Teoria e ação libertárias

Sociólogo e professor, Maurício Tragtenberg nasceu em 4 de novembro de 1929, no Rio Grande do Sul. Morreu precocemente aos 69 anos, em 1998. Pensador autodidata e original, fez longa carreira docente e intelectual, mas, como atestam seus livros, jamais menosprezou a militância política.

Para refletir sobre as contribuições do pensador para a crítica histórica, sociológica, política e pedagógica, a Editora Unesp destaca títulos da Coleção Maurício Tragtenberg. Composta por textos clássicos, inéditos e uma grande variedade de artigos publicados na imprensa, principalmente no jornal sindical O Batente, os textos que integram a coleção abrangem toda a obra do autor. Confira abaixo outros títulos:


Teoria e ação libertárias
Páginas: 632 | R$ 78
Este livro combina diferentes artigos tendo como mote o socialismo libertário em sua práxis nas relações entre teoria e prática. Nesta obra, o autor examina textos de Rosa Luxemburgo, Karl Marx, Enrico Malatesta, Mikhail Bakunin, Peter Kropotkin, Nestor Makhno, Diego Abad Santillan, Durruti e Pistrak, encorajando o debate indispensável entre socialismo libertário e socialismo autoritário dogmático.


Educação e burocracia
Páginas: 408 | R$ 68
Na obra, Tragtenberg discorre sobre a relação entre o trabalho e a educação, sendo o desinteresse dos alunos pela escola uma derivante da miséria cultural das famílias, muitas vezes atrelada à material. O autor ainda analisa as razões do desalento e do desprezo dos alunos, motivadores da evasão escolar. Denuncia a má qualidade do ensino, em todos os níveis, e sua inutilidade para a sua existência.


Autonomia operária
Páginas: 456 | R$ 85
O livro é uma inconfundível defesa da autonomia operária. Os textos reunidos discutem a auto-organização dos trabalhadores, seus sucessos, obstáculos e insucessos. Em uma linguagem ágil e acessível, os artigos são uma amostra da militância crítica do pensador brasileiro,que sempre teve um olhar aguçado para as mazelas do país e, em especial, para os trabalhadores da base da pirâmide social.

==> Foto: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário