JOGOS OLÍMPICOS RIO 2016 - INFORMAÇÕES DE ALGUMAS COMPETIÇÕES DO DIA 07 DE AGOSTO

Seleção feminina de ginástica artística conquista vaga em quatro finais

Na véspera da estreia em Jogos Olímpicos, Flávia Saraiva não parava quieta. Sua companheira de equipe, Jade Barbosa, contou que ela corria pelos quartos destinados às ginastas, pulando de um lado para o outro sem parar. "Eu disse: 'Para, pelo amor de Deus, que eu não sei o que vou fazer com você'", comentou Jade, rindo. A energia acumulada e distribuída pelo 1,33m de Flavinha foi convertida em leveza e graciosidade sobre a trave na tarde deste domingo, 7 de agosto, garantindo para a pequena notável da ginástica artística brasileira uma vaga na final do aparelho, com nota 15.133. Ela estará também na final do individual geral, ao lado de Rebeca Andrade, que foi quase perfeita e se classificou em terceiro lugar. Mais importante, garantem elas, é que o Brasil também conseguiu seu lugar ao sol na final por equipes: ficou em quinto lugar.


Tenistas brasileiros vencem quatro jogos na chave masculina

Após 16 anos, o Brasil voltou a vencer uma partida na chave de simples nos Jogos Olímpicos. E, de quebra, foram duas vitórias de uma só vez. Na quadra central, Thomaz Bellucci perdia o jogo para Dustin Brown, quando o alemão torceu o pé esquerdo e abandonou a partida. Agora, o tenista brasileiro terá pela frente o uruguaio Pablo Cuevas.

Sofrendo com o forte vento, Bellucci começou mal a partida neste domingo e viu o adversário abrir 3 a 0. O brasileiro ainda devolveu uma das quebras de saque, mas perdeu o primeiro set por 6/4. No segundo, quando o placar apontava 5/4 para Bellucci, Brown se lesionou e abandonou a partida.


Hugo Calderano derrota número 15 do mundo e avança às oitavas

Hugo Calderano havia acabado de nascer quando seu xará Hoyama alcançou as oitavas de final em Atlanta 1996. Passados vinte anos, o jovem mesatenista brasileiro voltou a colocar o Time Brasil entre os 16 melhores jogadores da competição e igualou o melhor resultado obtido pelo país em um torneio olímpico da modalidade.

Na noite deste domingo, 7 de agosto, Calderano conquistou uma classificação heroica ao derrotar Tang Peng (Hong Kong), 15° colocado no ranking mundial, por 4 sets a 2: 8/11, 14/12, 11/7, 4/11, 12/10 e 11/7. Na segunda e na quinta parciais, o brasileiro chegou a estar a um ponto da derrota, mas mostrou poder de concentração.

Agora, o mesatenista vai descansar e estudar o próximo adversário. Jun Mizutani (Japão), 6° do mundo, será seu adversário nesta segunda-feira, às 17h (horário de Brasília). Os dois já se enfrentaram no Mundial de 2015, e o japonês levou a melhor.


Rosane Santos obtém resultado histórico para o Brasil no levantamento de peso

Assim como no ciclismo, o levantamento de peso brasileiro registrou neste domingo, 7 de agosto, seu melhor resultado na história dos Jogos Olímpicos. Rosane Santos, da categoria até 53kg, levantou 193kg na soma das provas de arranco e arremesso, alcançando o quinto lugar. Após a competição, a atleta fez uma análise de seu desempenho:

No próximo dia 12, o Brasil volta ao Pavilhão 2 do Riocentro com Welisson Rosa, na categoria até 85kg, e Jaqueline Ferreira, até 75kg. Jaqueline, por sinal, era quem detinha o melhor resultado brasileiro nos Jogos: oitavo lugar em Londres 2012.

Em 15 de agosto, é a vez de Mateus Filipe, na categoria até 105kg; e Fernando Reis, entre os acima de 105kg, encerra a participação brasileira nos Jogos Olímpicos no dia 16.

==> Foto: Alaor Filho; Alexandre Loureiro; Washington Alves; e, Flavio Florido / Exemplus / COB

0 comentários:

Postar um comentário