Forró DoBrado ocupa Conic

O melhor do forró pé de serra, bom de dançar agarradinho. Ainda, o novo forró feito na capital federal. Após edições de sucesso em 2018, o Forró DoBrado volta a ocupar a Praça Central do Conic (Setor de Diversões Sul) neste sábado (11). O evento, comandado pela banda brasiliense Forró do B, tem início às 20h e traz o grupo Paraibola para tocar o chamado forró candango. Durante os intervalos, a DJ Pati Merenda garantirá a animação. Já Mari Mira será responsável pelas projeções no local. A entrada é gratuita. Não recomendado para menores de 18 anos.

E é o forró clássico, de raiz, que irá embalar os forrozeiros de plantão. Evento criado pelo grupo Forró do B, o Forró Dobrado nasceu como extensão do forrozinho que acontece todas as quartas-feiras em frente ao Bar Thainá, na praça Central do Conic. Criado em 2017, o projeto de nome Forró do B dá também nome à banda formada por artistas locais no mesmo ano.

“Agora, chegamos também aos sábados para fazer um evento democrático, de graça e aberto ao público. Por isso, o nome DoBrado. Temos forrós às quartas e teremos também mensalmente aos sábados, até julho de 2019”, destaca Natália Pires, cantora e coordenadora de produção do evento.

O Forró DoBrado contou com edições e convidados especiais em 2018. Agora, em 2019, para celebrar o retorno, a banda Forró do B vai chamar ao palco o grupo Paraibola.

“Faremos um show incrível. Nosso repertório resgata nomes pouco conhecidos do forró pé de serra, trazendo foco para um instrumento hoje menos convencional: a rabeca”, explica Pires.

A banda Forró do B é formada por Natália Pires (voz e percussão), Maísa Arantes (rabeca, voz e pífano), Gabriel Tomé (zabumba), e Marcelo Neder (violão).

O repertório do grupo conta com canções clássicas de Marinês, Anastácia, Ari Lobo, Jackson do Pandeiro, dentre outros. Ainda, composições autorais como Meninos do Goiás, Wolverine no Forró, Ligada no Mundo (de Marcelo Neder), Livre Louca, Forró Proibido (de Natália Pires), Outra Madrugada (Maísa Arantes).

Forró DoBrado é uma realização do Coletivo Forró do B com o patrocínio do FAC – Fundo de Apoio à Cultura. Ainda, apoio do restaurante e bar Thainá (Conic).

Sobre o grupo Paraibola
O Paraibola tem como proposta mostrar a autêntica música nordestina para o brasiliense, com enfoque social e um repertório autoral e irreverente. O grupo se consolidou por sua inventividade, criando um repertório intitulado Forró Candango: o ritmo nordestino falando de Brasília e da realidade vivida pelos candango. O processo musical acompanhou a recriação da cidade e o seu povoamento com arte e cultura. Com vários anos de estrada e um CD gravado, o Paraibola já se apresentou em todo o Distrito Federal e pelo Brasil afora. A banda é formada por Abílio (sanfona), Rene Bomfim (violão), Finelo (voz), Zimbatera (zabumba) e Betão (baixo). No repertório, eles apresentam canções como Mal Me Quer (Rene Bonfim), Forró de Brasília (Paulo de Tarso), Postal do Plano (Rene Bonfim e Paulo de Tarso), Feira do Rolo (Rene Bonfim), dentre outras.

Ficha Técnica:
Projeto Forró DoBrado
Artistas do fronte:
Forró do B
- Gabriel Tomé - Zabumba
- Marcelo Neder - Violão
- Maísa Arantes - Voz e Rabeca
- Natália Pires - Voz e percussão
Projeções: Mari Mira
Discotecagem: Patrícia Egito
Interpretação em Libras: Thalita Araújo (Coletivo Maleta Cultural)
Realização: Coletivo Forró do B
Elaboração do projeto: Natália Pires e Camila Pires
Coordenação Geral de Produção: Natália Pires
Produção Executiva: Camila Pires e Mariana Venturim
Coordenação de Logística: Cleudes Pessoa
Assistentes de Produção: Manuela Castelo Branco e Vinícius Brito
Assessoria de Imprensa: Clara Camarano (Baú Comunicação)
Assessoria de Comunicação: Keyane Dias e Davi Mello (Pareia Comunicação e Cultura)
Identidade Visual: Nara Oliveira (Estúdio Gunga)
Fotografia: Webert da Cruz (Estúdio Gunga) e Davi Mello (Pareia Comunicação e Cultura)


SERVIÇO:

Forró DoBrado convida Paraibola
Dia: 11/05 (sábado)
Horário: 20h
Local: Conic (Setor de Diversões Sul)
Entrada franca
Informações: 98188-0560
Instagram: @forrodob
Não recomendado para menores de 18 anos

==> Foto: Davi Mello

0 comentários:

Postar um comentário