Margaret Boden explora panorama histórico e perspectivas da inteligência artificial

A inteligência artificial (IA) permeia nossas vidas de tal maneira que não nos damos conta de sua presença: nos computadores de carros com ou sem motorista, nos filmes animados de Hollywood que assistimos, dentro de casas cheias de recursos tecnológicos ou em um celular com GPS ou mesmo nos robôs e sondas que exploram a Lua ou Marte. Esse novo passo da humanidade trouxe desafios e inquietações que permanecem até hoje. Em busca de enfrentar a ampla gama de dúvidas acerca da IA, uma das mais conhecidas pesquisadoras da área, Margaret A. Boden, traz a lume seu Inteligência artificial: uma brevíssima introdução, lançamento da Editora Unesp. 

“A inteligência artificial (IA) procura preparar os computadores para fazer o tipo de coisas que a mente é capaz de fazer. Algumas dessas coisas (como o raciocínio) são definidas normalmente como ‘inteligentes’, escreve Boden. “Outras (a visão, por exemplo), não. Mas todas envolvem habilidades psicológicas – percepção, associação, previsão, planejamento, controle motor – que permitem que os seres humanos e os animais alcancem seus objetivos. A inteligência não é uma dimensão única, mas um espaço ricamente estruturado com diferentes habilidades de processar informação. Consequentemente, a IA utiliza muitas técnicas diferentes.”

Ao longo de sete capítulos ricos e profundos, Boden explora essas técnicas e tarefas da inteligência artificial, desde seus primórdios até os próximos passos que daremos: do que representam linguagem, criatividade e emoção, passando por redes neurais artificiais, robôs, vida artificial e, até mesmo, a singularidade dos seres humanos.

“A IA permitiu, em especial, que psicólogos e neurocientistas desenvolvessem teorias convincentes a respeito da mente-cérebro. Entre elas estão os modelos de como o cérebro físico trabalha, e – uma questão diferente, mas igualmente importante – o que exatamente o cérebro faz: a que perguntas computacionais (psicológicas) ele responde e que tipo de processamento de informação permite que ele faça o que faz”, pontua. Muitas perguntas continuam sem resposta, pois a própria IA ensina que a mente humana é muito mais rica do que os psicólogos tinham imaginado anteriormente.

Sobre a autora - Margaret A. Boden é Full Professor em Ciências Cognitivas na Universidade de Sussex e uma das figuras mais conhecidas no campo da Inteligência Artificial. Ela escreveu extensivamente sobre o assunto, com destaque para a obra Mind as Machine: A History of Cognitive Science (2006). É membro da Academia Britânica e da Academia Europeia. Em 2001, foi condecorada com a Ordem do Império Britânico por suas contribuições à ciência cognitiva.

TítuloInteligência artificial: uma brevíssima introdução
Autor
: Margaret A. Boden
Tradução: Fernando Santos
Número de páginas: 256
Formato: 14 x 21 cm
Preço: R$ 52,00
ISBN: 978-65-5711-009-6

==> Foto: Divulgação

2 comentários:

Amna Khan disse...

In today era Artificial Intelligence (AI) is one most trending thing, We can see artificial Intelligence everywhere in Education sector int he business sector, In our daily routine, etc. artificial Intelligence helps the humans to work efficiently and quickly So, we can say that, with out AI and technology we to have faced lots of issues and problems. Regards: Thesis Writing Service in Karachi

Dalton Jendiroba disse...

Obrigado Amna Khan, por seu comentário!

Postar um comentário