LIGA DAS NAÇÕES MASCULINA: Brasil vence a Sérvia por 3 sets a 0 e está na semifinal

A seleção brasileira masculina de vôlei está na semifinal da Liga das Nações. A equipe dirigida pelo técnico Renan precisava de uma vitória por três pontos nesta quinta-feira (05.07) e alcançou o objetivo. No estádio Pierre Mauroy, em Lille, na França, a equipe verde e amarela bateu a Sérvia por 3 sets a 0, com parciais de 25/16, 28/26 e 25/19. Bem no bloqueio, com um total de 14 pontos neste fundamento, o Brasil venceu e se garantiu na próxima fase da competição.

Agora, o time brasileiro folga na tabela da rodada desta sexta-feira (06.07), quando serão definidos os confrontos pela semifinal, que será disputada no sábado (07.07). A seleção verde e amarela enfrentará a Rússia ou Estados Unidos, dependendo dos resultados de amanhã, e o jogo poderá ser às 9h ou às 11h30, no Horário de Brasília.

O oposto Wallace foi o maior pontuador do Brasil, com 16 pontos (15 de ataque e um de bloqueio). O central Lucão foi outro destaque da partida, ao marcar 15 vezes, sendo quatro pontos de ataque, incríveis oito de bloqueio e três de saque. O ponteiro Douglas Souza, titular na partida de hoje depois da lesão de Maurício Borges no jogo de ontem, marcou 10 pontos.

O técnico Renan comemorou a atuação do Brasil. “Fizemos um bom jogo hoje. Existia uma expectativa muito grande, até porque essa formação nunca havia jogado junto e valeu a pena ter mexido durante toda a competição. Os dois ponteiros tiveram a oportunidade de pegar ritmo e hoje estiveram muito bem”, elogiou o treinador.

O central Maurício Souza, que voltou a integrar a seleção brasileira depois de uma lesão no abdomem nesta Fase Final, também destacou a boa performance da equipe. “Fico feliz pela atuação da equipe e isso mostra o quanto esse grupo é merecedor de chegar a uma semifinal da Liga das Nações”, disse Maurício.

Outro ponteiro titular nesta Fase Final, Lucas Lóh avaliou o jogo de hoje. “Cada um faz a sua parte e a minha é mais de compor o fundo de quadra. Essa é um desafio grande para mim e estou recebendo muito apoio do grupo, da comissão técnica e isso tem me ajudado muito. Fico feliz por estar podendo ajudar e hoje tivemos mais uma prova de que o grupo é o segredo do sucesso”, concluiu Lucas Lóh.

Brasil, França e Sérvia formam o Grupo A da Fase Final, enquanto Estados Unidos, Rússia e Polônia compõem o Grupo B. Os dois melhores de cada grupo avançam para a disputa das semifinais, que ocorrem no dia 7, às 9h e 11h30. 

Os perdedores destes confrontos buscam a medalha de bronze no dia 8 de julho, às 12h, enquanto a decisão do título acontece no mesmo dia, às 15h45.

A seleção brasileira conta, nesta Fase Final da Liga das Nações, com os levantadores Bruninho e William; os opostos Wallace e Evandro; os centrais Lucão, Maurício Souza, Éder e Isac; os ponteiros Maurício Borges, Lucas Lóh, Douglas e Victor Cardoso, e os líberos Murilo e Thales.

O JOGO
O Brasil saiu na frente com ponto de contra-ataque de Wallace. No bloqueio de Lucão, a seleção brasileira marcou 4/1. Em mais um ponto de bloqueio do central, o placar foi a 6/2. No primeiro tempo técnico, a vantagem brasileira era de cinco pontos: 8/3. Lucas Lóh no bloqueio marcou 10/4. O placar foi a 12/2 em mais um ponto de bloqueio, dessa vez com Maurício Souza. A diferença se manteve no dobro em 14/7. Com dois bloqueios seguidos de Bruninho, 19/11. Douglas pontuou na entrada de rede e o Brasil foi a 22/13. E a seleção brasileira fechou o primeiro set em 25/16.

Wallace marcou 2/1 para o Brasil logo no começo do set. Com dois pontos seguidos de Douglas, no ataque e no saque, a seleção brasileira fez 4/2. Mantendo o bom aproveitamento no bloqueio, dessa vez com Bruninho, o time verde e amarelo fez 8/7. No erro do Brasil, a Sérvia assumiu o comando do placar em 9/8. Depois de grande recuperação de Lucas Lóh com o pé, Lucão bloqueou e o Brasil fez 11/10. O set esteve igual em 14/14 e depois em 17/17. A equipe de Renan abriu dois de vantagem em 19/17. No bloqueio de Lucão, 21/19. Os sérvios buscaram e chegaram ao empate em 21/21. Renan pediu tempo. A reta fina do set foi bem disputada.  Wallace marcou 23/22 e Evandro fez 24/23. A Sérvia pediu tempo. A parcial seguiu equilibrada até o fim, quando o Brasil fechou em 28/16.

Wallace abriu o placar do terceiro set. Douglas marcou 3/2 e Lucas Lóh, 4/2. Os sérvios reagiram e assumiram o comando do placar em 6/5. A vantagem adversária foi a dois em 8/6. Com Douglas, o Brasil passou a frente, fazendo 10/9. Em boa passagem de Bruninho pelo saque, a seleção brasileira abriu 15/12. No bloqueio de Wallace, 16/13. Douglas marcou 17/13. No ace de Lucão, a equipe do Brasil marcou 19/15, forçando o adversário a pedir tempo. Na volta, mais um ace do central: 20/15. A Sérvia apertou, fez 18/21, e Renan pediu tempo. No final, vitória brasileira por 25/19.

EQUIPES
BRASIL – Bruno, Wallace, Lucão, Maurício Souza, Douglas e Lucas Lóh. Líbero – Thales
Entraram – William, Evandro, Éder
Técnico: Renan

SÉRVIA – Jovovic, Atanasijevic, Pdrascanin, Lisinac, Ivovic e Kovacevic. Líbero – Majstorovic
Entraram – Kostic, Okolic, Katic, Krsmanovic
Técnico: Nikola Gibic

GALERIA DE FOTOS

LIGA DAS NAÇÕES MASCULINA
1ª semana:
Kraljevo (Sérvia)
25.05 – Brasil 3 x 0 Sérvia (25/22, 25/22 e 26/24)
26.05 – Brasil 2 x 3 Itália (25/18, 19/25, 21/25, 26/24 e 8/15)
27.05 – Brasil 3 x 0 Alemanha (26/24, 25/23 e 26/24)

2ª semana:
Goiânia (Brasil)
01.06 – Brasil 3 x 0 Coreia do Sul (25/21, 25/19 e 25/19)
02.06 – Brasil 3 x 0 Japão (26/24, 25/19 e 25/20)
03.06 – Brasil 3 x 2 Estados Unidos (21/25, 20/25, 25/19, 25/20 e 20/18)

3ª semana:
Ufa (Rússia)
08.06 – Brasil 3 x 1 Rússia (25/21, 25/20, 25/27 e 25/18)
09.06 – Brasil 3 x 2 Irã (25/17, 23/25, 25/19, 21/25 e 15/13)
10.06 – Brasil 3 x 0 China (25/20, 25/19 e 27/25)

4ª semana:
Varna (Bulgária)
15.06 – Brasil 0 x 3 Canadá (22/25, 32/34 e 22/25)
16.06 – Brasil 0 x 3 França (19/25, 23/25 e 23/25)
17.06 – Brasil 2 x 3 Bulgária (22/25, 25/19, 15/25, 25/18 e 12/15)

5ª semana:
Melbourne (Austrália)
22.06 – Brasil 3 x 0 Austrália (25/22, 25/19 e 25/19)
23.06 – Brasil 3 x 1 Polônia (25/22, 25/23, 23/25 e 25/23)
23.06 – Brasil 0 x 3 Argentina (23/25, 22/25 e 21/25)

Fase Final:
Lille (França)
04.07 - Brasil 2 x 3 França (22/25, 25/20, 21/25, 25/22 e 15/13)
05.07 - Brasil 3 x 0 Sérvia (25/16, 28/26 e 25/19)

==> Foto: Divulgação / FIVB

0 comentários:

Postar um comentário