NBB CAIXA - Flamengo empata série com Franca e força Jogo 5 das Finais

O título do NBB CAIXA 2018/2019 será decidido no Jogo 5. Na tarde deste sábado, diante de 5.792 torcedores, o Flamengo venceu a quarta partida contra o Sesi Franca Basquete, por 76 a 62, e empatou a série em 2 a 2.

Agora, a decisão do mais novo campeão nacional será no próximo sábado (08/06), no Ginásio Pedrocão, às 14h30, com transmissão ao vivo pela Band, Fox Sports, ESPN e Facebook do NBB CAIXA, este que apresentará programetes de pré e pós-jogo, com oferecimento da Budweiser.

“A gente sempre entra em quadra para ganhar, para fazer nosso melhor, mas hoje acho que encaixou um pouco melhor. A torcida nos ajudou muito também. Acho que a parte defensiva encaixou bem melhor hoje, diminuímos o volume e o aproveitamento de Franca, o que fez toda a diferença”, avaliou Gustavo De Conti, treinador do Flamengo.
P
ara sair de quadra vencedor, o Flamengo contou com grande atuação do ala Marquinhos, que tomou conta das ações ofensivas rubro-negras e totalizou 25 pontos (6/9 nas bolas de 2 pontos). Com a grande atuação, ele foi eleito como MVP Bud da Galera, prêmio oferecido pela Budweiser ao destaque de cada partida das Finais em votação popular nas mídias sociais do NBB CAIXA.

“Hoje me senti mais à vontade e mais confiante. Consegui defender melhor, ajudando nas rotações. O time também ajudou na minha atuação, com algumas jogadas que facilitaram meu estilo de jogo. Fui mais agressivo em relação a cesta, o Varejão e o Mineiro fizeram bons bloqueios, o Franco (Balbi) passou nas horas certas, tudo com uma boa sincronia”, afirmou o capitão rubro-negro.

Junto de Marquinhos, o clube da Gávea teve como destaque o pivô Anderson Varejão, que foi autor de 19 pontos (8/15 nas bolas de 2 pontos), nove rebotes e 19 de eficiência. Com dez pontos e três rebotes, o pivô Rafael Mineiro saiu muito bem do banco e foi peça chave para o triunfo rubro-negro.

O time rubro-negro foi extremamente dominante no garrafão. Foram 44 pontos oriundos de bolas de 2 pontos (com 52% de aproveitamento), sendo que 38 deles foram dentro do garrafão. Enquanto isso, o Franca fez somente 28 pontos dentro da área pintada, o que contrariou os números acumulados da série antes do Jogo 4, que mostravam os francanos com 102 x 82 nesse quesito.

Nos rebotes, o Flamengo pegou 43, sendo 14 deles ofensivos, enquanto o time francano totalizou 30 sobras, sendo somente seis na área pintada do adversário. Além disso, o Flamengo fez 16 pontos de segunda chance (oriundos de rebotes ofensivos), contra apenas dois do Franca.

“O rebote é sempre importante. Não necessariamente quem pega mais rebotes ganha o jogo, mas é fundamental ter segunda chance, você defender bem e não dar segunda chance ao adversário. É uma questão muito de confiança, quando você pega muitos rebotes de ataque o seu time fica mais confiante, quando você não deixa o outro time pegar, tira a confiança deles. Então, além de ser um aspecto técnico, por ser um fundamento, é um aspecto mental também”, disse o técnico do Flamengo, Gustavo De Conti.

Pelo lado do Franca, que conquistaria o título caso vencesse a partida, teve apenas dois atletas com mais de dez pontos: os alas David Jackson, com 14 pontos (6/9 nos arremessos de quadra), e o garoto Didi, que deixou a quadra com 11 pontos.

Lucas Dias, Elinho, Jimmy e Hettsheimeir, todos titulares da equipe, totalizaram, juntos, apenas 13 pontos. Outro fator de desequilíbrio da partida, além dos rebotes, foi o número de desperdícios de bola cometidos pelo time francano. Foram 19 no total, contra 14 do Flamengo, que imprimiu uma forte defesa desde o início.

“Temos que corrigir erros que não são naturais. Tivemos muitas perdas de bola e eles jogaram com um volume maior que o nosso. Contra uma equipe que tem o rebote ofensivo como um dos pontos fortes, nós não podemos ter o número de bolas perdidas que tivemos na partida. Temos que ter a garantia do rebote defensivo e, obviamente, tudo isso para que no ataque a gente possa jogar com mais serenidade e naturalidade, consequentemente melhorando o nosso aproveitamento”, declarou o técnico do Franca, Helinho Garcia.

O calendário das Finais

Jogo 1 – 19/05 (Domingo) – Flamengo 82 x 68 Sesi Franca Basquete – Ginásio Maracanãzinho
Jogo 2 – 23/05 (Quinta-feira) - Sesi Franca 88 x 79 Flamengo - Ginásio Pedrocão
Jogo 3 – 25/05 (Sábado) - Sesi Franca 77 x 71 Flamengo - Ginásio Pedrocão
Jogo 4* – 01/06 (Sábado) - Flamengo 76 x 62 Sesi Franca - Ginásio Maracanãzinho
Jogo 5 – 08/06 (Sábado), às 14h30, no Ginásio Pedrocão, em Franca – ao vivo na Band, Fox Sports, ESPN e Facebook do NBB

==> Foto: Fotojump / LNB

0 comentários:

Postar um comentário