Stock Car: com vitórias de Baptista e Serra, Ramos é o novo líder do campeonato

Foi um final de semana cheio de marcos memoráveis. No sábado, antes de vencer a quinta etapa, Thiago Camilo quebrou o tabu pessoal de nunca ter obtido uma pole em Cascavel, única pista que faltava em seu currículo. Já neste domingo, Bruno Baptista registrou a sua primeira pole position da carreira na Stock Car, para depois também vencer uma das duas provas que compuseram a sexta etapa. E o atual campeão Daniel Serra quebrou um jejum de quase um ano e meio sem vencer ao cruzar no primeiro lugar a linha de chegada da segunda e última corrida do domingo – sua vitória mais recente havia acontecido na primeira etapa de 2019, disputada em abril. Serra, aliás, foi o nome das três provas do final de semana, já que com seu Chevrolet Cruze foi o maior pontuador do encontro. Mas brilhou forte também a estrela de Cesar Ramos, que mesmo sem vencer assumiu a liderança do campeonato.
 
Ramos agora lidera com 146 pontos. O segundo colocado é Ricardo Zonta (132), com Thiago Camilo e Ricardo Maurício empatados no terceiro lugar, com 130 pontos. Rubens Barrichello, que chegou líder a Cascavel, agora é o quinto colocado (126). Depois de um início de temporada fora do forte padrão de seu tricampeonato, Daniel Serra somente agora começa a encostar nos líderes e soma 119 pontos na sexta posição.
 
As provas de Cascavel foram o maior teste do ano até o momento para pilotos, equipes e também para o Toyota Corolla e o Chevrolet Cruze. Com temperaturas ambientes na casa dos 38 graus e perto de 50 graus no asfalto, a performance e a resistência de todos foram exigidas ao máximo.
 
“A estratégia da nossa equipe foi toda voltada para a primeira corrida. Mesmo assim, não foi nada fácil conquistar a pole e a vitória. O mínimo de erro numa volta na pista ou no reabastecimento e troca de pneus no box seria o suficiente para não vencer. Felizmente, a equipe trabalhou muito bem e eu consegui a vitória aqui em Cascavel”, explicou Bruno Baptista, que agora soma duas vitórias na Stock, já que foi o melhor em uma das provas que a categoria disputou no Velocitta, em 2019.
 
Desempenho aprimorado - Mais eficiente piloto do final de semana, Daniel Serra comemorou o resultado mas ressalvou que o desempenho ainda pode ser aprimorado: "Acabou bem o final de semana, mas não podemos esquecer os pontos que temos que a melhorar. A classificação não foi muito boa. Mas, foi positivo sair de um décimo oitavo lugar na classificação para (a condição de) maior pontuador do final de semana. Isso mostra o espirito da equipe, que a gente sabe onde quer chegar e vamos trabalhar pra chegar lá", resumiu.
 
O novo líder Cesar Ramos também elogiou a capacidade de reação de sua equipe. “Sair líder depois da nona corrida entre 18 a serem disputadas, exatamente a metade do campeonato, mostra que estamos realmente fortes. Não é à toa que a gente está nesta posição”, comentou ele. Sobre a briga entre as duas marcas, ele pontuou o crescimento dos Cruze na competição. “Se a gente for ver, as duas poles do final de semana foram dos Corolla, mas tivemos mais Chevrolets no top-10 do que os Toyota. Está bem parelho, mas a gente está confiante que tem um carro bom na mão e continuará tendo nas outras pistas”, avaliou.
 
O encontro deste final de semana potencialmente poderia conceder um recorde máximo de 84 pontos para quem vencesse as três provas. E Daniel Serra levou seu Cruze a registrar nada menos que 61 (ou 72,6% do total). O segundo melhor pontuador foi Thiago Camilo (Toyota Corolla, 52 pontos), com Cesar Ramos (Toyota Corolla, 49) e Átila Abreu (Chevrolet Cruze, 41) a seguir. Considerando apenas as duas corridas da sexta etapa, disputadas neste domingo, Serra também foi o melhor, somando 35 pontos, contra 33 de Gabriel Casagrande (Chevrolet Cruze) e Cesar Ramos, 32.
 
As próximas etapas das Stock Car serão disputadas nos dias 17 e 18 de outubro, no autódromo do Velocitta, em Mogi Guaçu (SP). Confira os resultados e estatísticas do final de semana:

Classificação do campeonato
1º - Cesar Ramos - 146 pontos
2º - Ricardo Zonta - 132
3º - Thiago Camilo - 130
4º - Ricardo Maurício - 130
5º - Rubens Barrichello - 126
6º - Daniel Serra - 119
7º - Átila Abreu - 116
8º - Rafael Suzuki - 104
9º - Allam Khodair - 103
10º - Nelsinho Piquet - 99
11º - Gabriel Casagrande - 93
12º - Bruno Baptista - 91
13º - Denis Navarro - 80
14º - Julio Campos - 70
15º - Cacá Bueno - 69
16º - Diego Nunes - 67
17º - Galid Osman - 57
18º - Guilherme Salas - 57
19º - Lucas Foresti - 52
20º - Gaetano di Mauro - 52
21º - Matías Rossi - 45
22º - Pedro Cardoso - 35
23º - Marcos Gomes - 27
24º - Tuca Antoniazzi - 24
25º - Vitor Genz - 11
26º - Vitor Baptista – 8

Maiores pontuadores na soma das três provas em Cascavel
1º - Daniel Serra - 61 pontos
2º - Thiago Camilo - 52
3º - Cesar Ramos - 49
4º - Átila Abreu - 41
5º - Denis Navarro - 36
6º - Allam Khodair - 35
7º - Gabriel Casagrande - 33
8º - Ricardo Zonta - 32
9º - Rafael Suzuki - 32
10º - Bruno Baptista – 32

Maiores pontuadores da sexta etapa (duas provas deste domingo)
1º - Daniel Serra – 35 pontos
2º - Gabriel Casagrande - 33
3º - Cesar Ramos - 32
4º - Bruno Baptista - 30
5º - Denis Navarro - 27
6º - Átila Abreu - 26
7º - Diego Nunes - 26
8º - Julio Campos - 26
9º - Thiago Camilo - 22
10º - Ricardo Zonta – 20

Quinta etapa da Stock Car, em Cascavel:
1º - Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Toyota Corolla) - 34 voltas
2º - Daniel Serra (Eurofarma RC/Chevrolet Cruze) - a 2s245tta
3º - Allam Khodair (Blau Motorsport/Chevrolet Cruze) - a 3s085
4º - Ricardo Maurício (Eurofarma RC/Chevrolet Cruze) - a 11s621
5º - Cesar Ramos (Ipiranga Racing/Toyota Corolla) - a 14s191
6º - Átila Abreu (Shell V-Power/Chevrolet Cruze) - a 17s443
7º - Rubens Barrichello (Full Time Sports/Toyota Corolla) - a 19s267
8º - Rafael Suzuki (Full Time Bassani/Toyota Corolla) - a 20s606
9º - Ricardo Zonta (RCM Motorsport/Toyota Corolla) - a 21s386
10º - Matías Rossi (Full Time Sports/Toyota Corolla) - a 23s585
11º - Galid Osman (Shell V-Power/Chevrolet Cruze) - a 32s101
12º - Pedro Cardoso (R. Mattheis/Chevrolet Cruze) - a 33s957
13º - Denis Navarro (Cavaleiro Sports/Chevrolet Cruze) - a 34s302
14º - Marcos Gomes (Cavaleiro Sports/Chevrolet Cruze) - a 37s017
15º - Guilherme Salas (KTF Sports/Chevrolet Cruze) - a 40s491
16º - Diego Nunes (Blau Motorsport/Chevrolet Cruze) - a 46s047
17º - Lucas Foresti (Vogel Motorsports/Chevrolet Cruze) - a 1 volta
18º - Tuca Antoniazi (Hot Car Competições/Chevrolet Cruze) - a 1 volta
19º - Gaetano di Mauro (Vogel Motorsport/Chevrolet Cruze) - a 1 volta
20º - Bruno Baptista (RCM Motorsport/Toyota Corolla) - a 8 voltas

1ª Corrida da 6ª etapa em Cascavel:
1º - Bruno Baptista (RCM Motorsport/Toyota Corolla) - 28 voltas
2º - Diego Nunes (Blau Motorsport/Chevrolet Cruze) - a 4s024
3º - Julio Campos (Crown Racing/Chevrolet Cruze) - a 9s456
4º - Cesar Ramos (Ipiranga Racing/Toyota Corolla) - a 10s991
5º - Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Toyota Corolla) - a 15s344
6º - Gabriel Casagrande (R. Mattheis/Chevrolet Cruze) - a 17s604
7º - Átila Abreu (Shell V-Power/Chevrolet Cruze) - a 18s324
8º - Denis Navarro (Cavaleiro Sports/Chevrolet Cruze) - a 19s286
9º - Guilherme Salas (KTF Sports/Chevrolet Cruze) - a 22s502
10º - Daniel Serra (Eurofarma RC/Chevrolet Cruze) - a 22s642
11º - Allam Khodair (Blau Motorsport/Chevrolet Cruze) - a 22s805
12º - Lucas Foresti (Vogel Motorsport/Chevrolet Cruze) - a 24s683
13º - Marcos Gomes (Cavaleiro Sports/Chevrolet Cruze) - a 36s655
14º - Rubens Barrichello (Full Time Sports/Toyota Corolla) - a 1 volta
15º - Tuca Antoniazi (Hot Car Competições/Chevrolet Cruze) - a 1 volta
16º - Galid Osman (Shell V-Power/Chevrolet Cruze) - a 1 volta
17º - Rafael Suzuki (Full Time Bassani/Toyota Corolla) - a 2 voltas
18º - Cacá Bueno (Crown Racing/Chevrolet Cruze) - a 5 voltas
19º - Ricardo Maurício (Eurofarma RC/Chevrolet Cruze) - a 5 voltas

2ª Corrida da 6ª etapa em Cascavel
1º - Daniel Serra (Eurofarma RC/Chevrolet Cruze) - 26 voltas
2º - Ricardo Zonta (RCM Motorsport/Toyota Corolla) - a 0s400
3º - Gabriel Casagrande (R. Mattheis/Chevrolet Cruze) - a 5s193
4º - Gaetano di Mauro (Vogel Motorsports/Chevrolet Cruze) - a 6s800
5º - Nelsinho Piquet (Full Time Bassani/Toyota Corolla) - a 11s194
6º - Rafael Suzuki (Full Time Bassani/Toyota Corolla) - a 11s690
7º - Denis Navarro (Cavaleiro Sports/Chevrolet Cruze) - a 13s076
8º - Cesar Ramos (Ipiranga Racing/Toyota Corolla) - a 13s351
9º - Átila Abreu (Shell V-Power/Chevrolet Cruze) - a 13s699
10º - Matías Rossi (Full Time Sports/Toyota Corolla) - a 14s040
11º - Ricardo Maurício (Eurofarma RC/Chevrolet Cruze) - a 14s452
12º - Galid Osman (Shell V-Power/Chevrolet Cruze) - a 14s802
13º - Cacá Bueno (Crown Racing/Chevrolet Cruze) - a 15s075
14º - Lucas Foresti (Vogel Motorsport/Chevrolet Cruze) - a 18s713
15º - Guilherme Salas (KTF Sports/Chevrolet Cruze) - a 19s073
16º - Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Toyota Corolla) - a 20s338
17º - Julio Campos (Crown Racing/Chevrolet Cruze) - a 20s877
18º - Allam Khodair (Blau Motorsport/Chevrolet Cruze) - a 24s121
19º - Marcos Gomes (Cavaleiro Sports/Chevrolet Cruze) - a 34s557
20º - Tuca Antoniazi (Hot Car Competições/Chevrolet Cruze) - a 43s113
21º - Rubens Barrichello (Full Time Sports/Toyota Corolla) - aa 2 voltas

Vencedores em Cascavel ainda em atividade:
1 – Marcos Gomes, 3 vitórias
2 – Rubens Barrichello e Átila Abreu, Thiago Camilo, 2
6 – Vitor Genz e Cacá Bueno, Bruno Baptista e Daniel Serra, 1

Vencedores das etapas realizadas pela Stock em 2020:
Goiânia: Ricardo Zonta e Rubens Barrichello
São Paulo: Nelsinho Piquet e Ricardo Zonta
Londrina: Rafael Suzuki e Ricardo Maurício
Cascavel: Thiago Camilo, Bruno Baptista e Daniel Serra

==> Foto: Duda Bairros / Stock Car

0 comentários:

Postar um comentário