PATUBATÊ nem 10 Blocos Alternativos e Tradicionais do Carnaval 2018

Entre 20 de janeiro e 24 de fevereiro, o PATUBATÊ vai estar nas entrequadras comerciais do Plano-Piloto, Funarte, Museu na República, Clube Vizinhança, Espaço Cultural Canteiro Central, Parque da Cidade e no Centro Cultural Banco do Brasil. “Confirmados, já são 10 Blocos que iremos desfilar”, comemora Fred, e adianta: “estamos em contato com outros quatro, mas a certeza de nossa participação nestes só deve vir depois”, e completa: “este número ainda pode aumentar, à medida que nos aproximamos da folia”. Quando perguntado: E para não morrer na avenida com tanta folia? “muita água de coco”, dá a dica.

Com vários carnavais na bagagem, agitando foliões, tanto como atração principal assim como convidados especiais, o Grupo PATUBATÊ traz inovações ao carnaval de Brasília ao levar aos festeiros um extenso roteiro de músicas, passando por Maracatu, Samba, Frevo, Baião, Côco, Ijexá, Carimbó, Ciranda e muita empolgação em cortejos que ninguém fica parado. Repertório variado e muitos carnavais, são o que garantem promover experiências diferentes aos brincantes em cada apresentação do Grupo.

Para este ano, o diretor musical, Fred Magalhães, promete novas levadas e novas coreografias, “já estamos nos preparativos, cumprindo quase 10 horas de ensaios semanais, desde novembro do ano passado”, comenta Fred, e faz o convite, “quem quiser brincar o carnaval, como integrante da bateria, é só participar da nossa oficina, quem está nela, desfila com a gente”. As aulas acontecem terças e quintas, das 19h às 22h, e basta mandar uma mensagem para @PatubateSomEMovimento, no Facebook, ou para contato@patubate.com, para se inscrever.

Com a participação dos integrantes da Oficina de Percussão e do Bloco Eletrônico, o PATUBATÊ contará com grupos e músicos convidados, além de um naipe de metais, a principal novidade deste ano. “Entre eles, estão os grupos Afoxé Omó Ayó e 3 no Brega, os músicos Marcelo Lima e Leandro Morais, e DJs”, avisa o diretor do grupo, “mas estamos buscando outros para se juntarem ao nosso bloco, como passistas, dançarinos de rua e outros Grupos Percussivos”, comenta.

O PATUBATÊ alcançou reconhecimento nacional ainda maior quando, em 2016, passou por todos os Estados brasileiros, percorrendo um total de 329 cidades em 95 dias, à frente do cortejo oficial da Tocha Olímpica Rio 2016, tendo sido assistido por mais de 20 milhões de pessoas. Em seus 18 anos de carreira, o grupo já se apresentou em 20 países, em turnês solos ou com participação em grandes festivais, como o Rock in Rio edições Lisboa e Madri.

Vídeos:


Programação:
- 20/01 - Bloco "VIRGENS DA ASA NORTE" - Museu da República, das 15h às 16h. Bloco PATUBATÊ com Afoxé Omó Ayó e convidados com naipe de metais.
            Fundado por uma turma de amigas e amigos loucos por carnaval que se sentiram da obrigação de fazer folia em Brasília. Surgiu então o Virgens da Asa Norte, um Bloco inspirado no carnaval pernambucano, quando em dias de folia homens de vestem de mulher, uma tradição que acontece há 73 anos. Segundo os organizadores, o Bloco busca atravessar os gêneros, desfilar exagero, deboche, irreverência e bom humor.

- 26/01 - "Festival MUSICAR” - CCBB Brasília, das 14h às 16h. Com Bloco PATUBATÊ, Oficina de Construção de Instrumentos e Cortejo para crianças.

- 27/01 - Blocos "SUVAQUINHO" e "SUVACO DA ASA" - Complexo Cultural da FUNARTE, das 11h às 13h. Bloco PATUBATÊ com Afoxé Omó Ayó e convidados com naipe de metais.

- 03/02 - Bloco "BAHIA DE TODOS OS SONS" - Clube Unidade de Vizinhança da 604 Norte, das 12h às 18h. Bloco PATUBATÊ com Afoxé Omó Ayó, Marcelo Lima e Leandro Morais.

- 05/02 - Bloco "ME ENGOLE QUE EU SOU JILÓ" - Praça dos Prazeres das 201 Norte, das 20h às 23h. Bloco PATUBATÊ com Afoxé Omó Ayó, Marcelo Lima, Leandro Morais, "3 no Brega" e convidados com naipe de metais.
            Os cults, vidrados e apaixonados pela sétima arte, tem no “Engole que eu sou Jiló” uma noitada de folia para botar na Rua, no caso - a Tesourinha da 201 Norte, suas fantasias cinéfilas. Iniciativa dos criadores do Cineclube Jiló na Guela, o Bloco surgiu há três anos, quando estreou com o enredo “Solta a Claquete”. Para este ano, só indo ao Bloco para conhecer o novo sambinha, que certamente vai combinar referências à produção cinematográfica, o samba e as desventuras da vida cultural e noturna brasiliense.

- 10/02 - Bloco "CONCENTRA, MAS NÃO SAI" - Comercial da 404/5 Norte, das 15h às 16h. Bloco PATUBATÊ com Afoxé Omó Ayó, Marcelo Lima, Leandro Morais, "3 no Brega" e convidados com naipe de metais.
            O “Concentra, Mas Não Sai” desfila desde 2001, na 404 norte, reduto da boemia e da malandragem asanortista. Idealizado pelos moradores da própria quadra e de quadras vizinhas, muitos deles envolvidos diretamente com a música e a noite brasiliense. Desde sua fundação, vários artistas já passaram pelos palcos do Concentra, principalmente quando o bloco começou a realizar e apoiar eventos culturais e sociais na comunidade, como feiras, festa junina, rodas de samba, entre outros.

- 11 e 12/02 - "Carnaval no CCBB Brasília”. Bloco PATUBATÊ com Afoxé Omó Ayó e convidados com naipe de metais.

- 12/02 - "CARNAVAL NO PARQUE" - Parque da Cidade, das 20h às 22h. Bloco PATUBATÊ com Afoxé Omó Ayó, Marcelo Lima, Leandro Morais, "3 no Brega" e convidados com naipe de metais.

- 13/02 - Projeto "SETOR CARNAVALESCO SUL", do Coletivo LABIRINTO, no SCS, das 12h às 19h. Bloco PATUBATÊ com Afoxé Omó Ayó, Marcelo Lima, Leandro Morais, "3 no Brega", DJs e convidados com naipe de metais.

- 24/02 - “RESSACA DE CARNAVAL DO SUVACO e PATUBATÊ” - Canteiro Central, no SCS, das 21h às 02h. Bloco PATUBATÊ, Orquestra Marafreboi, Afoxé Omó Ayó, Marcelo Lima, Leandro Morais, "3 no Brega" e convidados com naipe de metais.

==> Foto: Joana França

0 comentários:

Postar um comentário