ROBERTA CAMPOS, VIRGÍNIA ROSA E MARGARETH MENEZES SÃO NOMES DESTE FINAL DE SEMANA

A série Música #EmCasaComSesc prossegue com novas atrações, sempre às 19h, no Instagram Sesc Ao Vivo e no YouTube Sesc São Paulo . Neste final de semana, o público poderá conferir as apresentações de Virgínia Rosa no sábado, 11, em substituição à Maria Rita, e Margareth Menezes no domingo, 12. Mas antes, a programação desta semana.

Hoje é dia de curtir a inventividade artística do músico, ator e apresentador Arrigo Barnabé em show com peças de Clara Crocodilo, LP que marcou o início da Vanguarda Paulistana e que em 2020 completa 40 anos de lançamento. Para este repertório, Arrigo também selecionou algumas canções com letra de Luiz Tatit e Roberto Riberti; as valsas, como o próprio músico define, "Cidade Oculta", parceria com Eduardo Gudin e Roberto Riberti; "Londrina", de Tetê Espíndola, e "Sinhazinha em chamas", de sua autoria. O público também terá a oportunidade de ouvir uma seleção de Tubarões Voadores, o seu segundo LP, e ainda "Canção dos Vagalumes" e "Canção do Astronauta Perdido".

Sexta-feira, 10, tem a voz e o violão de Roberta Campos apresentando seus grandes sucessos autorais, como "De Janeiro a Janeiro", "Minha Felicidade" e "Abrigo", bem como releituras já consagradas em sua voz, destaque para "Casinha Branca" (Gilson e Joran) e "Quem Sabe Isso quer Dizer Amor" (Lô Borges e Márcio Borges). Seus últimos lançamentos também estão no repertório, como a releitura de "Último Romance" (Rodrigo Amarante), "Fique na Minha Vida", música de sua autoria gravada com Vitor Kley e "Vem me Buscar", outra autoral que, na gravação original, ganhou contornos dos tambores do Olodum.

Virgínia Rosa apresenta Nêga Música no sábado, dia 11, acompanhada do pianista e maestro Ogair Júnior. A cantora e atriz substitui a cantora Maria Rita, que estava previsto para esse sábado e precisou remarcar seu show pela série #EmCasaComSesc. A nova data será divulgada em breve. Neste show, Virgínia homenageia alguns dos grandes compositores negros - entre os quais, alguns que gravou em seus discos - como Itamar Assumpção, Cartola, Milton Nascimento, Luiz Melodia, Monsueto, Lupcínio Rodrigues e Chico César. No repertório Virgínia e Ogair também recriam músicas de Johnny Alf (em homenagem aos 60 anos de Bossa Nova), Ataulfo Alves, Clementina de Jesus e Dona Ivone Lara. Virgínia Rosa é uma das cantoras mais respeitadas de sua geração e, recentemente, conquistou o público e crítica também como atriz, vivendo Dona Zica no musical "Cartola" e nas novelas "Babilônia" e "Pega Pega", ambas na TV Globo.

E no domingo, 12 de junho, Margareth Menezes solta sua voz ao lado do violonista Jackson Almeida. A cantora que conquistou dois troféus Caymmi, dois troféus Imprensa, quatro troféus Dodô e Osmar, além de ser indicada para o Grammy Awards e Latino, interpreta canções da MPB, algumas raras em suas apresentações, sucessos de carreira e músicas autorais. A escolha do repertório levou em conta os temas que falam do momento atual do país, do universo feminino, da natureza e de suas próprias reflexões.

Agenda de 09 à 12 de julho, 19h
9/7, quinta: Arrigo Barnabé
10/7, sexta: Roberta Campos
11/7, sábado: Virgínia Rosa. Participação: Ogair Júnior
12/7, domingo: Margareth Menezes

+ Música #EmCasaComSesc
A programação de shows na internet do Sesc São Paulo está no ar desde 19 de abril com apresentações diárias de importantes nomes da música brasileira, nos mais variados estilos. Sempre às 19h, tem uma atração ao vivo e direto da casa do artista no Instagram Sesc Ao Vivo e no YouTube Sesc São Paulo . Até aqui, já são mais de 70 shows realizados e uma audiência de mais de 3,2 milhões de visualizações. A programação foi pensada a todos que apreciam a boa música brasileira, em tempos de isolamento social por conta do novo coronavírus e que levou ao fechamento das unidades em todo o Estado para evitar a disseminação da Covid-19.

==> Foto: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário