Boas histórias da Editora Moderna para viajar nas férias

As férias escolares são um período de descanso para os alunos que podem tirar esse tempo para brincar, passear, sair com a família e também aproveitar para viajar com boas histórias. Essa é a proposta da Editora Moderna, que sugere livros totalmente reformulados da Coleção Girassol com enredos leves e divertidos que promovem o aprendizado, a reflexão e a conscientização de valores para as crianças. Confira abaixo as dicas:

Escrito por Tatiana Belinky, O caso do bolinho narra as aventuras de um bolinho que acabara de ser assado e que, de tanto que esperou na janela para esfriar, cansou-se e saiu rolando por aí. Feito pela Vovó a pedido do Vovô, o bolinho redondo e fofinho encontra algumas figuras que facilmente poderiam devorar-lhe, como a Lebre e o Lobo. Esperto que era, o bolinho se utiliza de uma canção para distrair seus predadores até chegar na capciosa Raposa. Cantando vitória por ter escapado de tantos apuros, será que o bolinho conseguirá fugir de mais um faminto predador?

Algumas expressões populares atiçam dúvidas e curiosidade nas crianças, que ficam confusas se devem levar ou não o vocabulário ao pé da letra. Isso também acontece com Rui, protagonista de Falando pelos cotovelos que enfrenta divertidas situações com a sua família. No enredo escrito por Lúcia Pimentel Góes, o garoto não consegue entender o significado de muitas expressões, como “Você está entre o ESPETO E A BRASA” ou “Filho, pare de falar se não VAI DAR NÓ NA LÍNGUA”. A obra propõe um estímulo para conscientizar os leitores quanto às possibilidades inesgotáveis do uso da língua.

Fiz o que pude, apresenta uma história de coragem, ética e reconhecimento, por meio de um valente passarinho. No enredo, de Lucília Junqueira de Almeida Prado, animais de todas as espécies conviviam em harmonia na floresta e davam seus palpites de como poderiam cuidar do local que moravam. Porém, uma pequenina ave passava despercebida e nunca apresentava as suas sugestões. Um dia, o fogo começou a destruir a floresta, e os animais apavorados só pensavam em fugir. No entanto, o passarinho voou até o riacho, encheu o bico de água e, incansavelmente, levou até o fogaréu. Outros bichos, admirados, questionaram a ave: “De que adianta todo seu esforço, se você não conseguirá apagar o fogo da floresta?”, e ele retrucou: “Sei disso, mas quando o fogo se apagar e o chão estiver coberto de cinzas, se me perguntarem o que fiz para evitar a destruição, posso responder: ‘Fiz o que pude’.” Essa história promete engajar o pequeno leitor e conscientizá-lo de que ele também pode fazer a parte dele na sociedade.

Sobre a Moderna
A Moderna na área de Literatura desenvolve projetos para que o aluno-leitor – desde a Educação Infantil até o Ensino Médio – ative sua capacidade de compreender, analisar e refletir sobre os conteúdos estudados. Com obras de ficção, não ficção e arte, o selo disponibiliza recursos para que o professor tenha a sua disposição todas as oportunidades de ensino, tais como: um plano leitor, apresentando os níveis de dificuldade de cada livro; um projeto de leitura, sugerindo atividades criadas por especialistas; e uma assessoria pedagógica específica para a necessidade da escola. Sempre em busca de novos caminhos para a excelência de suas publicações, a Moderna Literatura, numa iniciativa inédita no mercado editorial brasileiro, trouxe, com exclusividade para seu catálogo, todas as obras do renomado autor Pedro Bandeira, criando assim um momento importante para a literatura brasileira infantil e juvenil. O sucesso desta ação foi repetido com a escritora e ilustradora Eva Furnari e com o autor Walcyr Carrasco, cronista, dramaturgo, roteirista, tradutor e adaptador de clássicos da literatura.

==> Foto: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário