Debate "Arte Urbana e Grafite" no Fórum de Produtores Culturais na UnB - 30/03, às 18h30

O Fórum de Produtores Culturais na UnB está de volta, agora em um formato mensal, no qual teremos a oportunidade de ouvir diferentes narrativas sobre um mesmo tema. E no horário que vocês tanto pediram: às 18h30!

Nosso debate de estreia será sobre Arte Urbana e Grafite no DF. Num momento onde existe a tentativa de marginalizar a Arte Urbana, vamos levar esta conversa para o Instituto de Artes da UnB.

Nossos convidados para este papo serão: 

Camilla Siren 
Camilla Santos, mais conhecida como Siren, é artista plástica e designer. Ingressou na arte urbana paralelamente com a ilustração digital em meados de 2013, e tem a mesclagem desses dois mundo como identidade visual. Brasiliense, tem referências de dentro e fora do quadradinho e carrega traços únicos - seja na rua, ilustração, acrílico, xilogravura ou bordado.

Mais sobre seu trabalho no link: www.instagram.com/sirenarte


Juh Borgê
Juliana Borgê é artista plástica. Iniciada pela costura, passou para o desenho ainda pequena e, em seguida, descobriu o grafitte. Borgê insere um universo de delicadeza em meio ao caos das ruas, atua em diferentes suportes, agregamentos de matérias, figurações, comportamentos envolventes de linhas. Tentativas de um processo de resignificação, para o despertar  do olhar. De forma sutil, seu trabalho apresenta uma contemporaneidade construída e moldada por crenças profundas. Suas referências passam pelo selvagem do cerrado e o lirismo concreto do urbano.  

Mais sobre ela no link: www.flickr.com/juborge

Daniel Toys
Nascido em Brasília, Toys cursou publicidade e propaganda na UCB. É artista visual, ilustrador, designer autoditada. Desde a infância desenhava quadrinhos e fazia experimentos artísticos com seus próprios personagens. Aos 13 anos teve seu primeiro contato com a streetart e se identificou com a liberdade artística do graffiti. Em 2005, com incentivo de amigos, passou para as ruas os desenhos de suas criações - o garoto Toys, o cão Totoys e o gato - Gatoys que até então estavam nas contracapas de livros e páginas de cadernos. Hoje, versátil em suas criações, tem sua arte exposta nas principais cidades do Brasil e da América do Sul. Toys é reconhecido pelas formas utilizadas, tipografia própria, traços retos e cores vibrantes. É um dos grandes nomes da arte urbana que Brasília exporta para o mundo. Motivado e grato pela repercussão nacional seu trabalho mais recente, a fachada do prédio que está sediando a edição 2015 da Casa Cor Brasília, já em 2016 recebeu o convite de ser um dos condutores oficiais da Tocha Olímpica em sua passagem por Brasília devido ao reconhecimento de sua arte na capital. Toys Daniel continua assinando fachadas e grandes paredões.


Mikael Guedes (Omik) 
Artista brasiliense, um sujeito simples e composto que iniciou o interesse por arte aos 6 anos de idade. Atuante na área urbana através do graffiti há 5 anos. Seu trabalho apresenta estampas, mulheres, expressões, animais, cores quentes predominantes em seus cartoons, anatomias, distorções e pontos de vista pessoais. Insaciável por conhecimento onde possa agregar em seu trabalho seja em teoria ou principalmente na prática.


Todas os debates mensais do Fórum de Produtores Culturais na UnB são gratuitos e abertos à comunidade, com classificação indicativa livre.

  
Serviço: Fórum de Produtores Culturais na UnB - Debate sobre Arte Urbana e Grafite no DF, com Camilla Siren, Juh Borgê, Daniel Toys e Mikael Omik.
Data: 30 de Março de 2017 de 18h30 às 20h30
Local: UnB- Área 1 - Auditório do Departamento de Música da UnB-SG 8.
Classificação indicativa: Livre
Evento aberto à comunidade e gratuito

Estacionamento em frente à agência do Banco do Brasil, próximo ao Restaurante Universitário.
Veja como chegar aqui:  https://goo.gl/SkVAf2

Mais informações: 61- 9 8205 4843

Curta o perfil do Fórum de Produtores Culturais no Facebook:

==> Foto: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário