Dicas para o Vestibular e Enem: Começa a fase de estudo intensivo

Estamos a poucas semanas dos principais vestibulares do Brasil. Enquanto muitos estudantes se empenham desde o início do ano, outros estão entrando nesse processo só agora. A pergunta que fica é: será possível rever todo conteúdo em um ou dois meses? O que fazer para se dar bem nas provas?

A primeira recomendação é se organizar. É fundamental o candidato ter um planejamento para administrar o próprio tempo e assim colocá-lo em prática de maneira disciplinada. Segundo a orientadora educacional do Cursinho da Poli, Alessandra Venturi, para ter bons resultados é necessário ser cuidadoso com a organização. “Ao montar um cronograma de estudos, recomendamos ao estudante colocar todas as ações que ele tem de segunda a domingo. Nada pode ficar de fora: o horário do almoço, a janta, o banho e até a noite de sono entram no papel.”

O cronograma é importante para identificar as horas vagas. “Não existe uma receita ou uma regra, varia de cada pessoa. O importante é definir como usar o tempo ocioso para montar um ritmo de estudos semanalmente”, completa Gilberto Alvarez, diretor executivo do Cursinho da Poli.

Pode parecer improvável estudar em alguns meses todo conteúdo visto durante o Ensino Médio. Porém, a disposição e o planejamento mostram que o resultado é possível.

“Não podemos achar que o número de horas estudadas é o que define se um candidato vai passar no vestibular”, argumenta Alessandra. “O que determina não é a quantidade, mas a qualidade desses estudos.”

Sendo assim, a palavra-chave do momento é dedicação. Basta se preparar bem e acreditar no próprio potencial para fazer o melhor no modelo intensivo de estudo.

==> Foto: Reprodução Internet

0 comentários:

Postar um comentário