Brasília Futebol Clube vence o Formosa (GO)

O Brasília Futebol Clube (BFC) foi até a cidade goiana de Formosa, na tarde deste domingo de Páscoa (27/03), e venceu os donos da casa por 1 x 0, pela 10ª rodada do Campeonato Candango 2016. Com o resultado, o Avião do Cerrado praticamente garantiu a vaga nas quartas de final, com 13 pontos conquistados e na 6ª colocação.

Para alcançar o triunfo, o time comandado pelo técnico Gauchinho se apresentou no estádio Diogão com Artur; Dedê, André, Neto Gaúcho e Kleber; Pedro Ayub (Werick), Murilo (Daniel Vargas), Baiano e Santos; Willian (Gilmar) e Giba. Com a vitória, Gauchinho, que fez sua segunda partida à frente do BFC, alcançou a 8ª partida sem perder no campeonato deste ano (seis pelo Paracatu, sua equipe anterior, e dois pelo Brasília).

– Os jogadores foram guerreiros em campo. Superaram o cansaço físico, a pressão, venceram o jogo e agora a gente dá um passo à frente com a classificação, comemora o técnico vencedor.

O confronto começou bastante truncado, com as equipes amarradas mais no meio de campo e os sistemas defensivos funcionando muito bem. Desta forma, o BFC teve boa oportunidade aos 15 minutos, quando Baiano viu o goleiro rival adiantado e tentou fazer o gol em uma falta no círculo central. A bola passou raspando a meta adversária, mas saiu pela linha de fundo.

O Brasília chegou ao gol de abertura do placar aos 25 minutos. Em uma inversão de papéis, o centroavante Giba lançou em profundidade para Willian. O camisa 11 invadiu a área e deslocou o arqueiro rival, empurrando para o barbante: 1 x 0 no marcador.

Com 37 minutos de bola rolando, Willian utilizou sua arma principal. O atacante partiu com a bola dominada nos pés, avançou até a linha de fundo e tocou para Baiano no interior da área. No entanto, no momento do arremate a defesa chegou dividindo com o meia colorado, afastando o perigo da meta goiana. O primeiro tempo ficou assim: 1X0 e Brasília parcialmente tranquilo na tabela, provisoriamente em 6º colocado.

O BFC recomeçou o embate levando um enorme susto. O equatoriano Fabry Caicedo, que acabara de entrar, concluiu acertando a trave direita de Artur. Porém, o time de Gauchinho não se abateu e foi para cima, na tentativa de ampliar. No entanto, um dos destaques do BFC no duelo, Pedro Ayub, acusou cansaço e deixou o campo. Werick entrou na sua vaga.

Na sequência, foi a vez do meia Gilmar sair do banco de reservas e adentrar o gramado do Diogão, em substituição a Willian, outra boa peça do BFC na partida. Para terminar as trocas, Gauchinho queimou seu último cartucho aos 30 minutos. Ele sacou Murilo, que estava com cartão amarelo e promoveu a entrada de Daniel Vargas na linha de contenção.

Daí em diante o Colorado apenas administrou o resultado de 1X0 para fechar a rodada na 6ª posição da tabela de classificação.

– O segundo tempo trouxe toda a carga do jogo da última quarta-feira. Aybe, Morilo e Willian saíram sentindo câimbras. Os outros dois volantes – que não estão acostumados a jogar juntos – entraram muito bem. O Gilmar fez bem a função do Willian. A gente abriu mão um pouco do jogo nos últimos 30 minutos, mas seguramos a vitória e demos um passo rumo à classificação, explicou o técnico.

O último compromisso do Brasília pela fase classificatória do Candangão 2016 será no próximo dia 2 de abril, contra o Planaltina-GO. A partida está marcada para o Estádio Nacional Mané Garrincha. Porém, o local do duelo pode ser alterado, conforme a necessidade de logística dos campos disponíveis no DF.

==> Foto: Ricardo Botelho

0 comentários:

Postar um comentário