ZÉ MANOEL NO CLUBE DO CHORO DE BRASÍLIA

O jovem pianista pernambucano Zé Manoel chega de surpresa ao cenário da nova música popular brasileira.

Ele é considerado umas das grandes revelações da cena pernambucana. Consegue aliar música independente e > tradicional, sem perder a ousadia em suas interpretações.

Lançou em 2015 o elogiado disco Canção e Silêncio, com patrocínio do Natura Musical, produção musical de Carlos Eduardo Miranda e produção de bases de Kassin, que também assumiu o baixo no trio formado por ele, pelo lendário baterista Tutty Moreno e Zé Manoel.

Em seu segundo disco, dá espaço a toda a profundidade de suas composições, sem medo de arriscar em águas escuras embebidas de jazz, Chopin, Satie, Edu Lobo, Chico Buarque e uma forte dose de Dorival Caymmi, em suas letras repletas de mares, nem sempre facilmente navegáveis.

O álbum conta com arranjos do maestro baiano Letieres Leite, do pernambucano Mateus Alves e do carioca Fabio Negroni, e tem as participações especiais de Juliano Holanda (Guitarra), Pupillo (Bateria), do percussionista Johann Brehmer e da cantora pernambucana Isadora Melo.

Com lançamento no Japão pelo selo CORE PORT, Canção e Silêncio foi muito bem recebido pelo público e pela crítica, com matérias nos principais jornais nacionais e em revistas japonesas especializadas em música latina e Jazz.

Figurou entre os primeiros colocados em várias listas de melhores álbuns brasileiros de 2015, inclusive no Japão.

O lançamento do seu primeiro CD (Zé Manoel – 2012) com edição japonesa pelo selo Production Dessinee, abriu várias portas para a carreira do pianista.

Passou a integrar o casting da produtora francesa V.O. Music junto a artistas como Speranza Spaldin, Spok Frevo Orquestra, Milton Nascimento, Angelique Kdjo; participou como intérprete do álbum Beauty of The Night, do produtor alemão Meeco, junto a artistas como Eloisia (Nouvelle Vague), Joe Bataan, Jaques Morelenbaum, Freddy Cole, entre outros.

Teve duas músicas suas como parte da trilha sonora da série Louco por Elas, do diretor pernambucano João Falcão e lançou o Livro e CD infantil O Inventor do Sorriso, com o escritor Pernambucano Walther Moreira Santos, pela editora Melhoramentos.

Foi gravado pela cantora mineira Ana Carolina, em seu último trabalho (A parceria QUER SABER) e a música que dá nome ao seu segundo disco, Canção e Silêncio, integra o repertório da cantora em seu novo show “SOLO”, música que também foi gravada pelo cantor gaúcho Filipe Catto em seu novo álbum TOMADA.

O último álbum firmou o nome de Zé Manoel entre os principais compositores e artistas da chamada nova MPB.

A show de lançamento, que teve direção do premiado diretor pernambucano, João Falcão, passou pelas cidades de Salvador (Teatro SESI Rio Vermelho, Teatro Gregório de Mattos, Lalá Multiespaço), Rio de Janeiro (Teatro Solar de Botafogo e Sala Funarte no projeto Contemporâneos do site Banda Desenhada) , São Paulo (Galeria Olido, Projeto Prata da Casa – SESC Pompéia e Melhores de 2015 do mesmo projeto), Recife (Teatro de Santa Isabel) e João Pessoa (Cosmopopéia).

A apresentação acontece dia 01 de Novembro de 2016 – Terça-feira a partir das 21:00 horas. Ingressos: R$ 15,00 (meia) e R$30,00 (inteira).

Informações: Tel.: 3224.0599. Ingressos: Clube do Choro de Brasília – SDC BLOCO “G” - Funcionamento da bilheteria: 2ª a 6ª feira: 10:00 às 22:00 horas. Sábado a partir de 19:00 as 21:30 horas, ou através do site: www.clubedochoro.com.br

O Clube do Choro de Brasília fica entre a Torre de TV, o Centro de Convenções e o Planetário.
Não recomendado para menores de 14 anos

==> Foto: Bruno Vinelli

0 comentários:

Postar um comentário