Rally dos Sertões: Bruno Varela assume liderança nos UTV na reta final

Faltando apenas dois dias para o encerramento do Rally dos Sertões, o jovem (20 anos) Gabriel Varela e seu navegador João Arena (Can-Am Maverick X3/Divino Fogão/Blindarte) assumiram a liderança da principal prova off-road do Brasil. Depois de percorrerem na quarta-feira (24/8) 666 km entre Barra do Garças (MT) e Coxim, no Mato Grosso do Sul, a dupla paulista abriu a pequena vantagem de 39s28 sobre Lucas Barroso/Breno Rezende (Can-Am Maverick X3), que agora caíram para a segunda colocação.

“Assumimos a liderança do Rally e agora vamos ficar ainda mais focados para continuar assim”, comentou Gabriel Varela, que nas duas últimas edições terminou o principal Rally brasileiro na terceira colocação.

Com a estratégia de forçar mais na fase final do Rally dos Sertões, a Família da Poeira teve um ótimo resultado no penúltimo dia de competição. Rodrigo Varela/Idali Bosse terminaram a mais longa Especial da prova na segunda posição – apenas 26 segundos atrás dos vencedores da quinta etapa, Ismar Junior/André Galvão de Sá (Can-Am Maverick X3 XRS), Varela/João Arena chegaram em terceiro e Gabriel Varela/Gabriel Morales logo a seguir, no quarto posto.

“Por muito pouquinho eu não venci a Especial de hoje. O meu Can-Am Maverick X3 foi perfeito, como os dos meus irmãos, e por isto deu para forçar bastante hoje. Acredito que daqui pra frente será um pouco mais fácil”, disse Rodrigo, o mais velho e experiente dos três irmãos Varela.

Na Especial mais longa, com 438,86 km cronometrados, as duplas passaram por estradas de piçarra bem sinuosas, regiões de reflorestamento, área agrícola com longas retas, serras, trechos de trial, com muitas pedras e muitas curvas.

“Hoje o dia foi perfeito. Aliás, foi o dia mais divertido de pilotagem”, comemorou o caçula dos três filhos do campeoníssimo Reinaldo Varela, que está tentando a sua terceira vitória na classificação geral entre os Carros.

O penúltimo dia de competição, entre Coxim e Aquidauana (MS), será o mais curto, com 429,45 km, mas apenas 194,91 km cronometrados. A Especial desta sexta-feira (25/8) será bem travada e dura no início. Trechos de piçarra com muitas pedras e lombas serão predominantes. Na segunda parte da especial, após a descida da serra, segue por estradas mais planas e continua rápida até o final desta especial. “Vamos nos dedicar muito e não vamos largar o osso até o fim”, avisa Bruno.

“Nós três vamos largar juntos amanhã (sexta-feira) e eu e o Rodrigo vamos comboiar o Bruno, para auxiliar em qualquer necessidade. O importante é a vitória ficar na Família da Poeira”, concluiu Gabriel Varela, que no ano passado venceu o Rally dos Sertões na categoria Pro. O Rally dos Sertões termina no sábado (26/8), em Bonito (MS), após 3.300 km de disputas em três Estados do Centro-Oeste.

A equipe Divino Fogão Rally Team participa do 25º Rally dos Sertões com uma picape protótipo e três UTVs, contando com organograma formado por 60 pessoas e estrutura composta por dois caminhões, um motor-home, dois trailers para 10 pessoas cada um, três camionetes, dois carros e duas motos de apoio.

Confira os dez primeiros (extra-oficial) na categoria UTV no quinto dia do Rally dos Sertões 2017:
1) Ismar Junior/André Galvão de Sá, Can-Am Maverick X3 XRS, 5h10min10s91
2) Rodrigo Varela/Idali Bosse, Can-Am Maverick X3, 5h10min37s24
3) Bruno Varela/João Arena, Can-Am Maverick X3, 5h13min07s95
4) Gabriel Varela/Gabriel Morales, Can-Am Maverick X3, 5h19min09s39
5) Lucas Barroso/Breno Rezende, Can-Am Maverick X3, 5h22min43s24
6) Edu Piano/Solon, Can-Am Maverick X3 XRS, 5h24min13s45
7) Denisio nascimento/Emilio Rockenbach, Can-Am Maverick X3, 5H24min47s32
8) Marcelo Gastaldi/Claudio Silveira, Can-Am Maverick X3, 5h27min41s50
9) Enrico Almeida/Fabio Pedroso, Can-Am Maverick X3, 5h28min39s70
10) Daniel Mahseredjian/Sano Chermont, Can-Am Maverick X3 XRS, 5h28min49s89.

Após cinco etapas, os dez primeiros (extra-oficial) na classificação dos UTV são:
1) Bruno Varela/João Arena, Can-Am Maverick X3, 20h20min54s91
2) Lucas Barroso/Breno Rezende, Can-Am Maverick X3, a 39s28
3) Ismar Junior/André Galvão de Sá, Can-Am Maverick X3 XRS, a 29min36s
4) Edu Piano/Solon, Can-Am Maverick X3 XRS, a 30min06s
5) Marcelo Gastaldi/Claudio Silveira, Can-Am Maverick X3, a 30min58s
6) Zeca Sawaya/Marcelo Haseyama, Can-Am Maverick X3, a 53min19s
7) Enrico Almeida/Fabio Pedroso, Can-Am Maverick X3, a 56min35s
8) Gabriel Cestari/Edgar Fabre, Can-Am X3 XRS, a 1h23min39s
9) Daniel Mahseredjian/Sano Chermont, Can-Am Maverick X3 XRS, a 1h34min11
10) Rodrigo Betti/Daniel crema, Can-Am Maverick X3, a 1h58min03

Confira a programação e roteiro do Rally dos Sertões 2017:
25/08 - 6ª Etapa
Coxim (MS) a Aquidauana (MS)
Deslocamento Inicial – 59,82 km
Trecho Cronometrado – 194,91 km
Deslocamento Final – 174,72 km
Total do dia: 429,45 km

26/08 - 7ª Etapa
Aquidauana (MS) a Bonito (MS)
Deslocamento Inicial – 128,62 km
Trecho Cronometrado – 240,45 km
Deslocamento Final – 51,71 km
Total do dia: 420,78 km

Para fechar a edição dos 25 anos com chave de ouro, esta especial será inesquecível, que irá exigir muito das máquinas e dos pilotos. Começa bem rápida e segue por fazendas com trechos bem sinuosos. Depois, por trechos de trial com muitas pedras. Nos últimos quilômetros, a prova volta a ficar rápida até a chegada.
Total de trechos cronometrados (especiais): 1.999,52 km (60,59 %)
Total da prova:  3.300,06 km

==> Foto: Victor Eleutério / Fotop

0 comentários:

Postar um comentário