Jogos Olímpicos da Juventude: brasiliense Gilbert Klier Júnior é bronze em Buenos Aires

O tênis brasileiro é bronze nos Jogos Olímpicos da Juventude. Na disputa pela medalha, o brasiliense Gilbert Klier Júnior, 18 anos, derrotou o búlgaro Adrian Andreev, nesta sexta-feira (12), no jogo válido pelo terceiro lugar, em Buenos Aires, na Argentina, por 6/4 e 3-1 (desistência). Andreev abandonou por problemas físicos.

É a terceira medalha olímpica do Brasil na história dos Jogos, que estão em sua terceira edição agora na capital argentina - em 2014, em Nanjing, na China, o gaúcho Orlando Luz foi prata em simples e, ao lado do paulista Marcelo Zormann, ouro nas duplas.

Gilbert, único representante do Brasil no tênis em Buenos Aires, é o atual número 12 do ranking mundial juvenil - deve agora ficar entre os 10 - e foi cabeça de chave número 7 no torneio. Ao final da disputa, no saibro do Buenos Aires Lawn Tennis Club, comemorou a medalha e resultados de destaque ao longo da semana, como a vitória, nas quartas de final, diante do número 2 do mundo, o argentino Sebastian Baez. "É difícil colocar em palavras o que estou sentindo. Muito feliz com o bronze e de estar nos Jogos. Muito bom estar aqui, vivendo essa experiência de Olimpíadas. Uma semana muito positiva, em que fiz bons jogos, ganhei de bons jogadores. Uma sensação incrível de poder conquistar medalha, subir no pódio e uma sensação melhor ainda você poder representar o seu País. Uma motivação incrível. Tentarei outras medalhas, não sei se em Tóquio (2020) ou Paris (2024). Mas estou muito contente com esta primeira", afirmou Gilbert, que tem o patrocínio de Belmont Esportes e Yonex, com apoio da Confederação Brasileira de Tênis (CBT). Ele treina na academia Tennis Route.

Resultados nesta temporada 
O brasiliense Gilbert Klier Júnior, um dos destaques do tênis juvenil brasileiro, é o 12º no ranking mundial juvenil. Ele tem conquistado vitórias e títulos no Circuito Mundial Junior ITF e garantiu vaga nesta temporada nos três Grand Slam de Juniores - Roland Garros, Wimbledon e US Open. Gilbert chegou, na edição 2018, nas quartas de final em Wimbledon (simples) e US Open (duplas).

Já pelo Circuito Mundial Junior ITF 2018, comemorou resultados importantes nos últimos meses. Em agosto, ficou com o título de simples do Torneio de Maryland, nos Estados Unidos, preparatório para o US Open. Em abril, foi campeão de duplas da Plovdiv Cup, na Bulgária, com o também brasileiro Igor Gimenez, e vice ao lado de Natan Rodrigues, do Brasil, no 23º Open International de Beaulieu-sur-Mer, na França. No mês de março, conquistou os títulos de simples e duplas – com Natan – da Copa Paineiras, em São Paulo (SP).

No mês de abril, na Turquia, Gilbert disputou dois torneios Future, marcando os seus primeiros dois pontos no ranking da ATP, ao passar pelo qualifying - após vencer três rodadas - e chegar até as quartas de final da chave principal. Em 2019, se dedicará ao circuito profissional da ATP.

==> Foto: Sergio Llamero / ITF

0 comentários:

Postar um comentário