Cervejaria Solerun lança dois novos rótulos em Brasília e realiza bate-papo cervejeiro

As cervejas Solerun aterrizaram em Brasília em outubro de 2017 e conquistaram o paladar dos brasilienses. Em agradecimento a tamanha receptividade, a Solerun lança nesta quinta-feira (12/7), dois novos rótulos: Nina (stout com baunilha) e Olho Gordo (saison com pimentas branca e rosa, sal do Himalaia e aroma de arruda). 

O evento será dentro do projeto Hidden (localizado no estacionamento 8 do Parque da Cidade). E para animar ainda mais a noite, haverá degustação das novas cervejas em chope e show com a Banda Britânia.

No sábado (14/10), a partir das 16h, a Solerun realiza também, um BATE-PAPO CERVEJEIRO, com o novo mestre cervejeiro da marca, Mário Coppini e com Tiago Sottilli, um dos sócios-proprietários da Solerun. O encontro será no Grote Bier (CLNW 10 /11 Bl. A Lj. 09 – Noroeste)

Além das novas NINA e OLHO GORDO, a Solerun produz, atualmente, oito deliciosos estilos: a WEISS, uma clássica de trigo; a PENÉLOPE, uma Belgian Special Ale, premiada no festival de 2016 de Blumenau como a melhor do Brasil; a HELLES, que na verdade é uma Keller Bier, também premiada no Festival da Cerveja de Blumenau; a estilo inglês ESB - Extra Special Bitter; e a arrebatadora IPA, campeã de vendas. E as caçulas do menu que entraram este ano – Alzira que chega com toque de brasilidade e a autenticidade histórica das frutas e especiárias mediterrâneas; e a Illuminati, um relançamento da pilsen, com paladar de malte e o lúpulo herbáceo provocante. 

Nina
A primeira cerveja escura da Solerun também homeageia a mulher. Uma stout com baunilha que usa generosa porcentagem de aveia, tornando as notas achocolatadas e de café ligeiramente mais suaves em seu corpo. A baunilha vem com sutileza e delicadeza para coroar este conjunto que, com certeza, irá abrilhantar os paladares de quem curte perfis mais tostados. “O nome faz alusão à cantora Nina Simone, que tocava Feeling good no momento da criação da receita”, destaca o mestre cervejeiro Mário Coppini.

Olho Gordo
Feita com arruda, sal e pimenta e brassada em lua minguante, a Olho Gordo é uma defesa contra qualquer ebó. Com notas “funky”, que lembram a natureza, e a adição de ervas e especiarias, a Olho Gordo torna-se, além de um amuleto, uma cerveja complexa e interessante para quem não tem medo de arriscar.

Cervejaria Solerun
A paixão por cervejas artesanais fez quatro amigos cheios de ideias darem início à Solerun, uma pequena cervejaria gaúcha que tem o objetivo de produzir rótulos de grande qualidade. 

Inaugurada em janeiro de 2015, a Cervejaria Solerun está localizada em Nova Prata, na serra gaúcha (180 km de Porto Alegre), com capacidade de produção de mais de 10 mil litros/mês. A sede da cervejaria foi toda desenhada pelo artista plástico Amaro Abreu. 

Os sócios, além de apaixonados por cervejas, gostam muito de grafite e ilustrações, o que ajudou muito na hora de elaborar a identidade visual da marca, criada pelo ilustrador Astrubal Fabris. Os rótulos foram feitos minuciosamente. Para cada estilo, foi criado um personagem. Nos desenhos, os principais elementos de cada cerveja são destacados.

==> Foto: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário