No reencontro com a torcida, BRB/Brasília Vôlei vence o SESI-São Paulo em três sets

As atletas do BRB/Brasília Vôlei voltaram a jogar no ginásio do SESI-Taguatinga com o pé direito. No primeiro amistoso, realizado na noite desta quarta-feira (19), contra o SESI-São Paulo, o time da casa venceu por 3 sets a 0. As parciais foram 25/14, 25/18 e 25/21.

O BRB/Brasília Vôlei não atuava em casa desde o dia 14 de março deste ano, quando se despediu da temporada passada. Mesmo sendo amistoso, deu para sentir o clima da Superliga que se aproxima. Torcida fazendo festa, ótimos ralis e estrelas em quadra. Todos os elementos que sempre fizeram parte dos jogos do Brasília no SESI estavam no ginásio hoje.

Anderson escolheu o que considera a melhor formação para iniciar o confronto: Paula Pequeno; Amanda Campos; Macrís; Roberta; Vivian; Andréia e Silvana.

O primeiro set começou melhor para o Brasília, que abriu o placar num bloqueio de Amanda. O entrosamento de Andréia e Macrís também logo apareceu. Em duas chinas seguidas a oposta cravou (7/5). No bloqueio, Vivian e Paula davam um show. Macrís também comandou o time. Eram jogadas rápidas, com uma mão, china... para todos os gostos (17/9). O set terminou 25/14.

O segundo set também iniciou com um bloqueio solo de Andréia, levando a torcida aos gritos. Explorando bem os contra-ataques, o Brasília levava a melhor, mas o SESI-São Paulo encostou no placar (7/7). Amanda, que passava bem, atacava forte nos bloqueios duplos, levando o Brasília ao 18/14. A parcial foi fechada em 25/18.

No terceiro set as defesas melhoraram e o confronto ficou mais brigado. O SESI-São Paulo abriu três de vantagem com um bloqueio de Linda Jéssica (7/10). O placar seguiu aberto, mas na reta final o Brasília errou menos que o SESI-São Paulo e finalizou em 25/21 após ataque em diagonal de Andréia.

A vitória também foi especial para o técnico Anderson Rodrigues, que sentiu o clima dos novos torcedores, na estreia em casa como comandante, pela primeira vez. Ele fala sobre a experiência. “É sempre bom jogar em casa, mesmo sendo estreante. Comecei com um frio na barriga, é claro, mesmo sendo um amistoso, mas o público sempre espera o melhor da gente e estou feliz pela estreia”, afirma.

Sobre a partida, Macrís analisa o resultado. “Estamos na fase final de preparação. Temos que acertar bem os detalhes agora. O SESI-SP tem um time jovem, mas bem aguerrido. Devemos aprimorar mais a comunicação e a parte técnica para começar bem a superliga. Estou contente com nossa evolução”, conclui.

Próximo amistoso aberto à torcida
O último compromisso diante do SESI-São Paulo será nesta quinta-feira (20), às 14h30. Os ingressos custam R$ 10,00 e podem ser adquiridos direto na bilheteria do ginásio, das 7h às 14h30. 

==> Foto: Guilherme Zilse

0 comentários:

Postar um comentário