CIRCUITO BRASILEIRO: Fernanda Berti / Bárbara e Guto / Saymon vencem etapa de Vila Velha (ES)

Fernanda Berti e Bárbara levam primeiro ouro no tour nacional em Vila Velha-ES

A dupla Fernanda Berti/Bárbara Seixas (RJ) conquistou neste domingo (28.10) o título da etapa de Vila Velha (ES) do Circuito Brasileiro Open de vôlei de praia 18/19. Na decisão na Praia da Costa, a equipe comandada pelo técnico Ricardo de Freitas superou Maria Elisa e Carolina Solberg (RJ) por 2 sets a 0 (21/19, 22/20), em 50 minutos de duração.

Este foi o primeiro título da dupla no tour nacional desde o início da parceria, em setembro de 2016, além do primeiro ouro de Fernanda Berti individualmente. A medalha de bronze da etapa ficou com Juliana e Andressa (CE/PB), que mais cedo superaram Josi/Lili (SC/ES) por 2 sets a 0 (21/16, 21/17), em 45 minutos.

A medalha de ouro rende 400 pontos no ranking do Circuito Brasileiro, além de uma premiação de R$ 45 mil às campeãs. Fernanda comentou a alegria pelo primeiro título em etapas do Circuito Brasileiro e analisou a evolução da parceria com Bárbara Seixas.

“Estou muito feliz, estamos jogando juntas há dois anos, batemos na trave algumas vezes. Felizmente nos superamos nesta decisão, demos nosso coração em quadra, estou muito contente. Ainda mais por ser no final da temporada, rodamos o Circuito Mundial e é um período que o corpo está mais desgastado, então conseguir esse ouro é muito bom. Sentir que estamos evoluindo cada vez mais, dia a dia”, disse.

O técnico da dupla, Ricardo de Freitas, também comentou a vitória, elogiou a bloqueadora carioca e lembrou o foco em buscar uma vaga aos Jogos de Tóquio-2020.

“Fico feliz pela Fernanda, uma jogadora que demonstra um caráter forte, quer trilhar esse objetivo junto com a gente. Entramos em cada competição para ganhar, cada jogo para ganhar, temos o objetivo lá na frente de conquistar uma vaga aos Jogos Olímpicos. E exige muita luta, comprometimento, sacrifício. Pensamos nisso diariamente”.

Bárbara Seixas chegou ao décimo título de etapas nacionais, contando Circuito Brasileiro e SuperPraia. A carioca comentou o primeiro triunfo da dupla.

“Eu estou radiante, nosso primeiro título de Circuito Brasileiro juntas, estamos trabalhando muito, algo que chega para coroar nossa equipe. Trabalhamos muito, estamos focadas. Brinquei com a Fernanda que ela estava esperando para vencer o primeiro título nacional ao meu lado, esperamos que seja o primeiro de vários”, comemorou.

Na disputa da medalha de bronze, horas antes, Juliana e Andressa (CE/PB) levaram a melhor sobre Josi/Lili (SC/ES), vencendo por 2 sets a 0 (21/16, 21/17), em 45 minutos. Andressa, campeã mundial Sub-19, comentou o primeiro pódio da carreira no tour nacional. A paraibana completou 22 anos no último sábado e também celebrou a evolução da dupla com Juliana.

“O pódio vai ser algo inesquecível, muito prazeroso. Mas acho que o maior prazer é poder estar atuando ao lado da Juliana, uma multicampeã, vencedora de tudo. E ela disse que foi como se fosse o primeiro pódio dela, como se estivesse começando agora. Fico muito feliz em poder dar minha contribuição para que ela também esteja no pódio novamente. Esse é o caminho, dando um passo de cada vez, evoluindo de maneira constante”, analisou.

O Jogo 
Fernanda Berti/Bárbara começou abrindo três pontos de vantagem em bloqueio de Fernanda, anotando 6 a 3 no início do jogo. Mais regulares na virada de bola, as campeãs do Major de Fort Lauderdale chegaram à parada técnica vencendo por 13 a 8. Maria Elisa e Carol encaixaram bons saques e reduziram a desvantagem para dois pontos.

Os times passaram a cometer alguns erros, mas novamente Carol encontrou um bom saque e deixou a diferença em apenas um ponto: 18/19. Fernanda e Bárbara, porém, reagiram e não deixaram mais as adversárias encostarem, mantendo bons ataques e fechando o primeiro set por 21 a 19, após saque na rede de Maria Elisa.

O segundo set começou com Carolina novamente se destacando no saque, anotando 4 a 2. Bárbara entrou em ação com bons contra-ataques e a dupla empatou e virou o duelo: 7 a 6. No tempo técnico, porém, Maria/Carol vencia por 11 a 10. Em nova reviravolta, após ataque para fora de Maria Elisa, Fernanda/Bárbara abriu 14 a 12 no placar.

O duelo passou a ter várias reviravoltas. Por reclamação, Fernanda e Bárbara receberam um cartão vermelho, sofrendo um ponto. Mas elas não se desconectaram do duelo e mantiveram um ponto de frente no placar, anotando 20 a 19. Maria salvou o primeiro match point com uma boa largada. Na segunda chance, Fernanda atacou na diagonal em contra-ataque e conquistou o título da etapa de Vila Velha, fechando em 22 a 20.


Guto e Saymon vencem etapa de Vila Velha (ES) na retomada da parceria
Os campeões da etapa de Vila Velha (ES), pela segunda etapa do Circuito Brasileiro Open de vôlei de praia 2018/2019, são Guto e Saymon (RJ/MS). A equipe refeita há pouco mais de um mês superou neste domingo (28.10) o time Pedro Solberg/Bruno Schmidt (RJ/DF) por 2 sets a 0 (21/17, 21/18), em 48 minutos, na decisão do torneio masculino. O bronze em areias capixabas ficou com Ricardo e Álvaro Filho (BA/PB), também retomando parceria.

Guto e Saymon jogaram juntos entre 2014 e 2016, sendo vice-campeões brasileiros gerais naquele período e conquistando medalhas no Circuito Mundial. Após intensa troca de duplas no naipe masculino em maio deste ano, Guto ficou sem parceiro e resolveram recomeçar a história. E a reestreia foi com o pé direito, como analisou Guto.

“Temos uma sintonia e um companheirismo dentro e fora de quadra, e nosso estilo de jogo combina bem. Estamos felizes por voltar com esse time, especialmente vencendo uma etapa do Circuito Brasileiro, dentro de casa, com a torcida fazendo a festa. É diferente de jogar o Circuito Mundial, a vibração acaba sendo mais intensa, você compartilha aquele momento e a galera vai junto durante a partida”, declarou Guto.

“Fiquei bastante emocionado no pódio, foram muitas mudanças e o convite da comissão técnica do Guto me deixou muito feliz. Minha família deu todo apoio, isso faz a diferença. Preciso agradecer demais aos nossos fãs, amigos, familiares e ao Guto. Ele é um craque, fez ‘mágicas’ nesta final e contagiou a torcida”, completou o sul-mato-grossense Saymon.

É o segundo título de etapa do Circuito Brasileiro da parceria de Guto e Saymon. Na primeira passagem do time, eles haviam vencido a etapa de Brasília (DF) da temporada 2015/2016, quando superaram Alison/Bruno. A medalha de ouro rende 400 pontos no ranking do Circuito Brasileiro, além de uma premiação de R$ 45 mil aos campeões.

Na disputa do bronze, Ricardo e Álvaro Filho (BA/PB), também retomando parceria, superaram George/Averaldo (PB/TO). Triunfo por 2 sets a 1, de virada: 24/22, 12/21, 13/15, em 1h05. A dupla do baiano campeão olímpico e do paraibano foi vice-campeã mundial em 2013, terminando o ano em terceiro no ranking geral internacional. Ricardo, que tinha subido ao pódio do Open pela última vez em 2016, comemorou a boa retomada.

“Fiquei muito feliz de poder voltar ao pódio do Circuito Brasileiro. Até pelo longo tempo que passei jogando o circuito norte-americano, foram quase sete meses sem retornar ao Brasil. Nada melhor do que reeditar essa parceria com Alvinho com uma medalha, com uma resposta muito positiva. Temos muita coisa pela frente, espero que possamos formar aquele time que conquistou muita coisa no passado, estamos com muita vontade e focados no trabalho”.

O Jogo
Guto e Saymon iniciaram a partida abrindo 3 a 1, mas logo Pedro Solberg/Bruno empatou em 4 a 4.  Guto era o principal alvo dos saques adversários e não sentiu a responsabilidade. Manteve o foco, virando todas as bolas e inclusive criando contra-ataques, se destacando individualmente no início da decisão. Na parada técnica, Guto/Saymon vencia por 13 a 8.

Com dificuldades na virada de bola, Pedro Solberg/Bruno Schmidt não conseguiram reduzir a diferença. No outro lado da rede, Saymon também começou a aparecer muito bem no bloqueio e a vantagem só subiu, chegando a ser de sete pontos: 19 a 12. Entrou em ação aquele que foi eleito duas vezes o melhor atleta do mundo. Bruno brilhou e evitou vários set points até 20/17, quando Guto encerrou em ataque no fundo: 21 a 17.

O segundo set começou bem mais equilibrado, com bons saques de Bruno Schmidt e mais consciência na virada de bola do time campeão brasileiro da temporada 12/13. Na primeira parada técnica, Guto e Saymon venciam pela vantagem mínima: 11 a 10.

Pedro e Bruno Schmidt reagiram após pedido de tempo da técnica Letícia Pessoa. Um bloqueio de Pedro inflamou a torcida e, na sequência, Bruno ampliou a vantagem em contra-ataque: 18 a 16. Guto/Saymon não desistiu. O defensor carioca Guto passou a gerar contra-ataques e após belos rallys, viraram o placar para 20 a 18 em ataque para fora de Bruno. No lance seguinte, toque na rede de Pedro Solberg e final de jogo: 21 a 18 e ouro para Saymon/Guto.

Após Vila Velha (ES), o Circuito Brasileiro Open seguirá para Campo Grande (MS), de 21 a 25 de novembro. Em 2019, outras quatro etapas da temporada 18/19 serão realizadas. As datas e cidades ainda serão divulgadas pela Confederação Brasileira de Voleibol (CBV).

Além das duplas campeãs de cada etapa, também existem os campeões gerais da temporada, somando a pontuação obtida nos sete eventos. A competição distribui R$ 45 mil às duplas campeãs dos dois naipes, e todos os times na fase de grupos são premiados. Ao todo, são distribuídos quase R$ 500 mil por etapa.

VEJA A GALERIA DE FOTOS DO DIA

VEJA OS RESULTADOS DO DIA NO MASCULINO

==> Foto: Matheus Vidal / Inovafoto / CBV

0 comentários:

Postar um comentário