Obra relata a história de uma família de refugiados pela visão de uma criança

Bombas e medo são frequentes na vida de quem está sob à ameaça de guerras civis e conflitos armados. Por isso, com o coração cheio de esperança, muitos deixam seus países e partem em busca de um futuro melhor. Essa foi a motivação da autora canadense de livros infantis, Margriet Ruurs, que inspirada pelas belas montagens feitas com pedras pelo sírio Nizar Ali Badr, quis conscientizar todos seus leitores sobre os desafios vividos pelos refugiados. Assim, nasceu o livro Caminho de Pedras: a jornada de uma família de refugiados, publicado no Brasil pela Editora Moderna e que conta também com o texto em árabe.

É por meio da visão da pequena Rama que o leitor conhece a história de sua família. Antes dos abalos causados pela guerra na Síria, todos tinham uma vida tranquila, com seus afazeres e se consideravam "livres" mesmo com as represálias políticas. Depois, com as chuvas de bombas que chegaram ao país, várias pessoas começaram a partir em busca de uma vida melhor. Só que elas não imaginavam que essa procura por segurança nem sempre é tranquila. A pequena relata que muitos não conseguiam cruzar o Mediterrâneo a salvo e tinham seus sonhos perdidos no oceano.

O livro traz belas ilustrações que possuem uma interessante história. Um dia, quando a autora estava navegando por uma rede social, se deparou com o trabalho do artista Nizar Ali Badr. Na imagem era possível ver uma mãe carregando um bebê e atrás dela, o pai caminhava penosamente curvado sob um fardo pesado. Mas, o que mais chamou a atenção foi que toda a imagem era feita de pedras. "A figura transmitia tamanha emoção que me tocou profundamente. Mas, o mais espantoso era o material. Como simples pedras podem transmitir tanta emoção? Quem é o artista capaz de insuflar tanta vida na pedra dura", pensou Margriet.

Logo, ela acabou descobrindo que o artesão recolhia seu material de trabalho na praia, fazia suas montagens, tirava fotos e depois desmanchava tudo por não ter dinheiro para comprar a cola para fixar as imagens que criava. Assim, ela entrou em contato com Nizar e propôs sua ideia de um novo livro que abordaria a história de vida de tantos refugiados.

Voltada para crianças a partir de 8 anos, a obra deixa uma reflexão sobre aqueles que não tiveram a mesma sorte que a família de Rama e traz um contraponto de como as guerras podem trazer coisas ruins para todos, mas também é capaz de despertar os sentimentos mais puros de solidariedade das pessoas. Assim, para aqueles que quiserem ajudar, ao final do livro é possível encontrar uma lista de projetos no Brasil que buscam auxiliar os refugiados.

Preço: R$ 42,00

Sobre a autora
Margriet Ruurs é autora de muitos livros infantis premiados. Nasceu na Holanda e vive atualmente com sua família no Canadá.

==> Foto: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário