Sylvia Thereza abre a programação do Sextas Musicais da Casa Thomas Jefferson

O som do piano de Sylvia Thereza ecoa na abertura da programação do projeto Sextas Musicais. Elogiada pela crítica especializada e pelo público mundo afora, desde os seis anos de idade a pianista se apresenta como solista, camerista e recitalista na Europa, Ásia, nas Américas e no Oriente Médio. O concerto de Sylvia Thereza será dia 6 de marçoàs 20h, no Casa Thomas Jefferson Hall - SEP-Sul 706/906A entrada é franca. Do programa constarão peças de Beethoven e Schumann.

Sylvia Thereza iniciou os estudos musicais ainda na infância, no Rio de Janeiro, com renomados mestres do piano da América Latina. Nos EUA, se destacou e recebeu patrocínio para estudar com a pianista russa Bella Davidovich, em Nova York. Na Europa, fez mestrado na Universidade de Leuven, na Bélgica. A brasileira foi laureada na edição Martha Argerich do prestigiado Concurso Internacional de Piano em Vigo, Espanha, com a presença de Martha Argerich, Nelson Freire, Tamas Vasary e Sergio Tiempo no júri.  Também venceu o concurso Nelson Freire, no Rio de Janeiro, dentre outros. Sylvia participa, regularmente, de renomados festivais de música e prestigiosas orquestras em todo o mundo. Cultiva um forte entusiasmo pela música de câmara em colaborações, frequentes, com reconhecidos intérpretes internacionais.

A forma de Sylvia Thereza viver a arte tem conduzido a pianista a comunidades em condições extremas de risco e necessidade no mundo. No Brasil, desenvolveu um projeto pioneiro que introduziu a música clássica para milhares de crianças em situação de vulnerabilidade social, com o apoio do Ministério da Cultura e a parceria de artistas famosos. Com uma metodologia especial que une a filosofia, experimentação musical e resiliência na arte, evocou a visão artística de Villa-Lobos, Kodály e Gramani. Sua abordagem a aproximou da pianista Maria João Pires, que acolheu a pianista, ensinou e dividiu com ela o palco em inúmeros países em todo o mundo. Também foi de Maria João Pires que partiu o convite para Sylvia ser professora na Queen Elisabeth Music Chapel, na Bélgica, onde, também, foi uma das fundadoras da Uaná – Associação For Arts – uma organização que reúne grandes nomes para levar a música às crianças portadoras de necessidades especiais e em situação de vulnerabilidade social por meio da educação musical, concertos e gravações.  


SERVIÇO:

Projeto Sextas Musicais – Sylvia Thereza
Local: CTJ Hall – Casa Thomas Jefferson – Asa Sul (SEPS 706/906)
Data: Sexta-feira, 6 de março, 20h
Classificação indicativa: Livre
Entrada gratuita

==> Foto: Arquivo Pessoal

0 comentários:

Postar um comentário