Brasil conquista Liga-Sulamericana Conmebol de Beach Soccer

O Brasil provou novamente porque é o país mais vencedor do beach soccer no mundo. Com vitórias nos quatro confrontos diante do Paraguai, duas com nossa equipe sub-20 e duas com a adulta, conquistamos o título da Liga Sul-Americana Conmebol 2017 e mantivemos a hegemonia também no continente.

O primeiro triunfo veio com nossos garotos da seleção sub-20. A equipe comandada pelo técnico Fábio Costa mostrou sua qualidade habitual e bateu os paraguaios por 5 a 4. Os gols foram de Paulinho (2), Sávio, Alejandro e Josep.

“Para o grupo essas vitórias foram importantes para nos dar ainda mais confiança na preparação para a Liga Sul-Americana 2018, na Colômbia, no final desse mês. Pessoalmente foi emocionante jogar e marcar dois gols diante de toda a minha família”, disse o artilheiro Paulinho.

A vitória dos nossos meninos já garantiu o título da competição para o Brasil, uma vez que o campeão seria o país que somasse mais pontos ao final dos quatro confrontos. E como já havíamos vencido os dois jogos de sexta-feira (5/10), os três pontos conquistados pela nossa equipe sub-20 neste sábado (6/10) deixaram o Paraguai sem chances.

Mas quem achou que a partida de encerramento seria sem emoção, se enganou. Quando a seleção pentacampeã mundial está em quadra, a garra e a vontade de vencer entram juntas.

Para delírio do público, nossos craques mostram toda sua habilidade em gols de pura técnica. Logo no primeiro período os comandados do técnico multicampeão Gilberto Costa deixaram claro que não dariam espaço para o adversário. Com gols de Datinha, Maurinho e Rodrigo, fecharam o placar em 3 a 1.

“Sabíamos que seria importante entrar forte desde o início da partida para que eles não gostassem do jogo. Todos sabemos da força do Paraguai. Mesmo com o regulamento já garantindo o nosso título antecipadamente, na hora que a bola rola os jogadores entram para ganhar. Então foi importante não perdermos a concentração e jogarmos com a mesma disposição de sempre”, disse Gilberto.

Nos períodos seguintes, o que se viu foi mais pressão do Brasil. E, consequentemente, os gols seguiram saindo. Datinha e Mauricinho marcaram de novo, dando a vantagem de 5 a 1. No período final, Datinha balançou as redes paraguaias pela terceira vez e decretou o resultado do jogo: vitória por 6 a 1 e muita festa aos gritos de campeão.

O vice-presidente da CBSB, Gustavo Sampaio, comemorou mais um troféu conquistado pela seleção e deixou claro o quanto isso foi fundamental para os projetos que a CBSB tem para o desenvolvimento do beach soccer nacional.

“É claro que o mais importante para qualquer modalidade esportiva é o processo, não o resultado. Temos que pensar sempre em construir algo sólido e duradouro para que o esporte perdure por anos, sempre buscando evoluir. E estamos trabalhando muito por isso. Realizamos ações nos últimos anos que estão começando a gerar resultados agora. E vem muito mais pela frente. Mas as conquistas são importantes para coroar todo esse processo. O que nossos atletas fazem em quadra é de tirar o chapéu. Eles são as estrelas, os responsáveis diretos por sermos o país mais vitorioso do mundo no beach soccer. Parabéns a todos eles e também, é claro, às nossas comissões técnicas, que sabem comandar todos esses craques com maestria”, disse.

==> Foto: Alexandre Loureiro / CBF

0 comentários:

Postar um comentário