Ecologia em forma de arte: livro Interações é lançado em Brasília

Compreender alguns pontos da ciência pode parecer um desafio para muitos. Foi pensando em desmistificar e, por que não, tornar acessível uma gama de temas que são essenciais à nossa existência, que surgiu a produção “Interações: sobre formigas e plantas amazônicas”, e-book que será lançado no dia 18 de agosto, às 19h, na galeria deCurators.

O projeto é uma proposta da doutora em Ecologia, Georgia Sinimbu, e das artistas plásticas Isabela Ribeiro Couto e Semíramis de Medeiros Fernandes. O livro, no formato eletrônico, surgiu do interesse em publicitar/popularizar o resultado da pesquisa realizada por Georgia, durante seu doutorado na Universidade de Utah (EUA). O texto especialmente produzido para o grande público é acompanhado de 30 pranchas de ilustração científica, desenvolvidas por Isabela e Semíramis.

Em sua pesquisa, Georgia buscou entender os processos de interações entre espécies de formigas e plantas e como essas interações contribuem para a formação de uma floresta na Amazônia. Seu foco foi nos ingás, árvores encontradas em todo o Brasil e principalmente na Amazônia. Essas árvores fornecem alimentos para animais e frutos comercializados em feiras no norte do país, além de serem usadas em práticas agroflorestais por enriquecerem o solo através da fixação de nitrogênio. Mas o mais interessante sobre os ingás, e explorado no livro eletrônico, é sua associação com formigas.

Como defesa contra insetos e animais que comem suas folhas, muitas plantas evoluíram brilhantes estratégias. Os ingás são um exemplo de estratégia de defesa na qual as plantas “contratam” formigas como “guarda-costas”. Essas interações, comumente chamadas de mutualismo, giram em torno de uma “moeda” chamada néctar (similar ao das flores), presente nas folhas dos ingás.

A novidade desse projeto, que conta com patrocínio do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal, é que o livro será disponibilizado gratuitamente pela internet em uma linguagem acessível para o público em geral. Geralmente disponibilizados em formato de artigo científico, dissertação, teses e demais pesquisas do gênero só ganham conhecimento do grande público quando trabalhadas especificamente para isso.

O livro Interações é movido pelo grande apreço e respeito pela natureza, assim como está vinculado à pesquisa científica. Seu maior objetivo é expandir a informação científica ao público, por isso, nele foram aliadas ilustrações cuidadosamente elaboradas, com uma linguagem mais coloquial, com menos termos técnicos, para facilitar o entendimento.

Sobre a Ilustração
A Ilustração Científica é reconhecida como uma área situada entre a Biologia e a Arte. Tem como intuito auxiliar biólogos a comunicar visualmente suas descobertas por desenhos ou pinturas. A exatidão, fidelidade e precisão de detalhes das imagens são características dessa área. Diferentemente da ilustração científica, a ilustração botânica é mais flexível quanto ao rigor. Mesmo que a imagem seja fiel à realidade, nem sempre está vinculada a um propósito científico.

Grandes nomes da ilustração botânica são Marianne North e Margareth Mee, inglesas que chegaram ao Brasil em 1872 e 1952, respectivamente. Apaixonadas pela exuberante natureza tropical, elas se dedicaram a ilustrar principalmente a flora brasileira, com ricas imagens sobre a diversidade ecológica do país. Ambas foram movidas pela paixão e amor à expressão artística e à natureza.

Sobre Georgia Sinimbu
Ecóloga (mestre pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia - Inpa 2010 e Ph.D. pela University of Utah, 2015) com uma grande paixão por árvores (Engenheira Florestal pela Universidade de Brasília, 2007). Reside em Portland, EUA e se empenha pela popularização do conhecimento científico em escolas, museus e galerias de arte.

Sobre Isabela Ribeiro Couto
Artista que vive e trabalha em Brasília. Formada em licenciatura e bacharelado em Artes Visuais pela Universidade de Brasília, especializada em aquarela. Participa de exposições, além de oferecer cursos de aquarela em galerias e espaços culturais de Brasília.

Sobre Semíramis de Medeiros Fernandes
Licenciada em Artes Plásticas pela Universidade de Brasília, arte-educadora e professora da Secretaria de Educação do Distrito Federal. Aproximou-se da ilustração científica por meio de curso ministrado por Isabela Ribeiro Couto.

SERVIÇO – Lançamento do Livro Interações Mutualísticas
Quando:
18 de agosto de 2016, a partir das 19h
Onde: deCurators - CLN 412 BLOCO C Loja 12
Classificação Indicativa: livre

==> Foto: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário