercedes), Vettel (Ferrari), Sainz (STR), Bottas (Williams), Grosjean (Lotus), Ericsson (Sauber), Maldonado (Lotus), Raikkonen (Ferrari), Ricciardo (RBR), Massa (Williams), Kvyat (RBR), Verstappen (STR), Hulkenberg (Force India) e Pérez (Force India)

Q2 - Chuva trai Raikkonen

No começo do Q2, por causa da ameaça de chuva, todos foram para a pista assim que o sinal verde foi acionado. Rosberg, Vettel e Bottas conseguiram voltas limpas logo de cara e assumiram as primeiras posições, Massa fez um tempo intermediário, aparecendo em sexto, enquanto Hamilton e Raikkonen pegaram tráfego e ficaram em oitavo e 11º, respectivamente. E a temida chuva caiu logo em seguida, e forte, para desespero do finlandês. Sem a possibilidade dos pilotos melhorarem seus tempos por causa da pista molhada, os eliminados já eram conhecidos ainda a 7 minutos do fim. Quem surpreendeu foi o parceiro de Nasr, Marcus Ericcson, que levou a Sauber ao Q3 com o décimo tempo.

Eliminados no Q2: Raikkonen (Ferrari), Maldonado (Lotus),  Hulkenberg (Force India), Pérez (Force India) e Sainz (STR)

Classificados para o Q3: Rosberg (Mercedes), Vettel (Ferrari), Bottas (Williams), Ricciardo (RBR), Grosjean (Lotus), Massa (Williams), Verstappen (STR), Hamilton (Mercedes), Kvyat (RBR) e Ericsson (Sauber)  

Q3 - Vettel quase rouba pole de Hamilton

Por causa da forte chuva, a direção de prova decidiu adiar o início do Q3 em mais de meia hora. Ainda com pista molhada, a maioria dos pilotos escolheu pneus intermediários, enquanto Bottas apostou nos compostos de chuva extrema e precisou voltar aos boxes para corrigir o erro.

Vettel  foi o primeiro a marcar tempo, 1m53s178, mas logo foi desbancado por Rosberg, que anotou 1m51s066. Na sequência, Hamilton se impôs com 1m49s834 e assumiu a ponta. Restando três minutos para o fim do treino, a dupla da Williams havia abortado todas as voltas e não tinha marcado tempo.

Nos instantes finais a surpresa: não fosse uma balançada na última curva, o tetracampeão Vettel tinha tudo para ter desbancado a marca de Hamilton. O alemão ficou a apenas 0s074 do inglês. Na sequência, Rosberg completou sua volta, mas anotou 1m50s299, suficiente apenas para lhe dar o terceiro lugar no grid. Massa e Bottas só conseguiram completar uma volta cronometrada e terminaram em sétimo e nono, respectivamente.



Grid de Largada para o GP da Malásia (Foto: GloboEsporte.com)

Globoesporte

==> Foto: Getty Images