SUPERCOPA FEMININA: Dentil/Praia Clube vence Itambé/Minas e é bicampeão

O Dentil/Praia Clube (MG) é bicampeão da Supercopa. Nesta sexta-feira (01.11), o time do treinador Paulo Coco venceu o rival mineiro Itambé/Minas (MG) na decisão por 3 sets a 0 (25/22, 25/22 e 25/19), em 1h26 de jogo, no ginásio do Sabiazinho, em Uberlândia (MG).

A ponteira Pri Daroit foi a maior pontuadora do confronto, com 14 acertos. A central Walewska, com 13, e a oposta Martinez, com 11, também se destacaram na partida. Pelo lado do Itambé/Minas, destaque para a central Carol Gattaz, com 13 acertos.

Ao final do duelo, a atacante Priscila Daroit falou sobre seu retorno ao time de Uberlândia (MG) e comemorou a conquista diante da torcida.

“Estou muito feliz de ter voltado ao Dentil/Praia Clube. Tinha o sonho de retornar para essa equipe. Todo o time está de parabéns. Sabíamos da dificuldade desse jogo. Estávamos com alguns desfalques importantes, mas mostramos que somos uma equipe forte. Independentemente de quem jogar não podemos deixar o ritmo cair. Fizemos um bom jogo apesar de termos oscilado em alguns momentos”, disse Priscila Daroit.

Outro destaque da partida, a central Walewska, capitã do Dentil/Praia Clube, também mostrou felicidade com o título da Supercopa.

“É muito bom começar uma temporada com vitória, mas o caminho é longo. Temos que pensar na frente e esse foi um dos campeonatos que vamos participar, por isso precisamos manter os pés no chão. Ainda temos muito o que melhorar. Temos algumas jogadoras machucadas e vamos precisar recuperá-las. Essa é uma temporada longa e todas as jogadoras serão importantes”, afirmou Walewska.

O treinador Paulo Coco falou sobre a versatilidade do time de Uberlândia e ressaltou o lado positivo de começar a temporada com uma conquista.

“Conseguimos manter um padrão, mantemos o título em Uberlândia e começamos a temporada com o pé direito. Temos um calendário extenso e como o nosso grupo é qualificado podemos testar diferentes formações. Vamos sempre analisar quais jogadoras estão nas melhores condições físicas e técnicas para termos as jogadoras inteiras durante a temporada”, garantiu Paulo Coco.

O Dentil/Praia Clube não contou com a oposta Monique, a central Carol e a líbero Suelen, lesionadas. Já o Itambé/Minas não teve a disposição a ponteira Acosta com uma lesão na panturrilha direita.

No Itambé/Minas, a levantadora Macris lamentou a derrota e comentou sobre o pouco tempo de treinamento do grupo de Belo Horizonte (MG).

“A nossa equipe precisa encontrar uma identidade e isso, infelizmente, demanda tempo, coisa que a gente não teve ainda. É algo que a gente precisa construir, tem que trabalhar forte no dia a dia. Os dois times se conhecem muito, apesar que estão com montagens diferentes. Então, além de a gente ter que melhorar individualmente, precisamos encontrar a nossa identidade e sermos mais agressivas para não sobrecarregar alguma jogadora e também fazer com que todo mundo jogue junto. Então, é ter paciência”, analisou Macris.

A Supercopa promove o duelo entre os atuais campeões da Superliga e da Copa Brasil. Como o Itambé/Minas foi campeão de ambas competições, o adversário da Supercopa foi o Dentil/Praia Clube, que disputou as duas decisões contra o time de Belo Horizonte (MG) na última temporada.

EQUIPES:
DENTIL/PRAIA CLUBE – Ananda, Martinez, Fernanda Garay, Pri Daroit, Walewska e Fran. Líbero – Laís
Entraram – Claudinha, Fawcett, Angélica,
Técnico – Paulo Coco

ITAMBÉ/MINAS – Macris, Bruna, Deja, Kasiely, Carol Gattaz e Thaisa. Líbero – Léia
Entraram – Lana, Sheilla, Bruninha,
Técnico – Nicola Negro

GALERIA DE FOTOS:

==> Foto: Daniel Nunes

0 comentários:

Postar um comentário