10º ITF Seniors será realizado em Brasília na próxima semana

Pelo 10º ano consecutivo, o Iate Clube de Brasília recebe uma das mais importantes etapas do Circuito Mundial de Seniors, evento que reúne tenistas das categorias de 35 a 85 anos, em provas femininas e masculinas. O ITF Seniors Brasília 2019 será disputado de 29 de abril a 04 de maio.

O torneio é classificado como Grade 1, que distribui a maior quantidade de pontos entre todos os torneios mundiais. São esperados cerca de 200 atletas de diversos países, como Chile, Colômbia, Itália, Suíça, Estado Unidos e Mônaco, além dos melhores jogadores seniores brasileiros, sendo que alguns desses ocupam as primeiras posições do Ranking Mundial da ITF (International Tennis Federation). O evento conta com o patrocínio da Voga Invest.

O ITF Seniors de Brasília é uma realização do Iate Clube de Brasília, com a chancela da Confederação Brasileira de Tênis (CBT) e a supervisão da ITF. “A estrutura diferenciada para a prática da modalidade, mais uma vez chancelou o Iate Clube de Brasília para sediar um dos torneios mais badalados entre os tenistas acima de 35 anos. Temos 15 quadras, sendo 11 de saibro e, dentre elas, seis cobertas”, explicou o Vice-diretor de Tênis do Clube, Gilson Luz. “No ITF Seniors podemos aliar, em um único evento esportivo, a hospitalidade, o relacionamento social e a competitividade sadia, demonstrando toda a nossa paixão por esse esporte tão cativante que é o tênis”, completou.

Melhor idade 
Os campeonatos seniores têm mostrado o desempenho e a disposição invejáveis dos atletas mais experientes, especialmente aqueles com idade superior aos 50 anos. Em excelentes condições físicas e com muita disposição, eles deixam muitos jovens boquiabertos.

O ITF Seniors é uma verdadeira vitrine dos tenistas de alto rendimento com idade mais avançada, que podem demonstrar todo o seu potencial e dividir experiências com outros atletas de várias partes do mundo. Luís Rodrigues, de 74 anos, é um exemplo disso. Ele Sócio do Iate e joga tênis há mais de 40 anos, tempo no qual acumulou aproximadamente 300 títulos. Este ano, ele foi o vice-campeão em dupla da 5ª Classe no torneio Masters Series Roland Garros, disputado no Rio de Janeiro, e mantém o título de campeão Master da 4ª Classe. Em 2018, o tenista disputou a semifinal em jogos de simples e duplas no ITF Seniors, na categoria 70 a 74 anos.

Sua agitada rotina diária inclui exercícios de bater bola no paredão, alongamento, ginástica, Yoga, caminhada e corrida. À noite e aos finais de semana, Luís ainda encontra energia para jogar tênis. “Tenho consciência de que a prática esportiva é fundamental para a minha qualidade de vida. A mobilidade dentro dos diversos exercícios que pratico tornou-se imprescindível no meu dia a dia”, contou Luís.

Sobre o ITF, o tenista acredita que é uma oportunidade única para ver jogos dos melhores atletas de 35 a 85 anos do Brasil e do exterior. “Nesta competição, já joguei com espanhol, italiano, boliviano e argentino. Por ser um torneio de Grade 1, comparecem jogadores de alto nível em todas as categorias”, contou.

Para Luís, a idade não é empecilho para a prática esportiva. “Cabe ao atleta ajustar o desenvolvimento esportivo à sua idade e, naturalmente, ao seu condicionamento físico. Quanto melhor a sua preparação física, melhor seu desempenho esportivo. Os resultados são frutos do treinamento e das repetições”, concluiu.

==> Foto: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário