CCBB Brasília apresenta sua Programação Completa do mês de novembro

EXPOSIÇÃO

Cândido de Faria - Um Brasileiro em Paris
A exposição "Cândido de Faria - Um Brasileiro em Paris", trará uma coletânea de 18 cartazes produzidos pelo artista para a companhia Cinematográfica Phaté, uma das maiores produtoras de cinema da época. Com curadoria de Germana Araújo, a exposição faz um resgate cronológico de litografias do período Belle Époque, realizadas entre 1902 e 1911. A exposição integra a programação do 10º Lobo Fest - Festival Internacional de Filmes.
Serviço:
07 de novembro a 30 de dezembro
Terça a domingo
Galeria II
Entrada franca mediante retirada de ingresso gratuito
Classificação Indicativa: Livre

Classicismo
A exposição Classicismo, Realismo, Vanguarda: Pintura Italiana no Entreguerras, apresenta 71 pinturas italianas adquiridas entre 1946 e 1947, por Francisco Matarazzo Sobrinho, o Ciccillo, e sua esposa Yolanda Penteado, para a criação do antigo MAM de São Paulo. A exposição traz ainda dez obras de artistas brasileiros cujas práticas mantinham relação com o ambiente artístico italiano do entre guerras. Talvez uma das coleções mais importantes de arte moderna italiana fora da Itália, esse conjunto de obras do MAC USP pode contar uma história da arte moderna italiana da primeira metade do século XX.
Serviço:
23 de novembro a 30 de dezembro
Terça a domingo, das 9h às 21h
Galeria I
Entrada Franca mediante retirada de bilhete gratuito
Classificação Indicativa: Livre

Museu Banco do Brasil – Acervos do Brasil – História, Cultura, Cidadania
Terça a domingo, de 9h às 19h
1º Andar
Classificação indicativa: Livre
Entrada franca
Inaugurado em outubro de 2016, o Museu Banco do Brasil possui um espaço com mais de 6 mil m² que apresenta momentos históricos da economia brasileira, além de obras de renomados artistas como Tomie Ohtake, Di Cavalcanti, Carlos Scliar, Athos Bulcão, Burle Marx, dentre outros.
O acervo está distribuído tematicamente, dividido em dois módulos: o “História” que traz uma coleção que conta com acervo de peças ligadas à atividade nas dependências do Banco e o módulo “Cultura e Cidadania” que explora como o Banco do Brasil faz parte da formação cultural da sociedade brasileira. Ao lado do Museu localiza-se um elegante hall para recepcionar seus visitantes e um charmoso café.
Serviço:
Exposição permanente
Local: Centro Cultural Banco do Brasil Brasília – Primeiro andar
Funcionamento: de terça a domingo, das 9h às 19h
Entrada gratuita
Classificação indicativa: livre



CINEMA

O Cinema Interior de Philippe Garrel
O Centro Cultural Banco do Brasil Brasília exibe a mostra “O cinema interior de Philippe Garrel”, a mais completa retrospectiva do cineasta francês já realizada no Brasil. Em cartaz no cinema do CCBB, a mostra inclui 28 filmes realizados por Garrel e por outros cineastas contemporâneos em um passeio pelos 53 anos de carreira do artista, partindo do primeiro ao seu último trabalho. Diretor, fotógrafo, roteirista, editor e produtor, Garrel começou a filmar em 1964, quando era um adolescente de 16 anos, e continua a filmar em 35mm, formato que será privilegiado na mostra. Seus filmes são verdadeiras cartas íntimas escritas a partir de suas viagens.
Meia entrada para todos!
Consulte a classificação indicativa dos filmes e a programação completa no site culturabancodobrasil.com.br.
Serviço:
Até 18 de novembro
Terça a domingo
Ingressos: R$5,00 (meia entrada para todos)

Acorde! O cinema de Spike Lee
Com abertura no dia 20 de novembro, Dia Nacional da Consciência Negra, a mostra Acorde! O Cinema de Spike Lee ficará em exibição no CCBB Brasília até 09 de dezembro e reapresentará Spike Lee ao público sob a ótica do século XXI. "Acorde!" é uma fala recorrente em quase todos os filmes de Spike Lee. Cineasta, escritor, produtor e ator estado-unidense, além de professor de cinema na Universidade de NY, Spike Lee é considerado o precursor da Black New Wave, desde que estreou no Festival de Cannes em 1986, com o filme “Ela Quer Tudo”, que se destacou ao contar a história de personagens negros para o público negro. A programação traz 23 longas e 4 videoclipes, com uma sessão inclusiva para deficientes auditivos e visuais, um debate gratuito com o curador Jaiê Saavedra e as pesquisadoras Kênia Freitas e Aida Rodrigues Feitosa. O debate terá tradução em Libras.
Serviço:
20 de novembro a 09 de dezembro
Terça a domingo
Ingressos: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia-entrada)
Algumas sessões são gratuitas (Consulte a programação no site http://culturabancodobrasil.com.br/portal/distrito-federal/ )*



CÊNICAS

Relação Pornográfica
Estrelado por Ângela Vieira e Guilherme Leme, o espetáculo “Uma Relação Pornográfica” – sucesso no cinema, que estreou em 1999, dirigido por Frédéric Fonteyne – fala do medo que as pessoas têm de se entregar num relacionamento. Com texto do iraniano Philippe Blasband e a direção de Victor Garcia Peralta, a peça apresenta os personagens de Blasband que, após um encontro num site de relacionamentos, passa a se encontrar toda semana, na mesma hora, dia e local. Eles saem do mundo virtual para o real e, mesmo mantendo encontros frequentes, evitam saber da vida do outro, não falam de trabalho, endereços e nem revelam seus nomes. Apenas um casal que busca realizar suas fantasias, mas que com o passar do tempo, percebem uma profunda afinidade, trazendo um inesperado rumo para essa relação.
Serviço:
13 a 18 de novembro
Quinta a Sábado às 20h e Domingo às 19h
Pavilhão de vidro
Ingressos: R$ 30,00 (Inteira) R$ 15,00 (Meia)
Classificação Indicativa: 14 anos

Visitas Educativas Agendadas
Ter, Qua, Qui, Sex
Os educadores realizam visitas agendadas, inclusivas, com grupos escolares e não escolares, visando criar um espaço de diálogos e trocas de experiências e saberes aliado às práticas artísticas, culturais e sociais, abordadas pelas exposições e demais programações do CCBB. As visitas são oferecidas nas manhãs, tardes e noites, para acolher os estudantes na sua diversidade de realidades e contextos educacionais.
No momento do agendamento é possível escolher entre opções de visitas com atelier, visita à exposição ou visita patrimonial. Às quintas, às 14h30 há um horário disponível para a visita em Libras, exclusivo para grupos agendados.
Duração: 1h30
E-mail para agendamento: agendamentodf@ccbbeducativo.com

Visitas Mediadas
Terça, de 11h às 12h - 17h às 18h - 18h às 19h
Quarta a sexta, de 11h às 12h – 18h às 19h
Sábado, de 12h às 13h – 18h às 19h
Domingo, de 12h às 13h – 16h às 17h
Nesta visita os educadores se juntam ao público, para dialogar, compartilhar e trocar olhares, leituras e produções de significados em torno das produções, práticas, contextos e trajetórias dos artistas que participam do acervo do Museu do Banco do Brasil ou da exposição “Classicismo, Realismo, Vanguarda: Pintura Italiana no Entreguerras”.
Até 20 pessoas. Não necessita agendamento.
O grupo será formado 15 minutos antes do horário da visita.

Visitas Mediadas em Libras
Sextas às 19h e sábados às 15h.
Seguindo os mesmos princípios da visita mediada, a visita em Libras é realizada em Libras com tradução em português. Ela acolhe pessoas surdas e/ou com deficiência auditiva e ouvintes, numa experiência compartilhada com os educadores das exposições. São realizadas duas vezes por semana, com dias e horários pré-definidos por cada CCBB, sem necessidade de agendamento.
Até 20 pessoas. Não necessita agendamento.
O grupo será formado 15 minutos antes do horário da visita.

Semana do Educador – Classicismo, Realismo, Vanguarda: Pintura Italiana no Entreguerras
27/11 – 9h30 às 11h30; 28/11 – 18h30 às 20h30; 30/11 - 18h30 às 20h30; Com intérprete de Libras – 01/12 - 16h às 18h
Queremos que os professores sejam os primeiros a visitar nossas exposições! Por isso oferecemos visitas exclusivas para professores, coordenadores pedagógicos e demais integrantes da comunidade escolar, logo na primeira semana após a abertura de cada mostra. Visitas com duração de até 2h. 30 vagas por dia.

Atividade extra – Dia Nacional da Alfabetização
Quarta, 14 de novembro - 19h
Para celebrar o Dia Nacional da Alfabetização, o Programa CCBB Educativo - Arte e Educação preparou um encontro em que nossos educadores acolherão instituições e interessados no processo de alfabetização de jovens e adultos no DF e entorno. A ideia deste encontro é afirmar a importância da alfabetização de jovens e adultos, entender suas conquistas e desafios, além de facilitar o acesso à informação e às instituições que vêm realizando este trabalho.

Atividade extra – Dia Nacional da Consciência Negra
Convidados: Nãnan Matos e Tiago Alves Ferreira
Domingo, 18 de novembro - 17h
No mês da Consciência Negra, um convite para que o público do CCBB Brasília possa vivenciar um momento de conexão entre corpo, mente e a música numa atividade voltada para o bem-estar e a saúde. Uma proposição que busca unir o canto e a musicalidade ancestrais de Nãnan Matos com algumas proposições do Yoga trazidas por Tiago Alves Ferreira.
Convidado: Nãnan Matos e Tiago Alves Ferreira

Com a palavra.....
Sábado 24 de Novembro - 17h
Visitas para o público espontâneo, realizadas por especialistas ou profissionais referências em temas diversos. Aborda a exposição Classicismo, Realismo, Vanguarda: Pintura Italiana no Entreguerras a partir de outros campos, olhares, modos de conhecer e de se relacionar com a arte.
Convidado: Emerson Dionisio
Duração: 1h | Capacidade para até 30 pessoas.

Curso transversalidades (Libras)
Quarta, 21 de Novembro - 19h às 21h
Curso para professores e educadores, que aborda temas transversais aos campos da educação e da arte, conectando as questões presentes nas exposições, às urgências e reflexões cotidianas. Tem entre seus temas as práticas artísticas e sociais, a memória, a produção de subjetividades, de territórios e de patrimônios. É ministrado por profissionais convidados de áreas diversas.
Antonio Obá realizará nesta edição do curso Transversalidades uma discussão que partirá de seus projetos artísticos a fim de abordar o trabalho de educação estética desenvolvido por ele com os estudantes que frequentam a Sala de Recursos da escola onde trabalha. O artista/professor buscará vincular questões relativas a seu processo criativo como artista ao seu trabalho como educador, sobretudo buscando evidenciar como uma prática se relaciona com a outra, alimentando-a.
Convidado: Antonio Obá
Processo de seleção por formulário on-line: www.ccbbeducativo.com

Processos compartilhados
Quinta, 29 de Novembro - 14h às 19h
O curso aborda aspectos da concepção, montagem, expografia e reflete sobre as especificidades de uma exposição. Voltado para formação de artistas, educadores, críticos, curadores e demais profissionais do campo da arte e da produção cultural. Utilizará as montagens das exposições como potente espaço de formação profissional nos quais serão evidenciados questões como: iluminação, sinalização, peças gráficas, concepção e atividades educativas.
No curso a fotógrafa mostrará seu trabalho registrando exposições e trabalhos artísticos desde 2012. Falará sobre o acompanhamento da montagem, do processo dos artistas, registro das obras e da exposição montada, e os aspectos técnicos envolvidos em cada etapa. Haverá uma saída fotográfica ao final do curso, para mostrar na prática o que foi comentado na apresentação.
Convidada: Joana França

Lugar de Criação
Dias 02, 03, 04, 10, 11, 17, 18, 24 e 25 – das 10h às 12h e das 14h às 16h.
Todos os fins de semana e feriados, os educadores do CCBB desenvolvem uma programação especial visando a ocupação, a convivência, a criação e o diálogo com a arte, para as crianças e suas famílias. Também é um espaço que recebe artistas e educadores residentes, para se juntam a nossa equipe no desenvolvimento de propostas específicas, para integrar adultos e crianças em processos de experiência com a arte.
A fim de celebrar o mês da Consciência Negra, o Programa CCBB Educativo – Arte e Educação elaborou uma série de atividades relacionadas à cultura e histórias herdadas de África no Brasil. As atividades são voltadas para crianças e famílias em quatro fins de semana:
Dias 02, 03 e 04 – Estamparia: a partir da observação de padronagens tradicionais de tecidos estampados nigerianos, convidamos o público do CCBB Brasília a realizar suas próprias estampas. Tragam camisetas ou tecidos lisos para estampar e disposição para realizar estampas coletivas a partir de carimbos de módulos geométricos.
Dias 10 e 11 – Quadrinhos de troca-troca de histórias: Preparamos uma oficina divertida e emocionante: a partir da troca de histórias e do exercício da escuta entre seus participantes, criaremos histórias em quadrinhos que nascem das múltiplas vozes e memórias incríveis de quem as contou.
Dias 15, 17 e 18 – Rádio-Mundo: A partir da utilização de um globo terrestre e de um aplicativo pelo qual podemos acessar frequências de rádio em todo o mundo, os educadores do CCBB convidam o público de crianças e suas famílias a participarem de uma divertida viagem musical com os registros poéticos de sua jornada.
Dias 24 e 25 – Quadrinhos de troca-troca de histórias: Preparamos uma oficina divertida e emocionante: a partir da troca de histórias e do exercício da escuta entre seus participantes, criaremos histórias em quadrinhos que nascem das múltiplas vozes e memórias incríveis de quem as contou.

Múltiplo Ancestral
Com Larissa Ferreira e Grupo de Pesquisa Corpografias
Domingo, 25 de Novembro - 17h
O Múltiplo Ancestral é uma plataforma de trocas entre o público, as mestras e mestres ligados a diferentes saberes e práticas culturais, articulando a memória, o afeto e o patrimônio.

Transfronteiras do saber: identidades políticas e corporalidades de resistência
A dança articula corpo e movimento como campo de relações com o mundo em que vive. O ato de mover apresenta-se diretamente relacionado à capacidade de inventar, descobrir e desvelar o próprio corpo. Uma proposta de dança que instiga a pensar o ancestral e o contemporâneo como peles de um mesmo corpo.
Portanto, memória, ancestralidade e suas dinâmicas como existência e resistência que dança. A experiência proposta se realiza como possibilidade de praticar a dança enquanto ato inventivo do corpo: fundar um corpo.
Esta proposta convida a dançar a partir de matrizes afro-ameríndias e suas estéticas de resistência. Integrantes que compõem a experiência: Cristiane Castro, Larissa Ferreira, Leticia Machado, Louise Lucena, Marilia Borges, Patrícia Diniz.
Convidada: Larissa Ferreira e Grupo Corpografias


SERVIÇO:
Para mais informações e agendamento de visitas, nos contate: (61) 3108-7624
agendamentodf@ccbbeducativo.com ou visite o nosso site: www.ccbbeducativo.com

==> Foto: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário