Livro sobre lendas brasileiras reúne grandes quadrinistas do país

Suas histórias são contadas desde muito tempo à luz de fogueiras, em meio a matas fechadas, e ao pé da cama, antes de dormir, para alertar e assustar as crianças sobre os perigos do mundo lá fora. Contos dos primeiros moradores do Brasil, que tinham uma relação íntima com as matas e seus habitantes, ou que chegaram a estas terras de navio, na memória de tantos imigrantes que aqui desembarcaram. Algumas antigas como o tempo, outras que misturam elementos antigos e modernos. Alguns deles benfazejos, outros aterrorizantes e mortais. Fantásticos, todos eles, que há séculos habitam nosso imaginário e integram a história e a cultura do país.

Essa é sinopse de Lendas, um livro arte que traz a história de 50 personagens do folclore no traço de grandes quadrinistas brasileiros da atualidade. A obra reúne, além das ilustrações, um amplo trabalho de pesquisa com informações detalhadas sobre a origem e características de cada uma dessas criaturas, que podem servir como material de consulta sobre o tema para crianças, estudantes e entusiastas do folclore brasileiro, além dos fãs de quadrinhos e de cultura pop.

Com curadoria de Ivan Costa e Joe Prado, sócios da Chiaroscuro Studios, maior empresa de agenciamento de quadrinistas do mundo, responsável pelo gerenciamento de carreira de mais de 50 artistas do Brasil e do exterior e co-realizadora da CCXP – Comic Con Experience, algumas histórias foram escolhidas de acordo com a região onde cada artista vive. Por exemplo, a lenda do "Perna Cabeluda", um símbolo da cultura recifense, recebeu os traços de Thony Silas, renomado desenhista pernambucano. Já o mito cearense "Princesa de Jericoacoara" foi desenhado por José Luís, que reside na pequena Itapipoca – CE.

O livro também conta as histórias de lendas como Boitatá, Boto, Chupa-Cabra, Cuca, Iara, entre muitas outras. A capa foi feita por Ivan Reis e Marcelo Maiolo, artistas de renome internacional.

Lendas está disponível em pré-venda desde 01 de outubro no site de financiamento coletivo Catarse (http://www.catarse.me/lendas) pelo valor mínimo de R$ 25 para a versão eletrônica e R$ 80 para a impressa em edição de luxo, com capa dura, impressão em couchê fosco 150g, no tamanho de 21 cm x 31. Os apoiadores vão receber o livro a partir de janeiro de 2019 ou retirar durante a CCXP, de 0‎6 a 09 de dezembro em São Paulo.

Também há opções de financiamento que oferecem recompensas como autógrafos dos artistas, desenhos originais e exclusivos, ingressos para a CCXP, entre outros, que podem ser parcelados em até seis vezes.

Este é o terceiro anuário da Chiaroscuro Studios, criado para apresentar trabalhos inéditos dos artistas do estúdio seguindo um tema único. As edições anteriores, de 2016 e 2017, também contaram com pré-venda pelo Catarse e figuram entre os projetos com maior arrecadação na categoria Quadrinhos da plataforma. Em uma semana, Lendas já alcançou mais de 140% da meta inicial da campanha e deve caminhar na mesma linha de sucesso dos anteriores.

Sobre a Chiaroscuro Studios:
A Chiaroscuro Studios é uma das maiores empresas de agenciamento de quadrinistas do mundo, responsável pelo gerenciamento de carreira de artistas do Brasil e do exterior. Muitas das histórias em quadrinhos recentes do Superman, Liga da Justiça, Aquaman, X-Men, Capitão América, Batman e de muitos outros ícones das hqs lidas nos EUA e no mundo todo, foram desenhadas, arte-finalizadas ou coloridas no Brasil por artistas da empresa. Juntos, eles produzem mais de 30 revistas em quadrinhos por mês e mais de 7 mil páginas por ano, publicadas por grandes editoras, como DC Comics, Marvel Comics, Image Comics, AfterShock Comics, Dark Horse, BOOM! Studios e Titan Comics entre outras, além de artes conceituais, campanhas publicitárias, design de colecionáveis e para produtos licenciados, além de vários projetos para empresas do mundo todo. A empresa também é co-fundadora e co-realizadora da CCXP Comic Con Experience e GameXP, entre outras iniciativas nas áreas cultural e de entretenimento.

==> Foto: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário