12 Blocos Alternativos desfilam pluralidade e democracia na PRAÇA DOS PRAZERES

O bar e restaurante Balaio Café atuou como casa de cultura em Brasília ao longo de 10 anos. A programação diária de apresentações musicais, que incluíram um número infindável de atrações nacionais e internacionais, tornou o Balaio um dos pontos mais importantes e ativos no cenário cultura da região. O Balaio Café ficou conhecido com “Casa dos Prazeres”, com isso, a praça vizinha ao estabelecimento foi batizada de “Praça dos Prazeres”.

Durante o período de atividades, foi considerado um dos territórios culturais mais efervescentes de todo o DF, com acesso democrático e fomento criativo à diversas linguagens e ações. O carnaval tornou-se, então, o período de convergência d e toda a efervecência que rolava durante o ano.

Com uma programação marcada pela diversidade e pela pluralidade de expressões, o Carnaval na Praça dos Prazeres do Balaio Café tem de samba à maracatu, de coco à afoxé, de sambada de roda à guitarra baiana. Com isso, o Espaço se tornou referência do Carnaval de Rua de Brasília. Desde sua abertura, já desfilaram mais de 30 Blocos, atraindo milhares de pessoas todas as edições.

Desde 2013, o Carnaval de Blocos Alternativos de Rua em Brasília vem batendo recordes de público e exbanjando criatividade e alegria, se consolidando como o maior e mais democrático evento cultural da cidade e mostrando seu grande potencial turístico e comercial.

A Praça dos Prazeres, para este carnaval de 2017, mantem sua proposta de convergir as comunidades do DF e grupos de várias localidades do Brasil, em torno da música, tocada ao vivo, e o que há de genuíno na nossa cultura. Com programação diversificada, que mais do que garantir diversão e entretenimento também promova o amor, o respeito, a liberdade, a democracia, o ir e vir, a diversidade, a convivência, a diferênça.


PROGRAMAÇÃO dos BLOCOS

Sábado, 18/02
Bloco Samba do Peleja
Das 16h às 22h
Da reunião de amigos, que levam seus instrumentos para tocar um sambinha animado, surgiu o Samba do Peleja. E neste ano de 2017 comemoram 10 anos deste encontro, que hoje, além de animarem festas e reuniões animadas, são um Bloco de Rua que celebra a felicidade e as formas mais plurais de democracia e da amizade. A versatilidade deste coletivo, tem como características levadas lúdicas de sambas que passeiam por vertentes variadas e extenso repertório.

Domingo, 19/02
Bloco Falta Pouco
Das 16h às 22h
Fundado em 2011, o Falta Pouco se embraga de festas consagradas como as do Rio de Janeiro, Salvador e Recife. Surgiu como ponto de encontro e folia entre amigos. Mais um brinde ao pré-carnaval com a chegada do reinado de Momo trazendo o espírito da paz e alegria dos carnavais antigos. A banda, responsável pela agitação, é formada por músicos de diversos grupos de samba da cidade como Adoraroda, Candanguero, Carnavália, Sambassim, Ensaio Geral e Filhos de Dona Maria. O repertório, festivo e extenso, exibe clássicos do samba, frevo, maracatu, marchinha e maxixes.

Segunda, 20/02
Me Engole Que Eu Sou Jiló
Das 19h às 2hAM
Os cults, vidrados e apaixonados pela sétima arte, tem no “Engole que eu sou Jiló” uma noitada de folia para botar na Rua, no caso - a Tesourinha da 201 Norte, suas fantasias cinéfilas. Iniciativa dos criadores do Cineclube Jiló na Guela, o Bloco surgiu há três anos, quando estreou com o enredo “Solta a Claquete”. Para este ano, só indo ao Bloco para conhecer o novo enredo, que certamente vai combinar referências à produção cinematográfica, o samba e as desventuras da vida cultural e noturna brasiliense.

Quinta, 23/02
Bloco Bora Pra Cuba
Das 17h às 21h
O melhor da música e da cultura Cubana. Fantasias, brincadeiras e muita dança para carnavalizar nossas raízes latinas e nossa irmandade com o paraíso caribenho. Comidas e bebidas típicas de Cuba serão vendidas a preços especiais. O Bloco nasce da fluidez e convergência da comunidade latina do DF em união com artistas, boêmios e carnavalescos. A música ao vivo é da banda Sabor de Cuba e tem ainda o DJ Caju Clash para agitar a folia.

Bloco Bora Coisar
Das 21h à 0h
A invasão de ritmos quentes do norte brasileiro e do Caribe, Bora Coisar é o primeiro Bloco de Carnaval Amazônico de Brasília, onde a alegria é sensualizar, aguçar sentidos na pegada das guitarradas, no calor do calypso, na irreverência do treme e ainda muito Marabaixo, Batuque, Carimbó, Zouk e outros
Bora Coisar é comandado pela compositora e cantora Emília Monteiro, uma genuína representante da cultura do Norte do nosso Brasil que realiza um trabalho independente e vem despontando no cenário local e já alçou voos por outras regiões do país, com bem-sucedidas passagens pelo carnaval recifense e por baladas em São Paulo.

Sexta, 24/02
Rejunta Meu Bulcão
Das 16h às 22h
Athos Bulcão era apaixonado por Carnaval e, como Brasília é apaixonada por sua arte, um grupo de brasilienses criou o bloco festejar esses amores - por Brasília; e pela arte do artista que emoldura monumentos da capital federal. Idealizado no Rio de Janeiro por saudosos brasilienses que lá moravam, o bloco desembarcou em Brasília em 2015 desfilando muita alegria, poesia e samba no pé. Em 2016, um concurso de fantasias inspiradas em Athos, premiou as melhores com mimos oferecidos pela Fundação Athos Bulcão, uma importante parceira deste bloco.

Em 2017, os foliões do Rejunta meu Bulcão colocam o bloco na rua de forma sustentável, amorosa e colaborativa, por meio de uma “vaquinha”, para confecção de adereços inspirados na obra de Athos Bulcão a serem distribuídos gratuitamente no dia do bloco.

Sábado, 25/02
Bloco das Perseguidas
Das 14h às 22h
O bloco-protesto-festivo mais libertário e escandaloso da Capital Federal!. Martinha do Coco, Samba Flores e as Batuqueiras vão garantir a alegria das folionas e foliões. DJ Ju Pagul e convidadas seguram a pista do bloco mais feminista da capital. Explicitamente compromissado com a garantia dos direitos humanos, a Perseguidas é uma vadiação livre, que pretende unir a luta feminista à maior folia do planeta, com muito escracho, alegria e liberdade.

Domingo 26/02
Bloco do Prazer
Das 16h às 22h
Prazer para libertar os corações, representado toda a alegria e diversidade cultural com o novo balancê na discotecagem da DJ Karla Testa, bateria das Batuqueiras, show da banda Maria Sabina e a Pêia e muito mais. Sem desdém com nenhum ritmo brasileiro, a agitação vai ser uma peia de rock´n roll com baião, brega, forró e samba, tem pedrada de rock progressivo com maracatu. Chance de escancarar mensagens de afirmação da identidade brasileira, conscientização política e da necessidade de expansão da mente para valores transcendentais e espirituais de euforia, ansiedade e alegria, com espírito de rebeldia e ousadia da juventude.

Segunda 27/02
Bloco do Quadrado
Das 18h às 22h
O Bloco da música autoral do DF, uma iniciativa do Coletivo do Quadrado. Convite para se esbanjar com a qualidade da produção autora da nossa cidade. Um som que tem assinatura específica, identidade e sotaque, feito por gente artista e autônoma do Planalto Central. As presenças confirmadas são Litieh Martins, Wilson Bebel e Nãnan Matos.

Terça 28/02
Bloco Espírito Celta
Das 16h às 22h
Carnaval é festa de rua, democrática e popular, certo? Certíssimo! Que tal então experimentar e curtir a ancestralidade e a transcendência da musicalidade celta e medieval? Mãos dadas, num ritual, a roda de dança circular se abre de energia de paz, amor, gratidão e amizade, para renovar o corpo e alimentar o espírito. O Espírito da festa faz encantar pelo folk, música celta e medieval, músicas que alimentam e evocam uma dança espontânea. A promessa e o convite a ousar em fantasias incríveis e surpresas transcendentais.

A música ao vivo é comandada pela banda Kiaulles e mais uma banda convidada, além do DJ Azriel tocando os clássicos da antiguidade.

Berro do Ska Niemeyer
Das 22h à 0h
Desfila arranjos de consagrados temas carnavalescos como “Cachaça Não É Água”, “Mamãe Eu Quero”, “Vassourinhas”, “Cabelo de Fogo” e outros, com o balanço do Ska Jamaicano. A banda, em uma formação combo (uma big band reduzida), convoca pessoas empenhadas em tornar esse projeto audível e catártico.

==> Foto: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário