Orquestra Ouro Preto recebe Diogo Nogueira com repertório da MPB e do samba

A mistura do violino com o cavaquinho vai dar um samba diferente no segundo concerto da série "Orquestra Ouro Preto SulAmérica Sessions". A Orquestra Ouro Preto recebe Diogo Nogueira sob o céu do Rio de Janeiro, em uma apresentação inédita no dia 18 de setembro, sábado, às 20h30, com transmissão pelo YouTube da Orquestra e também pelos canais 500 e 530 (Like), da Claro TV.

Sob a regência do Maestro Rodrigo Toffolo, o repertório é uma homenagem especial a grandes nomes do samba e da música popular brasileira como Adoniran Barbosa, Cazuza, Gonzaguinha, Ivan Lins, dentre outros. O concerto foi gravado em um cenário de tirar o fôlego, na Joatinga, com vista para a Pedra da Gávea, no Rio de Janeiro. Ao lado de Diogo Nogueira, a Orquestra Ouro Preto promete levar para o público de casa, a combinação perfeita do suingue do samba com o clássico da música de concerto, em uma seleção musical de primeira com a beleza do Rio ao fundo.

O concerto de abertura conta a presença da convidada especial, a soprano Marília Vargas, que se apresenta junto aos alunos da Academia Orquestra Ouro Preto. No repertório, grandes clássicos da música erudita em um concerto gravado, na Igreja Nossa Senhora do Carmo, um dos cartões postais da histórica Ouro Preto-MG. Marília Vargas é uma das mais ativas e respeitadas sopranos de sua geração. Formada em Canto Barroco, na Suíça, a cantora paranaense divide seu tempo entre concertos, aulas, master classes e festivais de música, que a levam regularmente a diversos países europeus, da América Latina, Japão e China.


Além de Diogo Nogueira, o "Orquestra Ouro Preto SulAmérica Sessions" segue promovendo encontros virtuais mensais ao lado de grandes artistas. Patrocinado pela SulAmérica, o novo formato recebeu a cantora Fernanda Takai na estreia em agosto, com sucesso de público somando mais de 750 mil visualizações no YouTube e Canais Claro. Nos próximos meses, a Orquestra recebe Ana Carolina em outubro, Alceu Valença em novembro e Lulu Santos em dezembro.

"A SulAmérica tem muito orgulho de fomentar a arte e a cultura no país por meio de projetos maravilhosos como a Orquestra Ouro Preto", afirma Simone Cesena, diretora de Marketing da SulAmérica. "Este apoio está totalmente alinhado com a nossa visão de Saúde Integral, que incentiva as pessoas a viverem melhor por meio do equilíbrio entre saúde física, emocional e financeira. A música leva cuidado e bem-estar às pessoas, o que tem sido importante neste momento de pandemia", completou.

MAIS SOBRE DIOGO NOGUEIRA

Cantor, compositor, portelense, bom de bola e de samba, Diogo Nogueira é hoje um dos principais nomes do cenário do samba brasileiro. Filho de um dos maiores sambistas do país, o cantor e compositor João Nogueira, Diogo cresceu embalado por choros, sambas e batuques em cantorias promovidas em casa pelo pai com amigos da música. É também apresentador do programa "Samba na Gamboa" (TV Brasil e TV Cultura). Já lançou 9 CDs e 4 DVDs, que venderam mais de 1 milhão de cópias, e foi indicado ao Grammy Latino por todos os seus álbuns - prêmio que venceu por duas vezes. Sua discografia rendeu 6 discos de ouro, 3 DVDs de ouro, 2 de platina e 1 de platina dupla. Emplacou quatro sambas-enredo na Portela, em carnavais consecutivos, todos com nota 10 dos jurados. Ano passado, comemorou 10 anos de carreira, com seu primeiro álbum com músicas autorais e inéditas, "Munduê", que é um resgate das raízes do samba, ao lado de músicos e parceiros da nova e antiga geração do samba e choro.

SOBRE A ORQUESTRA OURO PRETO

Uma das mais prestigiadas formações orquestrais do país, a Orquestra Ouro Preto completa 21 anos de atividades e se reafirma como uma orquestra de vanguarda. Sob a regência e direção artística do Maestro Rodrigo Toffolo, o grupo se dedica à formação de diferentes públicos, com extensa programação nas principais salas de concerto no Brasil e no mundo, além de se destacar no número de visualizações e ouvintes das plataformas de streaming e redes sociais. Sob os signos da excelência e versatilidade atua também em projetos sociais e educacionais que vão muito além da música, como o Núcleo de Apoio a Bandas e a Academia Orquestra Ouro Preto. Premiado nacionalmente, o grupo tem 12 trabalhos registrados em CD, 7 DVDs. Foi vencedora do Prêmio da Música Brasileira em 2015, na categoria "Melhor Álbum de MPB", e indicada ao Grammy Latino 2007, como "Melhor Disco Instrumental", por Latinidade. Os discos "Latinidade - Música para as Américas", "Antônio Vivaldi - Concerto para Cordas", "The Little Prince" e "Orquestra Ouro Preto e Desvio - Ritmos Brasileiros" têm distribuição mundial pela gravadora Naxos, a mais importante do mundo dedicada à música de concerto.

Criada em 2019, a Academia Orquestra Ouro Preto é um projeto socioeducacional patrocinado pela SulAmérica que propõe o desenvolvimento técnico de músicos que já possuam conhecimento em seu instrumento, para emergir na prática da música em conjunto. Atualmente conta com 42 bolsistas, com idade entre 18 e 28 anos. Seus alunos têm em comum a paixão pela música e enxergam nela um futuro promissor como porta de entrada para a transformação de realidades sociais por meio da cultura.


SERVIÇO:

Orquestra Ouro Preto e Diogo Nogueira

Dia: 18 de setembro de 2021, sábado, às 20h30.

Link: https://www.youtube.com/orquestraouropreto

TV: Canais 500 e 530 (Canal Like) da Claro TV.

Classificação: Livre para todas as idades.

Informações: https://www.orquestraouropreto.com.br

==> Foto: Íris Zanetti

0 comentários:

Postar um comentário