Programação completa de outubro 2017 do Centro Cultural Banco do Brasil de Brasília

No mês de outubro, o Centro Cultural Banco do Brasil de Brasília traz para seus visitantes eventos especiais como o Festival Internacional de Linguagem Eletrônica-FILE, que aproxima os mais diversos públicos de obras de arte, debates e pesquisas, utilizando a tecnologia como suporte ou como inspiração. A Mostra Especial Anima Mundi apresentará uma seleção de filmes nacionais e internacionais de autores consagrados em diversas técnicas de animação, e para o dia 12 de outubro, uma programação alegre e criativa, em comemoração ao aniversário do CCBB e ao dia das crianças.

12 de Outubro no CCBB

Dia 12 de outubro será um dia de comemorações no Centro Cultural Banco do Brasil de Brasília. Comemoraremos o dia das crianças e os  dezessete anos do CCBB, levando cultura e entretenimento para todos os públicos. Com atenção especial ao público infantil, a equipe do Programa Educativo receberá as  famílias para contação de histórias, visitas teatralizadas ao Museu, acompanhará as crianças em suas primeiras percepções e reflexões sobre a exposição FILE, além dos jogos musicais e atividades sensoriais especialmente preparadas para exposição. O cinema de animação terá sessões gratuitas da mostra Anima Mundi e, nas artes cênicas, o público poderá assistir gratuitamente à peça Deu Trelelê na Família S.A. Para alegrar ainda mais nossa festa, teremos foodtrucks, DJ, pipoca e balão. Nossa já tradicional feirinha de artesanato estará presente e, como atração especial para a criançada, teremos uma instalação interativa em formato de labirinto com lasers (cama de gato digital). Em breve informaremos a programação completa e os horários da nossa festa.


Exposição

FILE – Festival Internacional de Linguagem Eletrônica
O FILE – Festival Internacional de Linguagem Eletrônica é uma iniciativa cultural que viabiliza reflexões sobre as principais questões do universo eletrônico-digital desde o ano 2000, consolidando o Brasil como um dos protagonistas dessas discussões na comunidade internacional. O Festival tem conseguido aproximar os mais diversos públicos de obras de arte, debates e pesquisas que utilizam a tecnologia como suporte ou como inspiração. A edição do FILE, montada especialmente para a capital federal, reúne formas inovadoras de expressão, com obras agrupadas em quatro eixos – ou aspectos – que representam um conjunto de novos comportamentos: corpo vivencial, corpo cinético, corpo virtual e corpo lúdico. Durante o maior evento de arte e tecnologia da América Latina, o público poderá experimentar formas inusitadas de interagir com a arte eletrônica, que promove uma ruptura na forma tradicional de apreciação das obras, pois agora é possível tocar, pular, balançar, imergir, jogar e brincar com a instalação.
Serviço
12 de outubro a 11 de dezembro
Galerias I, II, IV, Sala Multiuso, Vão Central e Pavilhão de Vidro
Classificação indicativa: Livre
Entrada Franca




Pedro Caballero - A Herança e a Indagação dos Enigmas
A exposição do artista peruano Pedro Caballero deleita-nos com uma singular e colorida combinação do ancestral ao contemporâneo. Esta exibição de diferentes obras que conjugam a arte moderna com as tradições e antigos ritos culturais destacam elementos autóctones – cores, tecidos e formas -, que evidenciam a forte influência sobre o artista das culturas pré-incas. A mostra se propõe a gerar oportunidades para que, através da cultura, peruanos e brasileiros possam se conhecer melhor e estreitar, ainda mais, os laços de irmandade e fortalecimento na integração vicinal. A mostra conta com 39 obras em óleo de médio o grande formato, e traz uma retrospectiva de obras desde 1994 até 2016.
Serviço:
Até 15 de outubro
Galeria III
Classificação indicativa: Livre                            
Entrada Franca




Museu Banco do Brasil – Acervos do Brasil
Inaugurado em outubro de 2016, o Museu BB - Acervos do Brasil se torna um importante espaço no cenário cultural de Brasília. Ao traduzir a importância de apresentar ao público momentos históricos da economia brasileira e reunir importantes obras de arte de diferentes épocas do país, o visitante é surpreendido com a reunião inédita de quadros, esculturas e também de itens que contam a história da economia brasileira. Após pesquisas e um verdadeiro garimpo por dependências de todo o país, foram trazidas 76 obras de artistas como Di Cavalcanti, Tomie Ohtake, Carlos Scliar, Athos Bulcão e Burle Marx, além de itens ligados ao exercício da atividade bancária, como documentos de valor histórico, moedas, equipamentos, objetos e mobiliário. O espaço de mais de 6 mil m² conta com um elegante hall para recepcionar seus visitantes, incluindo um charmoso café onde as pessoas poderão terminar sua visita apreciando a vista de um dos pontos turísticos mais emblemáticos de Brasília.
Serviço:
Museu Banco do Brasil – Acervos do Brasil
Exposição permanente
Local: Centro Cultural Banco do Brasil Brasília – Primeiro andar
Funcionamento: de terça a domingo, das 9h às 19h
Entrada gratuita
Classificação indicativa: livre




Cinema

MOSTRA BRASÍLIA EM PLANO ABERTO

O mês das crianças terá um espaço privilegiado na tela de cinema do Centro Cultural Banco do Brasil. Para a sessão de outubro da Mostra Brasília em Plano Aberto, os curadores Wol Nunnes e Maurício Witczak, selecionaram quatro curtas-metragens brasilienses, que trazem crianças como protagonistas de filmes produzidos na capital. O cineasta convidado especial da Mostra, Santiago Dellape, exibe “Ratão, um curta-metragem repleto de ação, aventura e humor. Após a sessão, tem bate papo com os cineastas. Em seguida, na área externa do CCBB, Dj Barata do Criolina tocando famosas trilhas do cinema e foodbikes, fecham com chave de ouro, mais essa noite de celebração para o cinema brasiliense.
Após a sessão, tem bate papo com os cineastas convidados. Em seguida, DJ Criolina toca famosas trilhas do cinema e foodbikes, fecham com chave de ouro, mais essa noite de celebração para o cinema brasiliense. 
Brasília em Plano Aberto tem como proposta apresentar uma cartografia da produção cinematográfica realizada na Capital Federal nos últimos 40 anos ao reunir, em um só evento, registros e olhares de uma sociedade captados através das lentes dos cineastas experientes, com suas carreiras já consolidadas, assim como de jovens que despontam no cenário do audiovisual local e também nacional.
Confira a classificação indicativa e a programação completa no site
Serviço
4 de outubro, a partir das 19h30
Entrada franca
Retirada de ingressos a partir de 1 hora antes do início da sessão, somente na bilheteria do CCBB.
Classificação indicativa: 16 anos



MOSTRA DE CINEMA NORUEGUÊS
A indústria norueguesa de filmes vem crescendo consideravelmente e os filmes noruegueses, assim como os diretores e produtores, têm sido apresentados a uma plateia cada vez mais internacional. O Instituto Norueguês de Cinema – Norsk Filminstitutt – agência governamental criada para incentivar a produção nacional de cinema na Noruega, vem experimentando, na última década, seu momento de maior prosperidade, com o fomento de filmes em Blue Ray, DVD ou on demand, como a Netflix. A Embaixada da Noruega em Brasília, juntamente com o Consulado Geral no Rio, têm orgulho de apresentar 15 filmes que comprovam a variedade e a riqueza da produção cinematográfica norueguesa. São películas destinadas aos públicos adulto e infantil, lançadas entre 2008 e 2015; são dramas, comédias, filmes de aventura e de animação, integrantes de um roteiro que inclui outros eventos organizados pela representação diplomática norueguesa no Brasil.

Confira a programação completa em nosso site:  http://culturabancodobrasil.com.br/portal/distrito-federal
Serviço:
19 de setembro a 1º de outubro
Terça a domingo
Entrada franca
Retirada de ingressos a partir de 1 hora antes do início da sessão, somente na bilheteria do CCBB.



Mostra Especial Anima Mundi 2017
Os apaixonados por filmes de animação terão a chance de participar da Mostra Especial de um dos mais importantes festivais do mundo. Entre os dias 5 e 12 de outubro Brasilia recebe um amplo recorte do que foi apresentado na versão integral do Anima Mundi 2017.   
Uma seleção de filmes nacionais e internacionais de autores consagrados em diversas técnicas de animação com sessões de retrospectiva dos 25 anos. A grade contará com 36 sessões com filmes de autores convidados, sessões especiais infantis, sessão de filmes canadenses e os tão aguardados premiados deste ano. No dia 12 de outubro a mostra terá entrada gratuita em homenagem ao Dia das Crianças.
Confira a programação completa em nosso site:  http://culturabancodobrasil.com.br/portal/distrito-federal
Serviço:
5 a 12 de outubro
Terça a domingo
Ingressos: R$5,00 (meia-entrada para todos)



Rock Terror
A mostra Rock Terror, uma retrospectiva do subgênero cinematográfico que uniu o cinema e a música, quer levar ao público a diversão e a reflexão sobre a contribuição deste fenõmeno para a cultura pop.
 

Iniciado no final dos anos 70 e impulsionado pela ideia fantasiosa de que muitas bandas fizeram pactos nada convencionais para alcançar o sucesso, dezenas de longas começaram a ser produzidos e, ao mesmo tempo, estrelas do rock começaram a participar de filmes de terror que flertavam de alguma forma com essa temática. Apesar de ter atingido o auge entre os anos 80 e 90, até hoje se produzem filmes relativos a esse universo.
 

A mostra Rock Terror reune filmes marcantes do subgênero do terror e mostra o que acompanha esse estilo: produções de baixo orçamento, humor involuntário, possessões sofríveis, efeitos especiais toscos e cenas propositalmente apelativas. Muitos foram os países que aderiram a esse sucesso, como Japão, Alemanha, Índia, França, Inglaterra, EUA, Tailândia e Brasil. Serão exibidos 38 longas capazes de mostrar variados aspectos dessa vertente, sem deixar a diversão de lado.
 

No dia 20 de outubro será ministrada uma aula magna com o crítico de arte e curador da mostra Mário Abbade.

Confira a programação completa em nosso site:  http://culturabancodobrasil.com.br/portal/distrito-federal
Serviço:
13 a 31 de outubro
Terça a domingo
Entrada franca
Retirada de ingressos a partir de 1 hora antes do início da sessão, somente na bilheteria do CCBB.



Sessão Extra - Festival de Cinema BB DTVM
O Festival de Cinema BBDTVM continua até dezembro. Nos dias 28 de outubro, 25 de novembro e 30 de dezembro, o projeto retorna à sala de cinema do CCBB para a realização de quatro Sessões Extras. A programação destas sessões será definida pelo público, por meio de uma votação online, nas redes sociais do CCBB, quando haverá a reexibição de filmes apresentados ao longo do Festival.
Confira a programação completa em nosso site:  http://culturabancodobrasil.com.br/portal/distrito-federal
Serviço:
28 de outubro
Sábado às 15h
Entrada franca
Retirada de ingressos a partir de 1 hora antes do início da sessão, somente na bilheteria do CCBB.



Teatro

DEU TRELELÊ NA FAMÍLIA S.A.
Os irmãos Rosa Morena e Gabriel são filhos de Jaqueline Silva e Adalberto Aguiar - a família S.A., Silva Aguiar. Um dia, são surpreendidos com a notícia de que seus pais se separaram. Mas o caso era sério porque até a casa estava ao meio. A família S.A. está passando por um TRELELÊ e novos arranjos na convivência diária serão necessários. Dialogando com personagens que participam de suas rotinas os irmãos vão descobrindo soluções criativas para superar o TRELELÊ. Em cena, surgem o padeiro, a professora, amigos e amigas, que por meio do diálogo musical colaboram para que as crianças superem o TRELELÊ, estimulando o desenvolvimento das virtudes. DEU TRELELÊ NA FAMÍLIA S.A. é uma aventura pela formação do caráter individual, mas temperada com muitas projeções cinematográficas e cenas musicais. Rosa Morena e Gabriel conhecem as virtudes e como sua aplicação na vida é importante.
No dia 12 de outubro, data em que é celebrado o dia da criança, haverá sessão gratuita.
Serviço:
15 de setembro a 15 de outubro
Sexta às 15h - Sábado e domingo às 16h
Ingressos: R$ 20,00 e R$ 10,00 (meia)
Duração: 55 minutos
Local: Teatro I



Programa Educativo

Exposição “FILE - Festival Internacional de Linguagem Eletrônica”

Visitas Mediadas ao Museu BB
De terça a sexta, às 9h e às 14h.
O Programa Educativo do Centro Cultural Banco do Brasil oferece gratuitamente visitas mediadas Museu BB a escolas e grupos mediante agendamento prévio. Telefones para agendamento: 3108-7623 e 3108-7624 (segunda a sexta, das 8h às 18h).
Indicação: a partir de 5 anos.

Visitas Mediadas à exposição*
De terça a sexta, às 9h, 10h, 14h, 15h e 19h.
O Programa Educativo do Centro Cultural Banco do Brasil oferece gratuitamente visitas mediadas às exposições em cartaz a escolas e grupos mediante agendamento prévio. Telefones para agendamento: 3108-7623 e 3108-7624 (segunda a sexta, das 8h às 18h).
Indicação: a partir de 5 anos.

Visita Mediada em Libras
Quintas, sextas e sábados, das 13h às 17h.
Consultar horários disponíveis na sala do Programa Educativo do Centro Cultural Banco do Brasil ou pelos telefones: 3108-7623 e 3108-7624 (segunda a sexta, das 8h às 18h).
Indicação: a partir de 5 anos.

Em Cantos e Contos
Sábados, domingos e feriados, 11h e 15h.
Por meio de histórias, o ser humano conhece o mundo à sua volta, sua identidade e até mesmo o que nunca imaginou antes. Embalando os visitantes com contos, músicas, bonecos e objetos cotidianos, o Programa Educativo do Centro Cultural Banco do Brasil vai apresentar universos relacionados às exposições em cartaz.
Indicação: Livre.

Visita Teatralizada - No Museu BB
Sábados, domingos e feriados, às 13h - Início na área externa, próximo ao jardim.
Um jovem viajante perde sua identidade e não tem como prosseguir em sua jornada. Em meio a tanta aflição conhece uma personagem muito misteriosa que o leva para uma viagem em um mundo de descobertas e muitas histórias dentro do Museu BB. Você quer descobrir como termina essa aventura? O Programa Educativo do Centro Cultural Banco do Brasil vai te contar!
Indicação: Livre

Librário
Sábados, às 14h.
O Programa Educativo do Centro Cultural Banco do Brasil convida você a conhecer a Libras, a Língua Brasileira de Sinais. Por meio de um jogo, o educador ensina alguns sinais ao público, que deve memorizar cada palavra para conhecer a segunda língua oficial do Brasil!
Indicação: Livre.

Pequenas Mãos*
Sábados, domingos e feriados, às 14h.
Com jogos e espaços lúdicos, o Programa Educativo do Centro Cultural Banco do Brasil recebe famílias com crianças de 3 a 6 anos para as primeiras percepções e reflexões sobre as exposições em cartaz. Os pequenos visitantes e suas famílias terão a oportunidade de recriar suas interpretações sobre seus momentos na exposição.
Indicação: famílias com crianças de 3 a 6 anos, mediante retirada de senha com 30 minutos de antecedência na sala do Programa Educativo. Limitado a 8 participantes e suas famílias.

Musicando*
Sábados, domingos e feriados, às 16h.
Você já imaginou música dentro de uma exposição de arte? O Programa Educativo do Centro Cultural Banco do Brasil propõe aos visitantes jogos musicais para conhecer, perceber e recriar as exposições em cartaz, dialogando com elas de uma forma dinâmica e interativa.
Indicação: crianças a partir de 7 anos, mediante retirada de senha 30 minutos de antecedência na sala do Programa Educativo. Limitado a 16 participantes.

Livro Vivo – no Museu BB
Sábados, domingos e feriados, às 16h, na Sala do Educativo no Museu BB.
Cada livro é um universo de sons, cores, formas, palavras, imagens, personagens e histórias. Mas será que é possível vivenciar esses universos? Por meio da leitura compartilhada com toda a família o Programa Educativo do Centro Cultural Banco do Brasil encoraja a essa imersão, onde o livro também se torna um objeto de mediação entre o conteúdo da exposição e o visitante.
Indicação: Livre.

Laboratório de Artes Visuais*
Sábados, domingos e feriados, às 17h.
O Programa Educativo do Centro Cultural Banco do Brasil convida os visitantes a revisitar as exposições em cartaz por meio de um processo de experimentação de materiais e ideias relacionados ao universo das artes visuais.
Indicação: crianças a partir de 7 anos, mediante retirada de senha 30 minutos antes de antecedência na sala do Programa Educativo. Limitado a 12 participantes.

Espaço Sensorial*
Terça a sexta, das 14h às 19h. Sábados, domingos e feriados, 12h às 19h.
Como acessar uma exposição de artes visuais por meio de outros sentidos que não a visão? Como seria o ambiente se pudéssemos adentrar alguma obra ou ideia da exposição em cartaz? O Programa Educativo do Centro Cultural Banco do Brasil te convida a essa experiência imersiva que vai acionar todos os seus sentidos.
Indicação: Livre.

*Atividades ligadas à exposição em cartaz, a partir do dia 12/10.


==> Foto: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário