Começa amanhã a 35ª Feira do Livro de Brasília!

Nos 35 anos de existência, a Feira do Livro de Brasília – FeLiB, tem se dedicado a iniciativas que promovam a literatura e as artes. Mas este ano, está completamente reformulada e traz uma proposta pedagógica, literária e infantil mais inclusiva e diversificada.

O espaço físico também mudou e, desta vez, o Complexo Cultural da República vai receber entre os dias 06 e 16 de junho, a Cidade da Leitura que está sendo montada entre a Biblioteca Nacional e o Museu, bem pertinho da Esplanada dos Ministérios.

A programação foi pensada de forma que o público possa ter um contato mais próximo com grandes nomes nacionais e internacionais e, também para que autores e artistas locais possam se destacar e ter mais visibilidade. Entre os nomes, está o escritor prodígio brasiliense, Ryan Maia (7 anos de idade) e o poeta revelação do DF João Doerdelein, conhecido como "Aka Poeta" e um dos homenageados da FeLiB. A concepção artística ficou a cargo do ilustrador radicado na cidade André Cerino.

Estarão na grande festa literária: Fabrício Carpinejar, Antônio Nóbrega, Lázaro Ramos, Fagner, Gabriel Perissé, Celso Antunes, a escritora portuguesa Mafalda Milhões e Maílson Furtado (prêmio Jabuti e também homenageado).

A organização do evento ressalta alguns convidados especiais que estarão circulando na Cidade da Leitura em locais como o Café Literário que vai abrigar mesas de debate e bate-papos. O Espaço do Educador que é um ambiente aconchegante para realização de palestras e aulas espetáculos. E, o Mundinho da Leitura, um projeto lúdico para o deleite das crianças e adolescentes.

A Feira também contará com intensa programação de contadores de histórias, quadrinistas, ilustradores, blogueiros, autores, saraus, e artistas do DF e da RIDE, que se apresentarão em diferentes locais dentro do evento, mas que terão a liberdade para desenvolver a criatividade nos ambientes concebidos especialmente para eles como: FeLiB Independente, Espaço RIDE e Brasília Leitora.

Segundo o presidente da Câmara do Livro do Distrito Federal, Ivan Valério, este será um evento plural, democrático e diversificado. “São 35 anos em defesa do livro e da literatura e temos certeza de que Brasília vai disfrutar de momentos incríveis”, explica.
            
Já o presidente do Instituto Latinoamerica, Atanagildo Brandolt, ressalta o tema desta edição: “Biblioteca – Espaço do Prazer e do Aprender”, que pretende desmistificar a ideia de um ambiente reservado para expandir e elevar a paixão pela leitura em suas várias manifestações. “Queremos resgatar quem se distanciou, e apresentar para quem ainda não conhece, a experiência emocional proporcionada pela literatura”, pontuou.

Homenagens
A grande homenageada será Maria da Conceição Moreira Salles (In Memoriam). Amor pelos livros, pelo conhecimento e pelo papel da biblioteca na vida das pessoas, essas eram algumas das qualidades da bibliotecária mineira apaixonada por Brasília. Em 1983, assumiu a Biblioteca Demonstrativa de Brasília (BDB), hoje batizada com seu nome, e colocou em prática o que aprendeu e tão bem ensinou: uma biblioteca precisa ter vida, ter atividades variadas como exposições, saraus, clubes do livro, aulas de reforço escolar, palestras, shows musicais, gente sonhando e fazendo sonhar.

Já o ganhador do prêmio Jabuti 2018 de melhor livro do ano e também o de poesia, o cearense Mailson Furtado, será o escritor nacional homenageado.

André Cerino, radicado em Brasília, é premiado como artista plástico e cartunista. Foi ele quem criou a identidade visual da edição da FeLiB/2019 e manterá, nos dias da Feira, uma exposição de suas obras. Nascido em Recife (PE), mudou-se para Brasília em 1983. Trabalhou como desenhista em diversos jornais, revistas e agências de publicidade de Brasília e de São Paulo. Em 2004 fundou a empresa “Artefix Criações”, especializada na elaboração de cartilhas ilustradas, gibis, revistas, catálogos, personagens, sites e livros, entre outros produtos. Em 2005, lançou o “Almanaque da Criança”, revista ilustrada infantil.

A Cidade da Leitura
A FeLiB será ambientada de forma que se crie mais oportunidade de acesso e de ocupação criativa de equipamentos e espaços públicos como a Biblioteca Nacional e o Museu da República. Denominada de CIDADE DA LEITURA essa estrutura acolherá com conforto e segurança a comunidade leitora e contará com projeto cenográfico, de iluminação cênica, de sonorização, Plano de Gestão de Resíduos.

As linhas, traços e concepção criativa de seu projeto estrutural foram especialmente concebidos para se harmonizarem com o patrimônio arquitetônico do Complexo. Seu pórtico de entrada, ruas e corredores, homenagearão personalidades literárias e bibliotecários da cidade e colocarão o Livro, a Literatura e a Biblioteca como temas relevantes no imaginário e na agenda cultural, econômica e educativa do cidadão do Distrito Federal e Ride.

Programação 
Quinta-feira (06/06) 
Cerimônia de abertura às 19h (Convidados e autoridades - aberto para cobertura de imprensa, necessário credenciamento)

Sexta-feira (07/07)
Dia voltado para a comunidade escolar do DF e entorno
10h às 11h – Trupe da Carochinha (Arte de contar Histórias)
14h às 15h30 – Dad Squarisi (Deuses e a língua)
16h às 17h30 – Álvaro Modernell (Professor Horáculo responde políticas públicas)
20h – Antônio Nóbrega (Aula-espetáculo)

Sábado (08/06)
16h - Oficina de poesia com Nicolas Behr
16h – Lázaro Ramos (Lançamento do livro: Sinto o que sinto e a incrível história de Asta e Jaser)
19h – Poesia na rede com: Fabrício Carpinejar, Akapoeta (autor revelação e homenageado), Mailson Furtado (autor homenageado) e Nicolas Behr

==> Foto: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário