PROGRAMAÇÃO COMPLETA - MAIO 2017 - DA CAIXA CULTURAL BRASÍLIA

Música
Solo Música – Dea Trancoso
Em sua quinta temporada em Brasília, a série Solo Música traz, a cada mês, um concerto de música instrumental ao Teatro da CAIXA. Valorizando a diversidade musical e trazendo instrumentistas nacionais e internacionais, os recitais apresentam um repertório único e surpreendem o público com instrumentos musicais pouco conhecidos. Em maio, uma das atrações da série é a mineira Dea Trancoso, cantora filha de pais seresteiros que lança seu mais recente e autoral álbum.
Local: Teatro da CAIXA
Dia: 3 de maio
Hora: Quarta-feira, às 20h
Classificação Indicativa: Não recomendado para menores de 12 anos
Duração: 90 minutos
Ingressos: À venda a partir de 29 de abril | R$ 20 e R$ 10 (meia)
Meia-entrada: Estudantes, professores, funcionários e clientes CAIXA, pessoas acima de 60 anos e doadores de 1kg de alimento não perecível.
Patrocínio: CAIXA e Governo Federal
Contato: Diana Leiko | diana@atelierbrasilia.com | 61 98132-4929


Música
Dani Black - Dilúvio
O cantor Dani Black vem a Brasília com a turnê de seu mais recente álbum, indicado ao Grammy Latino de Melhor Álbum de MPB. No palco, o também compositor e conceituado guitarrista apresenta composições autorais do álbum “Dilúvio” e outras reconhecidas nas vozes de artistas como Ney Matogrosso, Pedro Mariano e Maria Gadú. Dani Black é hoje um dos grandes nomes da nova geração da MPB e já foi integrante do grupo 5 a Seco.
Local: Teatro da CAIXA
Dias: 5 a 7 de maio
Hora: Sexta-feira e sábado, às 20h; domingo, às 19h
Classificação Indicativa: Livre para todos os públicos
Duração: 85 minutos
Ingressos: À venda a partir de 29 de abril | R$ 20 e R$ 10 (meia)
Meia-entrada: Estudantes, professores, funcionários e clientes CAIXA, pessoas acima de 60 anos e doadores de 1 kg de alimento não perecível.
Patrocínio: CAIXA e Governo Federal
Contato: Rodrigo Machado | drigo.machado@gmail.com | 61 98654-2569


Música
Samba de Bamba – Nina Wirtti
Exaltando um dos gêneros mais populares do país, o projeto Samba de Bamba traz, a cada mês, artistas de diversos estados que cantam o mais autêntico samba. As apresentações contam com nomes da nova geração que reverenciam grandes sambistas e renovam o ritmo com composições autorais. Em maio, a cantora gaúcha Nina Wirtti apresenta sambas de seu disco de estreia, “Joana de Tal”, que inclui composições de Wilson Moreira e Noel Rosa.
Local: Teatro da CAIXA
Dia: 10 de maio
Hora: Quarta-feira, às 20h
Classificação Indicativa: Não recomendado para menores de 12 anos
Duração: 90 minutos
Ingressos: À venda a partir de 6 de maio | R$ 20 e R$ 10 (meia)
Meia-entrada: Estudantes, professores, funcionários e clientes CAIXA, pessoas acima de 60 anos e doador es de 1kg de alimento não perecível.
Patrocínio: CAIXA e Governo Federal
Contato: Guilherme Tavares | umnomecomunicacao@gmail.com | 61 99218-5001


Teatro
Aqueles Velhos de...
Um espetáculo impactante e emocional de teatro de bonecos com o bonequeiro Sergio Mercurio, conhecido como “El Titiritero de Banfield”, localidade pertencente a um município do sul de Buenos Aires, Argentina. No palco, Sergio manipula um boneco gigante, chamado Juanito, e apresenta a história de dois amigos de longa data que vivem em uma pensão; universo onde se desenvolve a história de Juanito e Juárez, personagem interpretado pelo próprio Sergio.
Local: Teatro da CAIXA
Dias: 12 a 14 de maio
Hora: Sexta-feira e sábado, às 20h; domingo, às 19h
Classificação Indicativa: Não recomendado para menores de 16 anos
Duração: 75 minutos
Ingressos: À venda a partir de 6 de maio | R$ 20 e R$ 10 (meia)
Meia-entrada: Estudantes, professores, funcionários e clientes CAIXA, pessoas acima de 60 anos e doadores de 1kg de alimento não perecível.
Patrocínio: CAIXA e Governo Federal
Contato: Rodrigo Machado | drigo.machado@gmail.com | 61 98654-2569


Artes Visuais
Diáspora – Josafá Neves
A exposição com obras do artista Josafá Neves apresenta a riqueza cultural perpetuada como legado dos africanos que foram retirados de sua terra natal e trazidos para o Brasil. As esculturas, pinturas e gravuras expostas, com a curadoria de Bené Fonteles, retratam de forma poética e contundente o patrimônio imaterial da cultura afro-brasileira e a religiosidade de matriz africana, além de representar figuras icônicas da cultura brasileira.
Local: Galeria Principal
Visitação: até 14 de maio. Terça-feira a domingo, das 9h às 21h
Classificação Indicativa: Livre para todos os públicos
Patrocínio: CAIXA e Governo Federal
Contato: Carmem Moretzsohn | objetosim@gmail.com | 61 98142-0111


Artes Visuais
Caixa-Preta – Celso Brandão
A mostra individual do fotógrafo Celso Brandão chega à Brasília, após estreia em Paris neste mesmo ano. O também cineasta e documentarista alagoano percorre várias décadas de registros fotográficos em preto e branco e apresenta, de forma poética e intensa, a sua visão peculiar do cotidiano no interior brasileiro. São índios, negros e brancos revelados em suas expressões mais marcantes e realistas por meio de suas crenças e da cultura popular.
Local: Galerias Piccola I e II
Visitação: até 14 de maio. Terça-feira a domingo, das 9h às 21h
Classificação Indicativa: Não recomendado para menores de 14 anos
Patrocínio: CAIXA e Governo Federal
Contato: Clara Camarano | baucomunicacao@daiblog.com.br | 61 98154-3111


Teatro
Jogo de Cena
Os apresentadores e comediantes Welder Rodrigues e Ricardo Pipo, integrantes da “Cia. de Comédia Os Melhores do Mundo”, comandam esse espetáculo que apresenta a produção cultural da cidade e que é garantia de boas gargalhadas. Criado em 1985, o Jogo de Cena é um evento mensal genuinamente brasiliense que, num formato de programa de auditório dividido em variados quadros, diverte e envolve o público em inusitadas brincadeiras.
Local: Teatro da CAIXA
Dia: 17 de maio
Hora: Quarta-feira, às 20h
Classificação Indicativa: Não recomendado para menores de 14 anos
Duração: 120 minutos
Ingressos: À venda a partir de 13 de maio | R$ 20 e R$ 10 (meia)
Meia-entrada: Estudantes, professores, funcionários e clientes CAIXA, pessoas acima de 60 anos e doadores de 1kg de alime nto não perecível.
Patrocínio: CAIXA e Governo Federal
Contato: Adla Marques | a4.assessoria.comunicacao@gmail.com | 61 99975-8806


Música
Dobrando a Carioca
O Teatro da CAIXA recebe um encontro de grandes artistas da música popular brasileira no espetáculo “Dobrando a Carioca”, uma celebração da boemia carioca. Zé Renato, Jards Macalé, Guinga e Moacyr Luz sobem juntos ao palco para apresentar um repertório de canções autorais e clássicos do samba. Essa reunião musical de grandes amigos nasceu há 18 anos numa mesa de bar no reduto boêmio do Rio de Janeiro e o registro desse projeto aconteceu em 2016, sob direção de Darcy Burguer.
Local: Teatro da CAIXA
Dias: 18 a 21 de maio
Hora: Quinta-feira a sábado, às 20h; domingo, às 19h
Classificação Indicativa: Livre para todos os públicos
Duração: 70 minutos
Ingressos: À venda a partir de 13 de maio | R$ 20 e R$ 10 (meia)
Meia-entrada: Estudantes, professores, funcionários e clientes CAIXA, pessoas acima de 60 anos e doadores de 1kg de alimento não perecível.
Patrocínio: CAIXA e Governo Federal
Contato: Guilherme Tavares | umnomecomunicacao@gmail.com | 61 99218-5001


Música
Solo Música – Cacai Nunes
Em sua quinta temporada em Brasília, a série Solo Música traz, a cada mês, um concerto de música instrumental ao Teatro da CAIXA. Valorizando a diversidade musical e trazendo instrumentistas nacionais e internacionais, os recitais apresentam um repertório único e surpreendem o público com instrumentos musicais pouco conhecidos. Também em maio, o violeiro pernambucano Cacai Nunes, mostra as diversas possibilidades da viola brasileira, das tradicionais modas até o choro.
Local: Teatro da CAIXA
Dia: 24 de maio
Hora: Quarta-feira, às 20h
Classificação Indicativa: Não recomendado para menores de 12 anos
Duração: 90 minutos
Ingressos: À venda a partir de 20 de maio | R$ 20 e R$ 10 (meia)
Meia-entrada: Estudantes, professores, funcionários e clientes CA IXA, pessoas acima de 60 anos e doadores de 1kg de alimento não perecível.
Patrocínio: CAIXA e Governo Federal
Contato: Diana Leiko | diana@atelierbrasilia.com | 61 98132-4929


Música
Sarau com a Família Assad
Uma das mais prestigiosas famílias musicais do país desembarca em Brasília e divide o palco pela primeira vez na cidade. Os irmãos violonistas Sérgio e Odair e a também irmã Badi, cantora e violonista, recebem a cantora e pianista Clarice, filha de Sérgio. Juntos no palco do Teatro da CAIXA, o grupo apresenta clássicos da MPB e do jazz, além de composições próprias. Um encontro musical em família que transforma o teatro no palco de um sarau que une popular e erudito.
Local: Teatro da CAIXA
Dias: 26 a 28 de maio
Hora: Sexta-feira e sábado, às 20h; domingo, às 19h
Classificação Indicativa: Não recomendado para menores de 12 anos
Duração: 80 minutos
Ingressos: À venda a partir de 20 de maio | R$ 20 e R$ 10 (meia)
Meia-entrada: Estudantes, professore s, funcionários e clientes CAIXA, pessoas acima de 60 anos e doadores de 1kg de alimento não perecível.
Patrocínio: CAIXA e Governo Federal
Contato: Diana Leiko | diana@atelierbrasilia.com | 61 98132-4929


Artes Visuais
Rubem Valentim - Construção e Fé
Com curadoria de Marcus de Lontra Costa, essa mostra apresenta pinturas, relevos e esculturas do artista baiano Rubem Valentim. Suas obras sintetizam em formas geométricas as simbologias místicas de matriz africana e se destacam na arte moderna construtivista e concretista brasileira. Um artista vanguardista que, ao residir em Brasília na década de 1960, incorpora de forma única a tridimensionalidade à sua obra.
Local: Galeria Vitrine
Visitação: até 28 de maio. Terça-feira a domingo, das 9h às 21h
Classificação Indicativa: Livre para todos os públicos
Patrocínio: CAIXA e Governo Federal
Contato: Rodrigo Machado | drigo.machado@gmail.com | 61 98654-2569


Artes Visuais
O essencial é invisível aos olhos – VJ Suave
Uma instalação interativa que une tecnologia de realidade virtual com animação 3D projetada nas paredes da galeria. Essa é a proposta do duo de artistas VJ Suave, formado por Ygor Marotta e Ceci Soloaga, e que ocupa a galeria principal da CAIXA Cultural Brasília. A partir da imersão no ambiente de uma floresta, o visitante vivenciará uma experiência única de autoconhecimento e reflexão; relacionando-se com o espaço e sendo protagonista das descobertas nessa viagem mágica.
Local: Galeria Principal
Abertura: 30 de maio, às 19h
Visitação: 31 de maio a 16 de julho. Terça-feira a domingo, das 9h às 21h (intervalo sem projeções entre 12h e 13h)
Classificação Indicativa: Não recomendado para menores de 10 anos
Patrocínio: CAIXA e Governo Federal
Contato: Renato Acha | achabrasilia@gmail.com | 61 9326-6390


Artes Visuais
O Tempo dos Sonhos: Arte Aborígene Contemporânea da Austrália
Com curadoria de Clay D’Paula, a CAIXA Cultural Brasília recebe uma significativa e diversificada coleção de obras de arte contemporânea dos povos indígenas da Austrália, parte do acervo da Coo-ee Art Gallery, a mais antiga galeria de arte aborígene desse país. Na mostra, pinturas, esculturas, litografia e bark paintings representam o costume dos artistas aborígenes em pintar sua história e costumes com o propósito de repassá-los às futuras gerações.
Local: Galerias Piccola I e II
Abertura: 30 de maio, às 19h
Visitação: 31 de maio a 16 de julho. Terça-feira a domingo, das 9h às 21h
Classificação Indicativa: Livre para todos os públicos
Patrocínio: CAIXA e Governo Federal
Contato: Natália Lopes | natalia@triplicecomunicacao.com.br | 61 98154-6649


Artes Visuais
Coleção Brasília – Patrimônio Cultural da Humanidade
A CAIXA Cultural Brasília expõe obras pertencentes ao Acervo Artístico CAIXA e que foram encomendadas a vários artistas em 1987, ano em que a UNESCO concedeu a Brasília o título de Patrimônio Cultural da Humanidade. Inspirado nas formas criadas por Oscar Niemeyer, nos habitantes da capital e no povo brasileiro, o conjunto de trabalhos exposto inclui artistas como Cláudio Tozzi, Wagner Hermuche, Athos Bulcão, Aldemir Martins e Calasans Neto, dentre outros.
Local: Galeria Acervo
Visitação: até 16 de julho. Terça-feira a domingo, das 9h às 21h
Classificação Indicativa: Livre para todos os públicos
Patrocínio: CAIXA e Governo Federal
Contato Produção: CAIXA Cultural Brasília | caixamuseu.df@caixa.gov.br | 61 3206-9450

0 comentários:

Postar um comentário