Programação Cine Brasília: de 10 a 16 agosto. Exceto dia 15

Estreia da semana, Los Modernos é exclusividade do Cine Brasília. Este interessante filme uruguaio é também a elogiada estreia em longa-metragem dos diretores Marcela Matta e Mauro Sarser. O filme alterna com brilhantismo humor terno com sarcasmo. Houve quem dissesse que o filme tem um quê de Woody Allen.

Entrando na segunda semana, O Filme da Minha Vida, é o retorno do ator Selton Mello à direção. O drama é baseado no livro Um Pai de Cinema, do chileno Antônio Skármeta e também Rifle, obra sobre conflitos no campo. Exibido no Festival de Brasília do Cinema Brasileiro de 2016, impressiona pela trama e pela beleza plástica.

Exclusivo na tela do Cine Brasília, O Dia Mais Feliz da Vida de Olli Maki apresenta a história de lutador de boxe cuja trajetória nos faz refletir sobre as pressões do sucesso sobre os indivíduos. Uma obra humanista, vencedora da seção Um Certo Olhar do Festival de Cannes do ano passado.

A programação dedicada às crianças, parceria com a Embaixada da França e o Institut Français, o Cine Brasília apresenta, sábado e domingo, às 11h da manhã, a animação Kirikou e a Feiticeira, outra obra-prima do diretor Michel Ocelot. A animação venceu o Grande Prêmio em Annecy (Festival International du Film d'Animation) em 1999.

Por fim, Duas produções brasilienses ganham sessões de carater especial, nos dias 10 e 14: a inédita Cuba Jazz e o épico Araguaya – A Conspiração do Silêncio, filme que narra fatos de uma das páginas mais negras da história do país.


P R O G R A M A Ç Ã O


Quinta, 10/8
15h - Rifle (Brasil, 2016, drama, 89 minutos, classificação 12 anos), direção: Davi Pretto.
Sinopse: Dione é um jovem misterioso que vive com uma família em uma região rural e remota. A tranquilidade da região é afetada quando um rico fazendeiro tenta comprar a pequena propriedade que Dione e a família vivem.

16h40 - O Dia Mais Feliz da Vida de Olli Maki (Hymyilevä mies, Finlândia/Alemanha/Suécia, 2016, drama, 96 min, classificação 12 anos), direção: Juho Kuosmanen
Sinopse : No verão de 1962, Olli Mäki tem a chance de disputar o título mundial de boxe na categoria peso-pena. Em todos os lugares da Finlândia, das cidades do interior às luzes da cidade de Helsinque, as pessoas torcem pelo seu sucesso. A única coisa que Mäki precisa fazer é perder peso e se concentrar. Mas há apenas um problema: Olli está perdidamente apaixonado por Raija.

18h30 - O Filme da Minha Vida (Brasil, 2017, drama, 112minutos, classificação 14 anos), direção: Selton Mello
Sinopse: Serras Gaúchas, 1963. O jovem Tony Terranova precisa lidar com a ausência do pai, que foi embora sem avisar à família e, desde então, não deu mais notícias ao filho. Tony é professor de francês num colégio da cidade, convive com os conflitos dos alunos no início da adolescência e vive o desabrochar do amor. Apaixonado por livros e pelos filmes que vê no cinema da cidade grande, Tony faz do amor, da poesia e do cinema suas grandes razões de viver. Até que a verdade sobre seu pai começa a vir à tona e o obriga a tomar as rédeas de sua vida.

20h30 - Cuba Jazz (Brasil, 2016, documentário, 85 min, 2016, classificação livre), direção: Max Alvim, Mauro di Deus.
Sinopse: Documentário sobre a capacidade criativa do Jazz e da vida como invenção em Cuba. Uma visão da ilha abrindo-se ao mundo. A arte que constitui uma ação micropolítica.


Sexta, 11/8
15h - Rifle (Brasil, 2016, drama, 89 minutos, classificação 12 anos), direção: Davi Pretto.
Sinopse: Dione é um jovem misterioso que vive com uma família em uma região rural e remota. A tranquilidade da região é afetada quando um rico fazendeiro tenta comprar a pequena propriedade que Dione e a família vivem.

16h40 - O Dia Mais Feliz da Vida de Olli Maki (Hymyilevä mies, Finlândia/Alemanha/Suécia, 2016, drama, 96 min, classificação 12 anos), direção: Juho Kuosmanen
Sinopse : No verão de 1962, Olli Mäki tem a chance de disputar o título mundial de boxe na categoria peso-pena. Em todos os lugares da Finlândia, das cidades do interior às luzes da cidade de Helsinque, as pessoas torcem pelo seu sucesso. A única coisa que Mäki precisa fazer é perder peso e se concentrar. Mas há apenas um problema: Olli está perdidamente apaixonado por Raija.

18h30 - O Filme da Minha Vida (Brasil, 2017, drama, 112minutos, classificação 14 anos), direção: Selton Mello
Sinopse: Serras Gaúchas, 1963. O jovem Tony Terranova precisa lidar com a ausência do pai, que foi embora sem avisar à família e, desde então, não deu mais notícias ao filho. Tony é professor de francês num colégio da cidade, convive com os conflitos dos alunos no início da adolescência e vive o desabrochar do amor. Apaixonado por livros e pelos filmes que vê no cinema da cidade grande, Tony faz do amor, da poesia e do cinema suas grandes razões de viver. Até que a verdade sobre seu pai começa a vir à tona e o obriga a tomar as rédeas de sua vida.

20h40 – Los Modernos (Uruguai, 2016, comedia dramatica, 135 min, classificação 14 anos), direção: Marcela Matta, Mauro Sarser.
Sinopse: Três casais discutem o que devem eleger: a paternidade, a realização profissional ou suas liberdades sexuais. Os estilos de vida, as decisões, a liberdade, o sexo, o amor são temas que os mobilizam dia e noite. Los modernos trata esses temas a partir de perspectiva crítica, colocando na tela parámetros que regem valores do mundo contemporâneo.


Sábado, 12/8 e Domingo, 13/8
11h - Kirikou e a Feiticeira (Kiriku et la Sorciere, França, 1998, animação, 70 min, classificação livre), direção: Michel Ocelot.
Sinopse: Exemplar sofisticado da animação europeia contemporânea, o desenho animado traz o fascínio da tradição africana numa história que celebra coragem, curiosidade e astúcia. Baseado em conto da África Ocidental sobre uma comunidade subjugada por uma terrível feiticeira contra a qual o pequeno Kirikou luta para preservar sua aldeia das forças do mal. Um gênero inovador, oposto aos estúdios Disney, com imagem e música originais. ENTRADA FRANCA

15h - Rifle (Brasil, 2016, drama, 89 minutos, classificação 12 anos), direção: Davi Pretto.
Sinopse: Dione é um jovem misterioso que vive com uma família em uma região rural e remota. A tranquilidade da região é afetada quando um rico fazendeiro tenta comprar a pequena propriedade que Dione e a família vivem.

16h40 - O Dia Mais Feliz da Vida de Olli Maki (Hymyilevä mies, Finlândia/Alemanha/Suécia, 2016, drama, 96 min, classificação 12 anos), direção: Juho Kuosmanen
Sinopse : No verão de 1962, Olli Mäki tem a chance de disputar o título mundial de boxe na categoria peso-pena. Em todos os lugares da Finlândia, das cidades do interior às luzes da cidade de Helsinque, as pessoas torcem pelo seu sucesso. A única coisa que Mäki precisa fazer é perder peso e se concentrar. Mas há apenas um problema: Olli está perdidamente apaixonado por Raija.

18h30 - O Filme da Minha Vida (Brasil, 2017, drama, 112minutos, classificação 14 anos), direção: Selton Mello
Sinopse: Serras Gaúchas, 1963. O jovem Tony Terranova precisa lidar com a ausência do pai, que foi embora sem avisar à família e, desde então, não deu mais notícias ao filho. Tony é professor de francês num colégio da cidade, convive com os conflitos dos alunos no início da adolescência e vive o desabrochar do amor. Apaixonado por livros e pelos filmes que vê no cinema da cidade grande, Tony faz do amor, da poesia e do cinema suas grandes razões de viver. Até que a verdade sobre seu pai começa a vir à tona e o obriga a tomar as rédeas de sua vida.

20h40 – Los Modernos (Uruguai, 2016, comedia dramatica, 135 min, classificação 14 anos), direção: Marcela Matta, Mauro Sarser.
Sinopse: Três casais discutem o que devem eleger: a paternidade, a realização profissional ou suas liberdades sexuais. Os estilos de vida, as decisões, a liberdade, o sexo, o amor são temas que os mobilizam dia e noite. Los modernos trata esses temas a partir de perspectiva crítica, colocando na tela parámetros que regem valores do mundo contemporâneo.


