Teoria da relatividade de Albert Einstein completa 97 anos de comprovação

Em 29 de maio de 1919, astrônomos da Royal Astronomical Society, de Londres, e da cidade do Rio de Janeiro, em busca de comprovar a teoria da relatividade geral de Albert Einstein, publicada em 1915, foram para a cidade de Sobral, no Ceará.

Os pesquisadores se preparavam para registrar um fenômeno que trocaria o dia pela noite por alguns minutos: o eclipse total do Sol. O acontecimento reforçou a teoria proposta por Einstein ao comprovar que a matéria e a energia distorcem a malha do espaço-tempo, podendo desviar a trajetória da luz que viaja por ele. 

Para refletir sobre os 97 anos da comprovação da teoria da relatividade de Albert Einstein, a Editora Unesp destaca alguns títulos que abordam a teoria e questões fundantes da Física. 
A teoria da relatividade restritaAutor: David Bohm | 304 páginas | R$ 55
Investigada por David Bohm nestas inspiradoras e visionárias palestras, a célebre teoria da relatividade de Albert Einstein, publicada em 1905, modificou para sempre a maneira como pensamos o tempo e o espaço, assinalando uma ruptura decisiva com as concepções clássicas de Newton. No presente livro, estão expostos os conceitos trabalhados pelo autor em suas conferências sobre física teórica apresentadas no Birkbeck College, que tinham como objetivo explorar a estrutura conceitual da teoria da relatividade, ressaltando o substrato filosófico que lhe dá sustentação. 


Autores: José Guilherme Chaui-Berlink e Ricardo Alves Martins | 200 páginas | R$ 36,00
O objetivo desta obra é expor elementos habitualmente eclipsados no estudo da Termodinâmica, aspectos que podem auxiliar o não especialista a transitar de maneira mais avisada em contextos nos quais ocorram os conceitos termodinâmicos fundamentais. 

==> Foto: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário