SuperBike 2018 começa com a vitóra de Eric Granado e emoção na 1ª etapa

O SuperBike Brasil deu a largada inicial para a temporada 2018! Neste domingo (29), pilotos e equipes entraram em ação no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, para a 1ª etapa do maior campeonato de motovelocidade das Américas. O evento contou com emoção do início ao fim e garantiu muita velocidade para o público presente.

Ao todo, foram sete corridas que agitaram o dia no tradicional circuito da capital paulista. Os fãs de motovelocidade ainda contaram com show de manobras, sessão de autógrafo com os pilotos e visitação aos boxes.

Dada a largada, não faltou disputa na pista!

Na categoria SuperBike, o atual campeão Eric Granado (#51) manteve o domínio na principal divisão do campeonato e faturou a etapa de estreia. O piloto da Honda Racing Brasil cruzou a linha de chegada à frente de Alex Barros (#4), da Alex Barros Racing, e Maximiliano Gerardo (#41), da Kawasaki Racing Team.

Granado iniciou a corrida na ponta do grid, mas passou a primeira metade da corrida vendo os rivais alternarem na liderança. Foi somente a partir da sétima volta que Eric – que estreou nova moto neste fim de semana – reassumiu a primeira posição e liderou até a bandeirada final.

Logo atrás, o veterano Alex Barros protagonizou grande duelo com Gerardo pela segunda posição. Ele levou a melhor sobre o uruguaio, que estreia na categoria SuperBike em 2018 e vinha de duas vitórias seguidas na Copa Pirelli.

Pedro Sampaio (#28), da Honda Racing Brasil, ficou com a quarta posição do grid. Diego Pierluigi (#84), da Alex Barros Racing, vinha brigando forte pelas primeiras colocações, mas sofreu com queda ao longo da corrida e terminou em nono no geral.

"Estou muito feliz. É um início difícil, estou em evolução e a moto está ficando cada vez melhor. Hoje estava muito calor e as condições da pista ficaram difíceis, mas imprimi meu ritmo e abri vantagem para controlar. Tenho que agradecer à Honda e meus patrocinadores. O Alex Barros trocou de moto agora e o Gerardo subiu da SuperSport. Vai ser cada vez mais difícil ao longo do ano, mas tenho que pensar em fazer meu melhor", destacou Eric após a vitória.

Pela Extreme, o destaque foi Rodrigo Dazzi (#146), da Ello Racing, que venceu pela primeira vez na categoria. O piloto já vinha de grande resultado na Copa Pirelli, quando bateu o recorde pessoal em Interlagos. Jeferson Friche (#6), da HG Motos Racing / Sky Comp, e Davi Costa (#12), da JC Racing Team, completaram o pódio.

No grid que contou com motos da SuperBike Light, Evolution e SuperStock, o mais rápido foi Felipe Comerlatto (#186), da Pro Racing Team. Ele faturou a Evo1000 à frente de Pablo Flores Nunes (#28) e Fabricio de Freitas (#131), ambos da Motonil Motors / UsatecBSB.

Entre as motos da Evolution, Bruno Corano (#34), da equipe BMW Motorrad MotorSport, foi o vencedor. Ele liderou a categoria superando Mauricio "Linguiça" (#80) e James Michael (#137) - os dois da Misano Racing Team.

Na SuperBike Light, Marcio Ferreira Bortolini, (#37) da Tecfil Havoline Racing Team, levou a melhor. André Veríssimo, (#93) da Paulinho SuperBikes, e Carlos Sakurai "Kaka", (#13) da Kaka Ks Racing vieram logo na sequência. Raphael "Fletado", (#96) da PRT - Pitico Race Team, e Henrique Poli Junior, (#97) da Errera Racing, fecharam o top 5.

Na Master, Guilherme Neto, (#66) da Pro Racing Team, ficou com a primeira colocação, à frente de Rogerio Gentil, (#31) da HB Automotive/Duda Racing Team, e de Cristiano Nogueira, (#26) da WRT Racing Team. Completaram os cinco primeiros Nelson Gonçalves "Mágico", (#45) da equipe Os Impossíveis, e Célio Campagnolo "WR", (#613) da Qatar Racing Team Brasil.

Outra categoria que começou com briga acirrada foi a SuperSport. Ton Kawakami (#127), da Yamalub Racing, venceu a disputa, que conta com nomes promissores para a temporada. Ele foi seguido por Leo Tamburro (#53), guiando moto da equipe Qatar Racing Team. A terceira posição ficou com Fausto "Granton Gallay" (#32), também da Yamalub Racing.

Na Pro Amador, o vencedor foi Breno Barbosa, (#44) da Pitico Race Team, seguido por Felipe Bazolli, (#790) também da PRT, enquanto Júlio Cesar Neto Parra (#91), da Giant Racing Team, foi o terceiro.

Na Pro Extreme, Luis Ferraz, (#13) da Tecfil Havoline Racing Team, garantiu o primeiro lugar. A segunda posição ficou com Juninho Garcia, (#27) da JR Motos Racing. Henrique Daniel, (#42) da Qatar Racing Team Brasil, foi o terceiro colocado. Na Master, a vitória ficou com Valter Rubino, (#65) da Misano Racing Team.

Cristiano Souza (#200) foi o destaque da Stock 600cc guiando uma moto da equipe Tecfil Havoline Racing Team. Pela RRE Racing, Ricardo Barlete (#33) foi o segundo, enquanto Samuel Salla (#41), da Salla Racing, terminou na terceira posição.

Após dominar todo o fim de semana na 959 Panigale Cup, Massao Nishimoto (#41), da Motonil Motors/UsatecBSB, venceu a corrida da categoria estreante do SuperBike Brasil. Da mesma equipe, Rodrigo "Cabecinha" (#181) ficou na segunda colocação, enquanto Rodrigo Simon (#999) foi o terceiro a bordo de moto da equipe Colorado Doctor Racing Team.

Em corrida emocionante, Arthur Costa (#99), da JC Racing Team, venceu a prova da Copa Honda CBR 500R. Ele ficou à frente do segundo colocado, Ademilson Peixer (#43), da equipe MotoSchool Racing Team, por apenas 0.011s. Na classificação geral, Fabio Florian (#88), da Moretti Racing Team, foi o terceiro, com João Carneiro (#14), da Light Team/Cajuru Racing, em quarto. Fechando os cinco primeiros, Marcelo Moreno "MM" (#7), da equipe Motonil Motors / UsatecBSB.

Pela categoria Pro, Arthur foi o vencedor, seguido por Peixer e Florian, enquanto Indiana Muñoz (#199), da equipe Moretto Racing Team, foi a quarta colocada. Os cinco primeiros foram completados por Marciano Santin (#9), da SantinRacing.

Na categoria Teen, Florian terminou a prova no primeiro lugar. Carneiro (#14) foi o segundo colocado, com Luiz Felipe (#444) em terceiro. Na Light, Carneiro levou a melhor, enquanto Luiz Felipe ficou em segundo, à frente de Raphael Ramos, (#90) da MotoSchool Racing Team.

Pela categoria Extreme, Marcelo Moreno "MM", da Motonil Motors / UsatecBSB, venceu. Marco Bastos "Maça" (#74) ficou na segunda posição pela equipe PRT - Pitico Race Team. A Moretti Racing Team ficou na terceira colocação com o piloto Rafael Touche (#8).

Enzo Valentim (#29), da Misano Racing Team, foi o sexto no grid de largada, mas no fim levou a melhor e venceu a corrida da Yamalube R3 Cup. O piloto da Misano Racing Team superou Lincoln Melo, (#129) da Tecfil Havoline Racing Team, na linha de chegada por apenas 0.054s. O pódio ainda teve Matheus Barbosa, (#260) da Motonil Motors / UsatecBSB, Bruno Cesar Borges, (#51) da PRT - Pitico Race Team , e Kevin Fontainha, (#26) da Moretti Racing Team.

Já na Yamalube R3 Cup Stock, o grande vencedor foi Kaywan Freire "Kaka Fumaça" (#36), enquanto Davi Gomide (#31) ficou em segundo, seguido por Felipe Macan (#54). Humberto Turquinho (#12) e Rodrigo Gregório "Diguinho" (#8) completaram o pódio.

O vencedor da 1ª etapa da SuperBike Escola foi Arthur Gontijo (#7), da Qatar Racing Team Brasil. Na sequência veio Cleber Miranda (#210), da IBMM Racing, com Rafael Ferreira (#512) levando a HG Motos à terceira posição. Marcos Antonio Pereira Junior (#15) foi o quarto colocado entre as 1000cc com moto da Forza Racing. Murilo Tom, (#90) da Moretti Racing Team, fechou o pódio com a quinta colocação.

Na SuperSport Escola, Antonio David "Toninho" (#62), da Forza Racing, garantiu o primeiro lugar. Claudio (#26), da ELB Escola, foi o segundo. Marco Ferreira (#118), da Club Track Day, ficou em terceiro. Walyson Trautenmuller (#86) e Franco Lopes "Mineiro" (#21), da Club Track Day, fecharam a lista dos cinco primeiros.

A prova foi encerrada na terceira volta, após acidente envolvendo os pilotos Walyson Trautenmuller e Edilson Bastos (#144), da Tom Racing Team.

A 2ª etapa do SuperBike Brasil será realizada nos dias 25, 26 e 27 de maio, em Curitiba.

==> Foto: Sampafotos

0 comentários:

Postar um comentário