Segunda, 14/8
18h - O Filme da Minha Vida (Brasil, 2017, drama, 112minutos, classificação 14 anos), direção: Selton Mello
Sinopse: Serras Gaúchas, 1963. O jovem Tony Terranova precisa lidar com a ausência do pai, que foi embora sem avisar à família e, desde então, não deu mais notícias ao filho. Tony é professor de francês num colégio da cidade, convive com os conflitos dos alunos no início da adolescência e vive o desabrochar do amor. Apaixonado por livros e pelos filmes que vê no cinema da cidade grande, Tony faz do amor, da poesia e do cinema suas grandes razões de viver. Até que a verdade sobre seu pai começa a vir à tona e o obriga a tomar as rédeas de sua vida.

20h10 – Araguaya – A Conspiração do Silêncio (Brasil, 2004, drama, 105 min, classificação 14 anos), direção: Ronaldo Duque.
Sinopse: O exército brasileiro no auge da ideologia da segurança nacional, um partido de esquerda dissidente, militantes aguerridos (a maioria deles ainda jovens e inexperientes), inocentes camponeses e uma região onde a ambição e a miséria disputavam lugar palmo a palmo. É neste cenário que está o Padre Chico (Stephane Brodt), um religioso francês que chegou à região do Araguaia no início dos anos 60. A profunda identidade de Padre Chico com as pessoas da região, associada ao seu sentimento religioso e dúvidas existenciais, fazem com que o religioso presencie os eventos ligados à formação da Guerrilha do Araguaia.


Terça, 15/8, 20h - Concerto da OSTNCS


Quarta, 16/8
15h - Rifle (Brasil, 2016, drama, 89 minutos, classificação 12 anos), direção: Davi Pretto.
Sinopse: Dione é um jovem misterioso que vive com uma família em uma região rural e remota. A tranquilidade da região é afetada quando um rico fazendeiro tenta comprar a pequena propriedade que Dione e a família vivem.

16h40 - O Dia Mais Feliz da Vida de Olli Maki (Hymyilevä mies, Finlândia/Alemanha/Suécia, 2016, drama, 96 min, classificação 12 anos), direção: Juho Kuosmanen
Sinopse : No verão de 1962, Olli Mäki tem a chance de disputar o título mundial de boxe na categoria peso-pena. Em todos os lugares da Finlândia, das cidades do interior às luzes da cidade de Helsinque, as pessoas torcem pelo seu sucesso. A única coisa que Mäki precisa fazer é perder peso e se concentrar. Mas há apenas um problema: Olli está perdidamente apaixonado por Raija.

18h30 - O Filme da Minha Vida (Brasil, 2017, drama, 112minutos, classificação 14 anos), direção: Selton Mello
Sinopse: Serras Gaúchas, 1963. O jovem Tony Terranova precisa lidar com a ausência do pai, que foi embora sem avisar à família e, desde então, não deu mais notícias ao filho. Tony é professor de francês num colégio da cidade, convive com os conflitos dos alunos no início da adolescência e vive o desabrochar do amor. Apaixonado por livros e pelos filmes que vê no cinema da cidade grande, Tony faz do amor, da poesia e do cinema suas grandes razões de viver. Até que a verdade sobre seu pai começa a vir à tona e o obriga a tomar as rédeas de sua vida.

20h40 – Los Modernos (Uruguai, 2016, comedia dramatica, 135 min, classificação 14 anos), direção: Marcela Matta, Mauro Sarser.
Sinopse: Três casais discutem o que devem eleger: a paternidade, a realização profissional ou suas liberdades sexuais. Os estilos de vida, as decisões, a liberdade, o sexo, o amor são temas que os mobilizam dia e noite. Los modernos trata esses temas a partir de perspectiva crítica, colocando na tela parámetros que regem valores do mundo contemporâneo.


S E R V I Ç O:

Ingressos: R$ 12,00 (inteira) R$ 6,00 (meia entrada)
Cuba Jazz, Kirikou e a Feiticeira e Araguaia – Entrada Franca
Programador responsável: Sergio Moriconi smoriconi@terra.com. br

==> Foto: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário