ESPETÁCULO NARRA VIDA E MORTE DE LAMPIÃO NA CAIXA CULTURAL BRASÍLIA

A CAIXA Cultural Brasília abre suas portas para o espetáculo A chegada de Lampião no inferno, da premiada companhia de teatro e animação PeQuod. Inspirado no famoso cordel e com referências à cultura popular, atores e bonecos narram a trajetória de vida e morte de Virgulino Ferreira da Silva, o Lampião. Em cartaz de 10 a 13 de novembro, a peça tem ingressos a R$ 10 e R$ 5 (meia), já à venda.

O diretor Miguel Vellinho montou um espetáculo semelhante a um documentário ao vivo, trazendo para o palco as cores fortes do Nordeste brasileiro que se fundem ao urbano e contemporâneo do Sudeste. Além disso, A chegada de Lampião no inferno traz questões prementes aos dias de hoje como identidade, pertencimento e territorialidade.

Indicado ao Prêmio Shell de Teatro em duas categorias, Melhor Cenografia e Melhor Iluminação, a peça conta com uma trilha sonora especial, criada pelo renomado músico André Abujamra. Para conduzir o público aos confins do sertão e às artimanhas do cangaço, o ator Othon Bastos empresta sua voz em uma marcante participação.

Dividida em duas partes, A chegada de Lampião no inferno começa em uma olaria, iguais às de Caruaru (PE), onde artesãos contam o ciclo do cangaço até a morte de Lampião. A segunda parte do espetáculo mescla atores e bonecos e ganha ares de Divina Comédia. Aqui o cangaceiro chega ao inferno exigindo a posse daquele mundo, mas o demônio não permite que ele fique por lá. Sua única saída é refazer o caminho de volta para não ser esquecido.

Para reproduzir fielmente a mágica dos bonecos de barro, a companhia PeQuod foi fundo em sua pesquisa, chegando à Alto do Moura, em Caruaru, para ver de perto a herança do artesão Vitalino Pereira dos Santos, o Mestre Vitalino.

A companhia de teatro e animação PeQuod:
A PeQuod é uma das companhias de teatro de animação de maior destaque no país. Com 17 anos de existência, seu repertório sólido trouxe reconhecimento em todo o país e no exterior. Uma das principais características da companhia é o trabalho dentro de uma metodologia que propicie um aglutinamento visual e estético muito peculiar de linguagens variadas como o cinema, o desenho animado e a dança.

Ficha técnica:
Elenco - André Gracindo, Gustavo Barros, Liliane Xavier, Márcio Nascimento e Raquel Botafogo
Narração - Othon Bastos
Direção - Miguel Vellinho
Dramaturgia - Mario Piragibe e Miguel Vellinho
Cenário e adereços - Carlos Alberto Nunes
Iluminação - Renato Machado
Trilha sonora - André Abujamra
Figurino - Danielle Geammal
Direção musical - Thiago Picchi
Fotografia - Simone Rodrigues e Ângelo Duarte
Design gráfico - Roberta de Freitas e Ana Carolina Braz
Pintura de Arte - Nilton Katayama
Esculturas dos bonecos - Andréa Kossatz
Confecção dos bonecos - Andréa Kossatz, Michel Souza, Márcio Newlands e Thiemy Katayama
Operação de som - Telma Lemos
Operação de luz - Neck Vilanova
Produção Executiva - Liliane Xavier
Produção local Brasília - Carvalhedo Produções
Assessoria de Imprensa Brasília - Território Cultural
Registro fotográfico e filmagem Brasília: Thiago Sabino - Est údio Carbono
Coordenação Geral - Lilian Bertin
Realização: Cia PeQuod - Teatro de Animação


Serviço:
 

A Chegada de Lampião no Inferno, com a Cia. Pequod – Teatro de Animação
Local: Teatro da CAIXA Cultural Brasília (SBS Quadra 4 Lotes 3/4)
Dias: 10 a 13 de novembro de 2016
Hora: quinta-feira a sábado, às 20h; domingo, às 19h
Classificação Indicativa: não recomendado para menores de 16 anos
Duração: 75 minutos
Ingressos: R$ 10 e R$ 5 (meia)
Meia-entrada: estudantes, professores, funcionários e clientes CAIXA, pessoas acima de 60 anos e doadores de livro.
Bilheteria: de terça a sexta e domingo, das 13h às 21h, e sábado, das 9h às 21h. Contato: (61) 3206-6456
Classificação etária: 16 anos
Capacidade: 406 lugares (8 para cadeirantes) | Acesso para pessoas com deficiência e assentos especiais

==> Foto: Angelo Duarte

0 comentários:

Postar um comentário