SUPERLIGA FEMININA 16/17: Terracap/BRB/Brasília vence Dentil/Praia Clube e empata a série

A série melhor de três jogos entre Dentil/Praia Clube (MG) e Terracap/BRB/Brasília (DF) pelas quartas de final da Superliga feminina de vôlei 2016/2017 está empatada. Até agora, o time que jogou em casa levou a melhor. E depois de uma vitória mineira no último sábado (18.03), por 3 sets a 1, o time candango jogou em casa, no ginásio do Sesi- Taguatinga, em Brasília (DF), e, com apoio da torcida, venceu por 3 a 0 (27/25, 25/18 e 25/19), em 1h32 de partida.

A ponteira Amanda se destacou na equipe da casa, foi premiada com o Troféu VivaVôlei, programa de responsabilidade social da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) que atende crianças de 7 a 14 anos por meio de escolinhas de vôlei, mas fez questão de dividir o prêmio com as companheiras de equipe.

"Se eu pudesse fazer desse troféu um quebra cabeça, eu faria com certeza. Ele é do grupo todo. A equipe mostrou a força que tem, depois de tanta dedicação e trabalho. Agora é colocar a cabeça no lugar. Tivemos a oportunidade de reverter a situação, conseguimos dar um passo hoje, e lá temos que entrar focadas como foi hoje. Hoje, ganhamos a batalha. A guerra nós vamos ganhar lá em Uberlândia. O time delas é muito difícil de vencer, mas vamos tentar fazer o máximo para conseguir", afirmou Amanda.

O terceiro e decisivo jogo será no próximo sábado (25.03), novamente no ginásio do Praia Clube, em Uberlândia (MG), que teve melhor campanha na fase classificatória e, por isso, tem a vantagem de dois jogos em casa. Para vencer, o time mineiro espera contar novamente com boa atuação da central Walewska, maior pontuadora do jogo desta noite, com 14 acertos.

Após a partida, o técnico do Dentil/Praia Clube, Ricardo Picinin, elogiou o desempenho do adversário. "O Brasília defendeu muito bem, as jogadoras estavam determinadas, indo atrás de todas as bolas e nós tivemos dificuldade para colocar a boal no chão. Hoje o sistema defensivo de Brasília prevaleceu. Agora contamos com a força da nossa torcida para nos apoiar em casa", concluiu Picinin.

O JOGO

Alix abriu o placar do jogo a favor do Dentil/Praia Clube. No bloqueio, Walewska fez 2/0. Com o bloqueio funcionando bem, o time mineiro chegou a 4/1. O Terracap/BRB/Brasília reagiu e aproximou no placar em 4/6. No ponto de Amanda, o time da casa encostou de vez em 6/7. Com Roberta duas vezes, o Brasília deixou tudo igual em 8/8. O Praia voltou a abrir vantagem (13/9) e Anderson pediu tempo. Com Vívian no ataque e Macris no saque, a equipe de Brasília fez 11/13 e foi a vez de Picinin parar o jogo. Na china de Andreia, as donas da casa chegaram a mais um empate: 13/13. Amanda bloqueou e o Terracap/BRB/Brasília assumiu o comando do marcador em 16/15. O Dentil/Praia Clube deixou tudo igual em 18/18. O Praia fez 21/20. No bloqueio de Paula, a equipe da casa fez 22/21. Os times seguiram trocando pontos. Com Andréia, o Brasília chegou a 24/23. No final, o Terracap fechou em 27/25.

O início do segundo set foi de equilíbrio, com as equipes empatando em 2/2. No bloqueio de Vívian, o Terracap/BRB/Brasília marcou 4/2. O Dentil/Praia Clube empatou em 4/4 e, com Andréia, a equipe da casa voltou a abrir vantagem: 7/4. Melhor em quadra, o time dirigido por Anderson Rodrigues ainda chegou a 9/4. O Praia Clube reagiu e encostou em 9/10 e, na sequência, o Brasília abriu 13/10. No bloqueio simples de Andréia, 17/13. Com Amanda, o Terracap/BRB/Brasília fez 20/15. Roberta marcou no bloqueio: 22/16. Embalado, o time de Brasília seguiu com ritmo forte até o fim do set, que venceu por 25/18.

Melhor no jogo, o Terracap/BRB/Brasília abriu 4/1 no início do terceiro set. A vantagem do time da casa aumentou em 6/2 e Ricardo Picinin parou o jogo. Na sequência, 8/4. O Dentil/Praia Clube demonstrou bom poder de reação e reduziu a diferença para dois pontos: 6/8. O Brasília voltou a pontuar bem e, com Roberta, chegou a 12/7. Neste momento, Picinin pediu tempo. Na volta, Amanda fez 13/7. Ellen entrou em quadra, pontuou duas vezes seguidas, e levou o Praia a 10/13. Anderson pediu tempo. Contando com erros do adversário, o time mineiro chegou ao ponto de empate em 13/13. O Brasília voltou a abrir três em 17/14. Na largadinha de Paula Pequeno, 18/14. O Dentil/Praia Clube voltou a encostar no placar, fez 18/19 e Anderson pediu tempo. Mas, o time da casa voltou a pontuar. No bloqueio de Andréia marcou 21/18. Com apoio da torcida, o Terracap/BRB/Brasília fechou em 25/19.

EQUIPES

TERRACAP/BRB/BRASÍLIA - Macris, Andréia, Roberta, Vívian, Paula Pequeno e Amanda. Líbero - Silvana
Entraram - Fernanda, Mari, Ana, Vívian Lima, Lê
Técnico: Anderson Rodrigues

DENTIL/PRAIA CLUBE - Claudinha, Ramirez, Natasha, Walewska, Alix e Michelle. Líbero - Tássia
Entraram - Ellen, Ju Carrijo, Malu
Técnico: Ricardo Picinin

GALERIA DE FOTOS - Terracap/BRB/Brasília x Dentil/Praia Clube
http://superliga.cbv.com.br/galeria/1829/brasilia-df---21.03.2017---superliga-feminina---terracapbrbbrasilia-x-dentilpraia-clube

SUPERLIGA FEMININA 16/17

Quartas de final

Segunda rodada

20.03 (SEGUNDA-FEIRA) - Fluminense (RJ) 0 x 3 Vôlei Nestlé (SP), às 19h, no Hebraica, no Rio de Janeiro (RJ) (20/25, 14/25 e 13/25)

20.03 (SEGUNDA-FEIRA) - Rexona-Sesc (RJ) 3 x 0 Pinheiros (SP), às 21h30, na Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro (RJ) (25/13, 25/20 e 25/22)

21.03 (TERÇA-FEIRA) - Terracap/BRB/Brasília (DF) 3 x 0 Dentil/Praia Clube (MG), às 19h, no Sesi Taguatinga, em Brasília (DF) (27/25, 25/18 e 25/19)

==>  Foto: Ricco Botelho / Inovafoto / CBV

0 comentários:

Postar um comentário