Peça de Nelson Rodrigues numa versão assustadora em Brasília

Mistério, suspense, erotismo e emoção na montagem do Grupo Novos Candangos que será apresentada no próximo final de semana na FUNARTE. A obra "Perdoa-me por me traíres", ganha uma versão sombria  dark-freak-trash do clássico de Nelson Rodrigues sob a direção de Diego de León, que leva sua marca de encenação à mais um trabalho despojado que dialoga com diferentes tendências das artes cênicas. A peça, montada pelo grupo em 2010, tem em sua concepção referências do musical “Rocky Horror Picture Show”, de Jim Sharman e conta agora com novos atores em cena, como Josuel Junior e Mateus Ferrari, que também assina a direção musical do espetáculo.

Vingança, incesto, assassinato, ciúmes, psicologismos e repressão dos desejos pessoais são elementos que se encontram num universo onírico entre o real e o pesadelo através das personagens do espetáculo. Lançando um olhar de estranhamento quanto à conduta humana, a peça conta a história de Glorinha, objeto de desejo de seu tio Raul, que a criou desde criança após ter assassinado a mãe da menina. Conduzida por uma colega, a moça conhece e se fascina pelo mundo dos prostíbulos, ao mesmo tempo em que prepara uma terrível vingança contra o tio. A curta e especial temporada do espetáculo no Teatro Plínio Marcos celebra a semana do Dia das Bruxas e encerra a programação da "Mostra Monstra", que levou música, teatro, terror e terrir aos palcos da Funarte.

Direção: Diego de Leon
Elenco: André Rodrigues, Diego de León, Josuel Junior, Luana Proença, Mateus Ferrari, Rafael Toscano, Tati Ramos, Tuti e Xiquito Maciel.
Iluminação: Marcelo Augusto
Cenário e Figurino: Cyntia Karla
Idealização da Mostra Monstra: Grupo Novos Candangos e Guinada Produções
Produção: Guinada Produções (Guilherme Angelim)
Assessoria de Imprensa: Cia Fábrica de Teatro


“PERDOA-ME POR ME TRAÍRES”, do Grupo Novos Candangos
04, 05 de novembro (21h) 
06 de novembro(20h)
Teatro Plinio Marcos - FUNARTE
Classificação: 16 anos
Ingressos:15,00 (meia entrada)

==> Foto: Sartoryi

0 comentários:

Postar um comentário