Projeto Eixo do Fora celebra dez anos com vários eventos até 17 de janeiro

Criado em 2008, o projeto Eixo do Fora chega à sua quinta edição com olhar atento aos jovens talentos das artes na Capital do país. Com histórico de 10 anos, o projeto teve início sob o nome de Galeria Cohab, em formato de residência livre entre 28 artistas no Espaço Piloto da UnB, ao longo de uma semana. Ao longo do tempo, teve seu formato reformulado, adaptando-se à uma seleção não classificatória, com prêmio de valor igualitário (R$ 4000 por artista), residência artística alongada e um salão expositivo ao final da residência.

Tendo pela primeira vez o patrocínio do Fundo de Apoio à Cultura do Governo de Brasília – lugar ocupado anteriormente pela Funarte, a edição 2017 do projeto põe foco na residência artística entre os selecionados, que acontece desde à última sexta, 17 de novembro, em uma parceria com o NACO (Núcleo de Arte do Centro Oeste), na cidade de Olhos D’Água (GO), e se estende até esta sexta, 24 de novembro, sob a orientação de Aslan Cabral, artista plástico de Recife, com momentos de trocas individuais entre os curadores do projeto e os residentes.

Os artistas, 20 ao todo, foram selecionados através de chamada pública lançada no mês de outubro deste ano. São eles: Adriana Vignoli, César Becker, Gustavo Silvamaral, Ianni Luna, Jajá Rolin, João Angelini, João Trevisan, Katalina Leão, Lívia Brandão, Luara Learth, Lucas Sertifa, Ludmila Alves, Luísa Günther, Marcela Campos, Matias Mesquita, Nathasha de Albuquerque, Raísa Curty, Rodrigo D`Alcântara, Gabriel Marques e Yasmin Adorno. Os selecionados, jovens talentos brasilienses, são representantes de linguagens artísticas diversas, indo desde às artes visuais até à performance, mas têm em comum o objetivo de construir uma obra ou processo artístico ao longo da Residência para que seja apresentada na próxima etapa do projeto Eixo do Fora: um salão de arte contemporânea.

Na segunda edição do Salão, pretende-se evidenciar uma bela amostra da produção artística atual na cidade a partir da produção dos 20 artistas selecionados, sob a curadoria de Atila Regiani, Cinara Barbosa, Bia Medeiros, Gisel Carriconde Azevedo e Krishna Passos, idealizador do projeto. A exposição entra em cartaz no dia 15 de dezembro, no Museu Nacional, às 19h30, e segue até dia 14 de janeiro de 2018, com visitação de terça a domingo, das 9h às 18h30. Cada artista selecionado para a residência/salão recebe prêmio de R$ 4.000, totalizando R$ 80.000 em prêmios, e as obras expostas serão doadas, ao final, para o acervo do Museu Nacional de Brasília.

A partir de 10 de dezembro, antes mesmo da abertura do Salão, o público da capital já poderá conferir as atividades do projeto Eixo do Fora Vol. 5 nas imediações do Museu Nacional. Na programação, há espaço para debates, lançamento de catálogo, oficinas de arte, mostra de videoarte, visitas guiadas com os artistas, performances, intervenções urbanas, arte sonora, e noites de festa/shows distribuídas em uma intensa programação na qual os 20 selecionados e curadores também são participantes.

As RAs do Gama, Sobradinho II e Ceilândia também receberão oficinas entre 27 de novembro e 4 de dezembro, com alguns dos artistas participantes. De 27 a 29 de novembro, a oficina acontece no Espaço Cultural Galpãozinho (Gama); de 27 a 29, no Espaço Cultural Azulim (Sobradinho II) e de 2 a 4 de dezembro, na Casa do Cantador (Ceilândia)

Confira a programação completa do projeto em http://fora.art.br/.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

Até 24 de novembro: Residência com os 20 artistas selecionados em Olhos D’Água sob a orientação de Aslan Cabral (PE).

27 a 29 de novembro: 14h às 18h: Oficina no Espaço Cultural Galpãozinho (Gama), com Adriana Vignoli, Marcela Campos, Rodrigo Alcântara, Yasmin Adorno e Yanni Luna.

30 de novembro a 02 de dezembro: 14h às 18h: Oficina no Espaço Cultural Azulim (Sobradinho II), com Gabriel Marques, Katalina Leão, Lívia Brandão, Natasha Albuquerque e Raisa Curty.

02 a 04de dezembro: 14h às 18h: Casa do Cantador do Brasil (Ceilândia Sul), com João Angelini, João Trevisan, Lucas Sertifa, Ludmila Alves e Luisa Gunter.

10 de dezembro: 18h: Abertura no Museu Nacional
19h30: Noite de performances

11 a 16 de dezembro: Oficinas, debates, intervenções na rua, performances e festas

15 de dezembro: 19h30: Abertura do Salão Eixo do Fora, com xs artistas Adriana Vignoli, César Becker, Gustavo Silvamaral, Ianni Luna, Jajá Rolin, João Angelini, João Trevisan, Katalina Leão, Lívia Brandão, Luara Learth, Lucas Sertifa, Ludmila Alves, Luísa Günther, Marcela Campos, Matias Mesquita, Nathasha de Albuquerque, Raísa Curty, Rodrigo D`Alcântara, Gabriel Marques e Yasmin Adorno

16 de dezembro a 14 de janeiro: Terça a domingo, das 9h às 18h30: Salão Eixo do Fora (em cartaz)


SERVIÇO:

Eixo do Fora - Volume 5
RESIDÊNCIA – até 24/11, em Olhos D’Água (GO).
ATIVIDADES FORMATIVAS NAS RAs – 27/11 a 4/12, no Gama, Sobradinho II e Ceilândia.
ATIVIDADES FORMATIVAS, MOSTRAS, INTERVENÇÕES E PERFORMANCES DO EIXO DO FORA – 10 A 16/12, no Museu Nacional
SALÃO EIXO DO FORA – Abertura: 15/12, às 19h30. Visitação: 16/12 a 14/01, de terça a domingo, das 9h às 18h30

==> Foto: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário