CIRCUITO MUNDIAL: Thiago e George ficam com a medalha de prata em Haiyang, na China

O Brasil subiu pela 22ª vez ao pódio do Circuito Mundial de vôlei de praia 2018. Thiago e George (SC/PB) conquistaram na madrugada deste domingo (22.07) a medalha de prata da etapa três estrelas de Haiyang, na China. Eles encerram a bela campanha superados na decisão pelos austríacos Seidl e Waller por 2 sets a 1 (10/21, 25/23, 15/8), em 50 minutos.

Álvaro Filho e Luciano (PB/ES), que também representaram o Brasil na etapa chinesa, acabaram na quarta colocação. Eles foram vencidos na disputa de bronze pelos chineses  Likejiang Ha e Jiaxin Wu por 2 sets a 0 (21/13, 21/13), em 41 minutos.

Horas antes, na semifinal que colocou frente a frente os times brasileiros, Thiago e George superaram Álvaro e Luciano por 2 sets a 1 (21/18, 11/21, 15/12), em 49 minutos.

É a primeira medalha em uma etapa internacional da dupla, que havia atuado junto em 2016 e retomou o time no mês passado, além de ser a primeira medalha de Thiago em etapas do tour excluindo torneios Challenger. A segunda colocação rende para Thiago e George um prêmio de cerca de R$ 30 mil, além de 540 pontos no ranking de entrada do Circuito Mundial 2018.

“Não tenho palavras para expressar minha felicidade pela conquista do segundo lugar aqui em Haiyang, na China. Só quero agradecer a todos que trabalham ou trabalharam comigo, todos têm sua parte nessa conquista. É uma medalha importante demais”, disse Thiago.

As duplas brasileiras somam agora 22 medalhas no Circuito Mundial de vôlei de praia 2018, sendo oito de ouro, 10 de prata e quatro de bronze (veja a lista completa abaixo). George também comentou a conquista da prata na etapa três estrelas de Haiyang.

“Estou muito feliz. Um resultado importante para nossa dupla, fizemos pontos importantes e toda final é sempre bem vinda. Tivemos que nos manter focados o tempo todo para poder superar o fuso horário e toda as dificuldades que existem para disputar a etapa chinesa. Thiago me ajudou muito no torneio e foi uma experiência muito boa sair com essa prata”, destacou.

O próximo desafio das duplas brasileiras no Circuito Mundial é a etapa três estrelas de Tóquio, no Japão, de 25 a 29 de julho. A etapa de Haiyang é a terceira de cinco etapas do nível três estrelas do Circuito Mundial 2018. Desde 2017, as competições são classificadas de uma a cinco estrelas de acordo com a pontuação e a premiação que oferecem aos atletas.

BRASIL NO CIRCUITO MUNDIAL 2018:
Etapa de Haia - Holanda (4 estrelas)
Maria Elisa/Carol Solberg - prata

Etapa de Fort Lauderdale - EUA (5 estrelas)
Fernanda Berti/Bárbara Seixas - ouro
Carol Horta/Taiana - prata

Etapa de Xiamen - China (4 estrelas)
Alison/Bruno Schmidt - bronze

Etapa de Huntington Beach - EUA (4 estrelas)
Fernanda Berti/Bárbara Seixas - ouro
Maria Elisa/Carol Solberg - prata
Evandro/André Stein - prata

Etapa de Itapema - Brasil (4 estrelas)
Ágatha/Duda - ouro
Evandro/André Stein - ouro

Etapa de Miguel Pereira - Brasil (1 estrela)
Vinícius/Luciano - ouro
Bernat/Harley - prata
Ramon Gomes/Álvaro Andrade - bronze
Aline/Diana - prata
Tainá/Victoria - bronze

Etapa de Nantong - China (2 estrelas)
Josi/Lili - ouro

Etapa de Nanquim - China (2 estrelas)
Josi/Lili - ouro

Etapa de Manavat - Turquia (1 estrela)
Oscar/Luciano - ouro

Etapa de Varsóvia - Polônia (4 estrelas)
Evandro/Vitor Felipe - prata
Ágatha/Duda -bronze

Etapa de Espinho – Portugal (4 estrelas)Ricardo/Guto – prata
Maria Elisa/Carol Solberg - prata

Etapa de Haiyang - China (3 estrelas)
Thiago/George - prata

==> Foto: Divulgação / FIVB

0 comentários:

Postar um comentário