Terracap/BRB/Brasília Vôlei faz história e atropela o Vôlei Nestlé

Em jogo válido pela quinta rodada da Superliga Feminina, o Vôlei Nestlé não confirmou o favoritismo e perdeu para o Terracap/BRB/Brasília Vôlei por 3 sets a 0 na noite desta terça-feira (22), no Ginásio do SESI-Taguatinga. As parciais foram 25/22, 25/20 e 25/23. A melhor jogadora da partida foi Silvana, que levou o Troféu VivaVôlei.

A missão do Terracap/BRB/Brasília Vôlei era fazer um bom jogo para ganhar bagagem na competição. Com três vitórias em quatro jogos até então, o time da Capital deu uma aula contra as paulistas, favoritas ao título. Para conseguir o feito, o treinador Anderson Rodrigues escalou as ponteiras Paula Pequeno e Amanda, a levantadora Macrís Carneiro, a oposta Andréia Sforzin, as centrais Vivian e Roberta e a líbero Silvana.

O Brasília começou o primeiro set com tudo. Aproveitando bem a relação bloqueio e defesa, a equipe de Anderson abriu quatro pontos de vantagem após contra-ataque de Paula Pequeno (5/1), fazendo com que Luizomar pedisse tempo. A pausa deu certo para as paulistas, que equilibraram o jogo (8/7). Forçando o saque e aproveitando do jogo rápido de Macrís, principalmente com Andréia e Paula Pequeno, o Brasília fechou o set em 25/22.

A torcida comprou o embalo do Brasília e no retorno à quadra, a cada saque e rali disputado era um show. Com muita concentração e explorando o saque em Tandara, as brasilienses conseguiram a vantagem de cinco pontos (13/8). A experiência de Andréia e Paula, com a raça de Roberta fez com que o Brasília administrasse o set na reta final, terminando em 25/20.

O terceiro set começou mais equilibrado. Luizomar mexeu várias vezes no time, sacando Maleseviç, colocando Nati, tirando Paula e Tandara… nada funcionava para quebrar a defesa sólida do Terracap/BRB/Brasília Vôlei. Silvana buscava bolas quase impossíveis, enquanto Macrís distribuía na saída e entrada de rede, deixando as atacantes em boas condições para cravar na quadra adversária. Quando o Osasco esboçava uma reação, rapidamente as comandadas de Anderson davam a resposta, levando o set na troca de pontos até o fim, quando as donas da casa, pela primeira vez na história da Superliga, fecharam em 3 sets a 0 com a última parcial de 25/23.

Para Anderson, o confronto serviu principalmente para dar mais moral e demonstrar a evolução do grupo. “Estamos começando a construir nossa história, mas não podemos parar por aqui. Não quero que nossa equipe se dê por satisfeita por conta desse feito. O Osasco não teve uma noite boa, mas nós tivemos. História? Foi! Mas amanhã é um novo dia e precisamos continuar trabalhando”, explica o comandante.

A líbero Silvana acredita que o grupo tem evoluído bem e correspondeu com o que tem sido trabalhado no dia a dia. “Apesar da vitória por 3×0, sabemos das dificuldades que passamos, mas conseguimos obedecer às táticas do Anderson. Hoje o Osasco não jogou bem, mas nós conseguimos nos impor e fomos mais felizes”, exaltou a atleta.

Próximo compromisso
O Terracap/BRB/Brasília Vôlei desembarcará em Belo Horizonte já nesta quinta-feira (24) pela manhã. O próximo adversário será o Camponesa/Minas, na sexta às 20h. O último treino em casa será quarta-feira à tarde.

Confira os jogos do Terracap/BRB/Brasília Vôlei:
28/10 (19h30) – Pinheiros 0 x 3 Terracap/BRB/Brasília Vôlei
05/11 (18h) – Terracap/BRB/Brasília Vôlei 3 x 0 SESI-SP
9/11 (19h) – Rio do Sul 3 x 0 Terracap/BRB/Brasília Vôlei
18/11 (20h) – Fluminense 0 x 3 Terracap/BRB/Brasília Vôlei
22/11 (20h) – Terracap/BRB/Brasília Vôlei 3 x 0 Vôlei Nestlé
25/11/16 (20h) – Camponesa/Minas x Terracap/BRB/Brasília Vôlei
30/11/16 (18) – Dentil/Praia Clube x Terracap/BRB/Brasília Vôlei

==> Foto: Felipe Costa / Ponto MKT Esportivo

0 comentários:

Postar um comentário