Brasília Samba Jazz une músicos de Brasília em um resgate de canções das décadas de 50 e 60

Foi lá nos anos 50 que o Samba buscou influências no Jazz norte-americano e o nosso sotaque se misturou com improviso e a pegada jazzística. Uma mistura linda que a gente chama de Samba Jazz. O Brasília Samba Jazz, projeto idealizado pelo baterista Sandro Souza, resgata arranjos e timbres de canções brasileiras gravadas na década de 50 e 60. Vai de Milton Banana, Moacir Santos, Zimbo Trio, Meirelles e os Copa 5 até Elza Soares. O clima é de frescor de memórias, trazendo leveza e inspiração.

Nesta sexta (30 de agosto) a Cervejaria Criolina recebe o encontro de Sandro Souza (Bateria), Iara Gomes (Piano), Oswaldo Amorim (Contrabaixo), Daniel Rodrigues (Trombone), Lívio Almeida (Sax), Marcos Santos (Trompete). A noite ainda conta com as participações especiais de Leonel Laterza e Ana Beatriz. Nos intervalos tem discotecagem em vinil com o DJ Wash. O VJ Nibêra comanda as imagens.


SERVIÇO:

Jazz no Porão e Cervejaria Criolina apresentam Brasília Samba Jazz 
30 de agosto de 2019 (sexta)
Local: Cervejaria Criolina
Abertura da casa: 20:00
Show: 22:30
Ingressos: R$ 25,00 (antecipados) e R$ 30,00 (na hora)
Ingressos antecipados: www.sympla.com.br/brasilia-samba-jazz__600693
Sujeito à lotação
Classificação: 18 anos
Aniversariantes do dia têm entrada gratuita

==> Foto: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário