Pesquisadores da Unesp criam alternativas de 'energia limpa'

Encontrar formas limpas, seguras e consistentes de gerar energia elétrica sem queimar combustíveis fósseis é o desafio que pesquisadores da Região Metropolitana do Vale do Paraíba (RMVale) estão encarando. Universidades da região investem em projetos de energia renovável de olho no setor que movimentará mais de US$ 300 bilhões no mundo até 2020.

Em Guaratinguetá, o professor Teófilo Miguel de Souza criou o Centro de Energias Renováveis na FEG (Faculdade de Engenharia de Guaratinguetá), ligada à Unesp (Universidade Estadual Paulista) e que oferece projetos gratuitos de energia renovável à população. São equipamentos que aquecem a água, geram energia elétrica e movimentam motores de forma limpa e barata, sem uso de combustível.

“Projetar, desenvolver, testar, divulgar, apresentar, dimensionar e realizar treinamentos sobre energias renováveis. É o que fazemos no Centro”, explica Souza, que acredita na região se transformando em um polo de desenvolvimento de energias alternativas.

Contato do pesquisador:
teofilo@reitoria.unesp.br

Leia reportagem completa

==> Foto: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário