O cantor e compositor italiano vem a Brasília para apresentação inédita

Quando o tema é música italiana, torna-se inevitável citar o nome de Peppino di Capri. E não é para menos. Há mais de 50 anos, este cantor cujo nome de batismo é Giuseppe Faiella mostra ao mundo o inesgotável poder das canções românticas de um jeito próprio e inimitável. Com a turnê “E Le Canzoni D’Amore”, o renomado artista desembarca no Brasil para poucas apresentações. Em Brasília, o show será dia 13 de maio, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. 

Nascido na Ilha de Capri em 27 de julho de 1939, Peppino di Capri entrou nas paradas de sucesso pela primeira vez em 1958, com a canção “Malatia”. Ele e seu grupo Rockers procuravam misturar a música napolitana de seu país com rock, twist, mambo, jazz e outros ritmos, dando um ar mais jovial e cativante a suas canções.

Com forte influência do roqueiro americano Buddy Holly em seus anos iniciais, Peppino começou a se tornar um mito a partir do estouro em 1963 da balada “Roberta”, feita em homenagem à sua primeira esposa. Sua versão para “Let’s Twist Again”, sucesso do americano Chubby Checker, também se tornou campeã de vendas.

Quando os Beatles foram tocar na Itália em 1965, Peppino di Capri e os Rockers foram os escolhidos para abrir os seus shows em Milão, Gênova e Roma, encarando com classe o desafio de fazer o aquecimento para os Fab Four. De quebra, Capri ainda estourou com versão em italiano de “Girl” (Lennon-McCartney).

A fama do artista aumentou ainda mais a partir do momento em que começou a participar do célebre Festival de San Remo, o mais importante da música italiana, que foi vencido por ele em 1973 com “Un Grande Amore e Niente Piu” e em 1976 com “Non Io Faccio Pio”. Em 1973, foi a vez de invadir as paradas mundiais com a balada “Champagne”, que se tornou um clássico instantâneo.

Graças ao seu romantismo e a uma presença de palco cativante, Peppino di Capri consolidou sua carreira, e em 1988 lançou o álbum “In Concerto”, gravado ao vivo no ano anterior no mitológico Royal Albert Hall, em Londres, local reservado apenas para os grandes astros da música popular e erudita.

Em 1996, fez turnê e gravou um disco ao vivo com outra lenda da música italiana, Fred Bongusto. Sempre que canta no Brasil, Peppino di Capri vê a renovação de seu público, pois os fãs mais antigos levam seus filhos, que por sua vez levam seus filhos... E assim vai. Música boa é para sempre!


SERVIÇOS:

PEPPINO DI CAPRI – “E LE CANZONI D´AMORE” 60 ANOS DE CARREIRA
DATA: 13 de Maio (sábado)
LOCAL: Centro de Convenções Ulysses Guimarães – Eixo Monumental
HORÁRIO: 21h
ACESSO AO LOCAL - A partir das 20h
 

Ingressos:
Poltrona Superior - R$ 150,00 (meia)
Poltrona Especial - R$ 200,00 (meia)
Poltrona Gold - R$ 250,00 (meia)
Poltrona Premium - R$ 350,00 (meia)
Vip Longe - R$ 2.500,00 (meia) - SOFÁ DE 4 LUGARES COM MESA DE CENTRO INCLUSO, WHISKY CHIVAS 12 ANOS, ÁGUAS DE COCO e ÁGUA MINERAL
* Meia entrada: Estudantes, professores, idosos, portadores de necessidades especiais. (sujeitos a alteração sem aviso prévio)

Formas de Pagamento: Dinheiro, débito e crédito em até 3x e parcelado em até 12x somente online.

· Assinantes do Correio Brasiliense: Desc. de 50% na compra de até 4 ingressos *inteiros, mediante apresentação do cartão (clube do assinante), somente na central de ingressos do Brasília Shopping.

Pontos de Vendasem até 3x nos cartões
De segunda a sábado das 10h às 22h, domingos e feriados 14h às 20h.
·         Brasília Shopping: Central de Ingressos – G2;
·         Liberty Mall – Térreo;
·         Pátio Brasil – 3º piso;
·         Alameda Shopping – Subsolo;
·         Boulevard Shopping;

Vendas Online: www.bilheteriadifgital.com – em até 12x no cartão.
Informações: 3364-2694 / 3248-5221

Classificação indicativa: 14 anos

==> Foto: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário