Marcelo Augusto lança manual prático de iluminação cênica na Feira do Livro de Brasília

Depois da Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro, chegou a vez de Brasília receber o lançamento oficial de “HAJA LUZ! Manual de iluminação cênica” (editora SENAC), do iluminador brasiliense Marcelo Augusto. O evento será no próximo dia 22 de junho, dentro da programação da 33ª Feira do Livro de Brasília, na área externa do Pátio Brasil Shopping. Marcelo vai aproveitar a ocasião para reunir em uma roda de bate papo alguns dos melhores profissionais do DF na área, para uma troca de experiências com a plateia. Estão confirmadas as presenças de Zé Raimundo, ex-iluminador do Teatro Nacional; Dalton Carmagos, iluminador e dono da Alfinete Galeria; James Fensterseifer, iluminador e diretor teatral; e Fernando Villar, prof. Dr. da Universidade de Brasília, além de diretor e iluminador. A entrada é franca.  

Como falar de iluminação cênica de uma maneira simples e atraente, sem perder o foco na qualidade da informação? Como ser profundo e embasado sem esbarrar em tecnicismos herméticos, que podem ser enfadonhos à primeira leitura? Esses foram alguns dos desafios que Marcelo Augusto se propôs ao redigir “HAJA LUZ!”. A ideia nasceu nos bancos da Universidade de Brasília, quando, ainda aluno de graduação em Artes Cênicas e já apaixonado por luz, ele sugeriu um manual prático de iluminação para o projeto final. “Eu notei que estudar a arte da iluminação teatral no Brasil era lidar com dificuldades, principalmente por causa da pouca bibliografia sobre o assunto. A literatura que existe é escassa e é mais centrada em discussões teóricas, deixando a práxis descoberta”, explica o iluminador, que já atua há 20 anos na área.

Nascia assim “HAJA LUZ!”, um livro didático voltado tanto a profissionais da iluminação cênica, como a arquitetos, designers e público em geral interessado na arte de iluminar. O manual é de leitura suave e clara, que abarca a linguagem da iluminação cênica, perpassando caminhos que vão da história e ciência da luz, chegando a equipamentos e acessórios. Para aproximar a leitura à prática brasileira, Marcelo criou um personagem que se apresenta como um assistente de iluminação, e dá dicas e compartilha curiosidades com o leitor. Tem uma imagem do personagem no link do dropbox com as fotos em alta resolução.

E como o assunto é luz, as imagens são extremamente importantes em um livro dessa natureza. Além de ilustrações e infografias coloridas, Marcelo Augusto fez uma cuidadosa seleção de fotografias que exemplificam técnicas e ideias. O acervo acaba funcionando também como um relevante registro da memória cênica da cidade.

Sempre que viajo pelo Brasil, procuro pessoas com quem eu possa dialogar sobre luz, não só sob o ponto de vista técnico, mas estético e conceitual. Certamente, Marcelo contribuirá para que esse diálogo se torne mais amplo e efetivo. O livro traz uma estrutura semelhante à das melhores publicações encontradas na Europa e nos Estados Unidos. Nenhum tema lhe escapa. Interessante notar que, além de informar, Marcelo mostra uma visão crítica a preceitos antes estabelecidos pelos nossos mestres, e até então incontestáveis”, assina o iluminador paulista Guilherme Bonfanti, na apresentação do livro.

RODA DE BATE DE PAPO
Marcelo Augusto programou para o dia do lançamento uma roda de bate-papo sobre “A arte de iluminar em Brasília”, com quatro dos melhores profissionais do Distrito Federal e que fazem parte diretamente da história profissional do iluminador. São eles: Zé Raimundo, iluminador e técnico de iluminação do Teatro Nacional Claudio Santoro por 40 anos; Dalton Carmagos, iluminador e dono da Alfinete Galeria; James Fensterseifer, iluminador e diretor teatral; e Fernando Villar, prof. Dr. da Universidade de Brasília, diretor e iluminador.

O bate papo será no estande no espaço Eventos, na Feira do Livro de Brasília, a partir das 19h30.

SOBRE O AUTOR
Marcelo Augusto Santana graduou-se em Licenciatura em Artes Cênicas na Universidade de Brasília, onde foi professor por quase três anos. Antes mesmo de receber o diploma já havia se apaixonado pela área de iluminação teatral. Sua pesquisa nesse universo começou em 1997, com experimentações em espetáculos de vários diretores e coreógrafos da cidade, como Circo Teatro Udi Grudi, Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional, Móveis Coloniais de Acaju, ASQ Companhia de Dança, projeto Circo do Brasil, o diretor James Fensterseifer e os coreógrafos russos Serguei e Nadejda Alexandrova, da companhia Ballet Brasil, para citar alguns.

Ao longo de 20 anos de carreira, tem participado de festivais pelo Brasil, América Latina, Ásia, Europa e EUA, com destaque para as 22 apresentações realizadas na Dinamarca, a convite do grupo Odin Theatre que comemorava seu 40º aniversário.

Em 2016, venceu o Prêmio Sesc do Teatro Candango, na categoria Melhor Iluminação, pelo espetáculo “Silêncio do mundo”.

Influenciado pela coloração e luminosidade do céu de Brasília, sua cidade natal, Marcelo continua trabalhando e buscando “Mais Luz!”, como disse Goethe em suas últimas palavras de vida.


SERVIÇO

Lançamento do livro “HAJA LUZ! Manual de iluminação cênica”, de Marcelo Augusto
Data: 22 de junho de 2017
Local: 33ª Feira do Livro de Brasília
Endereço: área externa do Pátio Brasil
Horário: 16h às 22h
Roda de bate-papo com Dalton Camargos, Fernando Villar, James Fensterseifer e Zé Raimundo: 19h30
Entrada franca

==> Foto: Diego Bresani

0 comentários:

Postar um comentário