SUPERLIGA FEMININA 16/17: Rexona-Sesc supera Brasília Vôlei e mantém a invencibilidade

O Rexona-Sesc (RJ) continua como a única equipe invicta na Superliga feminina de vôlei 16/17. Em um grande jogo, a equipe carioca venceu, nesta quinta-feira (08.12), o Terracap/BRB/Brasília Vôlei (DF) por 3 sets a 1 (25/22, 14/25, 25/21 e 25/23), em 1h48 de jogo, no ginásio do Tijuca, no Rio de Janeiro (RJ). Foi a oitava vitória consecutiva da equipe do treinador Bernardinho na competição. A partida foi válida pela oitava rodada do turno.

O resultado manteve o Rexona-Sesc em primeiro lugar na classificação geral, com 24 pontos. O Terracap/BRB/Brasília Vôlei aparece em quarto lugar na classificação geral, com 18 pontos (seis vitória e duas derrotas).

A ponteira Gabi se destacou, foi eleita a melhor da partida em votação popular no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e ficou com o Troféu VivaVôlei, programa de responsabilidade social da CBV que atende crianças de 7 a 14 anos por meio de escolinhas de vôlei. A jogadora elogiou a força do grupo carioca, mas pediu a diminuição do número de erros nas próximas partidas.

"Acredito que o ponto chave de hoje foi o grande número de erros que cometemos e isso não vinha acontecendo. Nossa linha de passe não funcionou e acabou complicando, mas conseguimos nos unir dentro de quadra e mostramos a força do grupo. Isso é sempre o nosso diferencial. Hoje ficou nítido que ainda precisamos melhorar bastante, ter mais regularidade", disse Gabi, maior pontuadora do confronto ao lado de Amanda, do Terracap/BRB/Brasília Vôlei, com 18 acertos.

Pelo lado do Terracap/BRB/Brasília Vôlei, a central Vivian lamentou as oportunidades perdidas pelo time candango.

"Sabíamos que seria uma partida muito difícil. O Rexona-Sesc tem uma base muito forte e uma qualidade indiscutível. Acredito que foi um bom jogo, mas não saímos de quadra satisfeitas. Foi um jogo decidido nos detalhes e comentemos alguns erros bobos", analisou Vivian.

As duas equipes voltarão à quadra na próxima terça-feira (13.12). O Rexona-Sesc (RJ) disputará o clássico contra o Vôlei Nestlé (SP), às 21h30, no ginásio José Liberatti, em Osasco (SP). Já o Terracap/BRB/Brasília Vôlei duelará com o Renata Valinhos/Country (SP), às 20h, no Sesi Taguatinga, em Brasília (DF).

O JOGO

O Terracap/BRB/Brasília Vôlei fez o primeiro ponto da partida. O primeiro set começou disputado ponto a ponto. Bem no saque, o Rexona-Sesc abriu quatro pontos (10/6) e o treinador Anderson pediu tempo. A paralisação fez bem às visitantes que encostaram (15/14). O final da parcial foi disputado. Quando as donas da casa abriram três, o treinador Anderson voltou a parar a parcial (23/20). O Rexona-Sesc segurou a vantagem até o final e venceu o primeiro set por 25/22.

O Rexona-Sesc seguiu melhor no início do segundo set e fez 3/0. O Terracap/BRB/Brasília Vôlei cresceu de produção e virou o marcador (5/4). Numa bola de segunda da levantadora Roberta, o time carioca empatou (8/8). Bem no bloqueio e no saque, a equipe visitante abriu cinco pontos (13/8). Quando o Terracap/BRB/Brasília Vôlei fez 16/9, o treinador Bernardinho parou o jogo. O Terracap/BRB/Brasília Vôlei dominou a parcial até final e fechou o segundo set por 25/14.

O terceiro set começou equilibrado. Bem nos contra-ataques, o Rexona-Sesc fez 9/8. A parcial seguiu equilibrada até a reta final quando o time carioca abriu dois pontos (19/17). O final do set foi decidido nos detalhes. Quando o Terracap/BRB/Brasília Vôlei encostou no marcador (22/21), o treinador Bernardinho pediu tempo. A paralisação fez bem às cariocas que cresceram no bloqueio e fecharam o terceiro set por 25/21.

A quarta parcial teve seu início marcado pelo equilíbrio. Se aproveitando dos erros das cariocas, o Terracap/BRB/Brasília Vôlei abriu cinco pontos (10/5). Bem no saque e nos contra-ataques, as cariocas encostaram (15/14). Depois de três erros seguidos de ataque do time candango, o Rexona-Sesc fez 18/17 e se manteve na frente até o final da parcial fechando o set por 25/23 e o jogo por 3 sets a 1.

Outros jogos

A oitava rodada do turno terá outros cinco jogos na sexta-feira (09.12). Três partidas serão realizadas, às 19h30. O Renata Valinhos/Country (SP) receberá o Rio do Sul (SC), no Ginásio Municipal Antônio Elias, em Vinhedo (SP), o Genter Vôlei Bauru (SP) terá pela frente o Sesi-SP, no Panela de Pressão, em Bauru (SP), e o São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) duelará com o Pinheiros (SP), no Lauro Gomes, em São Caetano (SP).

Na sequência, às 20h, o Fluminense (RJ) enfrentará o Camponesa/Minas (MG), no ginásio da Hebraica, no Rio de Janeiro (RJ). Logo depois, às 21h30, no último jogo do dia, o Dentil/Praia Clube (MG) medirá forças com o Vôlei Nestlé (SP), no ginásio do Praia, em Uberlândia (MG).

EQUIPES:

Rexona-Sesc - Roberta, Monique, Anne Buijs, Gabi, Carol e Juciely. Líbero - Fabi
Entraram - Drussyla, Camilla, Helô,
Técnico - Bernardinho

Terracap/BRB/Brasília Vôlei - Macris, Andréia, Amanda, Paula Pequeno, Vivian e Roberta. Líbero - Silvana
Entrou - Bia
Técnico - Anderson

GALERIA DE FOTOS:

http://2016.cbv.com.br/midia/galeria-de-imagens/item/26669-rio-de-janeiro-rj---08.12.2016---superliga-feminina-1617---rexona-sesc-x-terracapbrbbrasilia-volei.html

SUPERLIGA FEMININA 16/17
8ª RODADA TURNO

09.12 (SEXTA-FEIRA) - Dentil/Praia Clube (MG) x Vôlei Nestlé (SP), às 21h30, no ginásio do Praia, em Uberlândia (MG) - SporTV

08.12 (QUINTA-FEIRA) - Rexona-Sesc (RJ) 3 x 1 Terracap/BRB/Brasília Vôlei (DF) (25/22, 14/25, 25/21 e 25/23), às 21h55, no ginásio do Tijuca, no Rio de Janeiro (RJ) - RedeTV

09.12 (SEXTA-FEIRA)- Renata Valinhos/Country (SP) x Rio do Sul (SC), às 19h30, no Ginásio Municipal Antônio Elias, em Vinhedo (SP)

09.12 (SEXTA-FEIRA) - Genter Vôlei Bauru (SP) x Sesi-SP, às 19h30, no Panela de Pressão, em Bauru (SP)

09.12 (SEXTA-FEIRA) - São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP) x Pinheiros (SP), às 19h30, no Lauro Gomes, em São Caetano (SP)

09.12 (SEXTA-FEIRA) - Fluminense (RJ) x Camponesa/Minas (MG), às 20h, no ginásio do Hebraica, no Rio de Janeiro (RJ)

==> Foto: Alexandre Loureiro / Inovafoto / CBV

0 comentários:

Postar um comentário