MÁRCIO MARINHO NO CLUBE DO CHORO DE BRASÍLIA

Emoção e virtuosismo se confundem, fazem do sentimento e da técnica uma só expressão para alçar vôos tão largos quanto a criatividade permite. Para tocar tão fundo quanto a música de Márcio Marinho toca o coração.

Compositor e intérprete, Márcio revela o lado incomum do cavaquinho cinco cordas. Refinado, traz com ele a certeza do músico afinado com o seu tempo. A certeza da boa música está no CD Márcio Marinho!

TRAJETÓRIA MUSICAL

Nascido em Brasília em novembro de 1984, Márcio Marinho começou a ter aulas de cavaquinho aos 13 anos, com seu tio Ricardo Farias, o "Tio Brito". Com raro talento musical, em 1999, aos 15 anos, começou a atuar como solista do grupo “Os Novos Chorões”, integrado por Leonardo Benon, Rafael Ferraz, Rafael dos Anjos e Brito 7 Cordas. A partir de 2001, foi chamado para compor outro grupo de choro, o “Sorrindo à Toa”, também na condição de solista, o que se tornou sua especialidade. Sob o comando de Reco do Bandolim, compunham também o “Sorrindo à Toa” Leonardo Benon, Rafael dos Anjos, Henrique Neto e Otílio.

O ponto culminante desse momento, na carreira de Márcio, foi uma apresentação para o então presidente Fernando Henrique Cardoso. Integrar o Trio “Cai Dentro”, em 2003, foi o próximo passo em sua trajetória musical. A formação do trio se concretizou à partir de um convite de Hermeto Pascoal para que participassem de um show dele no Clube do Choro de Brasília. Em 2004, a convite de Reco do Bandolim, Márcio entrou no conjunto “Choro Livre” - um dos mais antigos regionais de Brasília - na função de cavaquinho base.

O “Choro Livre” sempre acompanha os artistas que se apresentam no Clube do Choro, entre eles, Dominguinhos, Hermeto Pascoal, Paulo Moura, Osvaldinho do Acordeão, Carlos Malta, Carlos Henrique Machado, Paulo Sérgio Santos, Sombrinha (ex-Fundo de Quintal), Danilo Brito e outros. Nessa época, teve início sua carreira internacional, com viagens para Argentina, Peru, Uruguai, Bolívia, México, Dubai, França, Alemanha, Tunísia, Espanha, Cuba, Canadá e Estados Unidos.

A partir de 2007, em busca de inovação, propôs a Rafael dos Anjos um projeto mais arrojado reunindo a originalidade e as idiossincrasias daqueles que formariam o quarteto “Galinha Caipira Completa”, em 2008.

Também fazem parte desse trabalho Rafael dos Santos e Hamilton Pinheiro. O projeto foi bem sucedido e recebeu, em 2009, o Prêmio Pixinguinha, patrocinado pela Funarte, que possibilitou a gravação de seu primeiro CD.

No primeiro semestre de 2009, o trabalho do “Cai Dentro” rendeu ao trio o primeiro lugar da terceira edição do concurso Projeto Furnas Geração Musical. Um dos prêmios é a gravação de um CD.

Em 2013, esteve na Feira do Livro de Frankfurt, Alemanha, que naquele ano homenageava o Brasil. Fez nove apresentações na Feira, com o grupo “Choro Livre”, além de tocar no Conservatório Goethe (Frankfurt). Em Bruxelas, na Bélgica, o “Choro Livre” também se apresentou no Royal Conservatory, para professores e alunos da instituição.

As apresentações acontecem dias 22, 23 e 24 de Junho de 2016 – quinta-feira a partir das 21:00 horas. Ingressos: R$ 15,00 (meia) e R$30,00 (inteira)

Informações: Tel.: 3224.0599. Ingressos: Clube do Choro de Brasília – SDC BLOCO “G” - Funcionamento da bilheteria: 2ª a 6ª feira: 10:00 às 22:00 horas. Sábado a partir de 19:00 as 21:30 horas, ou através do site: www.clubedochoro.com.br

O Clube do Choro de Brasília fica entre a Torre de TV, o Centro de Convenções e o Planetário.
Não recomendado para menores de 14 anos

==> Foto: Renata Samarco

0 comentários:

Postar um comentário