Sarau Chatô celebra o multiculturalismo norte-americano

Hello, Brasília! A efervescência da cultura norte-americana será celebrada na 21ª edição do Sarau Chatô. Expoente na dança, na música, no cinema e nas mais variadas expressões artísticas, o melting-pot dos Estados Unidos, ou caldeirão cultural, agrega pitadas de costumes e tradições de povos diversos. Essa mistura, aliás, é a própria essência da terra do Tio Sam, um país com dimensões continentais que, como o Brasil, desde sempre recebe influências europeias, africanas, orientais, indígenas, latino-americanas... O Sarau Chatô também terá nuances do folclore da região amazônica, com a apresentação do grupo Pellinsky. A festa multicultural será no dia 29 de setembro, a partir das 19h, no Hípica Hall. O evento é promovido pela Fundação Assis Chateaubriand e tem o patrocínio da Petrobras.

O diretor cultural da Fundação, Márcio Cotrim, adianta que será uma noite alto astral. “Vamos ter sapateado, jazz, dança country, gastronomia típica e muito mais para que o público de Brasília possa apreciar traços da arte norte-americana, que exibe uma incrível multiplicidade”, pontua. Uma das apresentações que promete encantar é o espetáculo de sapateado Era uma Vez?, do Studio Sá Pateia. A dança sonora e ritmada com os pés começou a ganhar expressão nos Estados Unidos em meados do século 19. Na versão norte-americana, ela é uma fusão de ritmos e danças dos escravos - que já tinham um estilo próprio baseado nos sons corporais - com o sapateado praticado pelos imigrantes irlandeses. A reinvenção ganhou força e popularidade na década de 1930 com os grandes musicais que contavam com a participação Fred Astaire, Gene Kelly e Ginger Rogers. “Era uma Vez? é um show que chama atenção do público por fazer um elo entre o teatro e o sapateado. É um espetáculo diferente e muito divertido que conta a história dos clássicos contos de fadas”, comenta a sapateadora Samantha Lemes.

Jazz e Encontro de Bumbás
A noite também abre espaço para a música com o jazz, uma das estrelas dessa edição do Sarau. Ícone do improviso musical, o jazz soou os primeiros acordes na região de Nova Orleans (EUA). Com grande influência das tradições e da musicalidade afro-americana, ele incorpora notas, swings e ritmos de outros estilos. O som, no entanto, é inconfundível, com metais, palhetas e baterias marcantes.

No palco do Sarau, a All That Jazz: A Era de Ouro, com performances do maestro Nilson Vieira e Big Band, que se aliam às vozes de Hanna Bezerra, Sarah Goulart e Bel Quintelacanto, vai transportar o público à mesma sonoridade fascinante que conquistou o mundo no início do século passado. No setlist da banda, grandes clássicos e hits recentes do pop com adaptações criativas: uma versão swing do hit Royals e um arranjo virtuoso de All About That Bass, ao lado de sucessos atemporais como Fly me  to the Moon e I’ve Got Rhythm.

Para animar ainda mais a festa multicultural, shows de dança. Em um deles, o brilho e a originalidade da região amazônica entram em cena com o grupo Pellisky. A trupe traz ao público um espetáculo com músicas e danças do Boi Bumbá do Amazonas, mesclando elementos da tradição indígena com o folclore, de personagens da flora e fauna com as lendas do cerrado. O Sarau também terá apresentação do grupo Comanches Country, que deixará sua marca com as cores e coreografias que revivem o vigor e entusiasmo das noites dos vaqueiros norte-americanos.

E como a gastronomia sempre marca presença no Sarau Chatô, as comidas típicas do país homenageado despertarão o apetite com cheiros e sabores da festa. Hamburguers, pizzas e hot dogs não podem faltar e estarão no cardápio.

O projeto - Iniciado em dezembro de 2011, o Sarau Chatô consiste em uma série de eventos multiculturais gratuitos que reúnem no mesmo espaço as mais variadas manifestações artísticas, como música, dança, teatro, artes plásticas e cinema. A cada edição, são homenageados um estado brasileiro e um país com embaixada em Brasília. A realização é da Fundação Assis Chateaubriand e o patrocínio, da Petrobras.

27 anos de história – Instituída em fevereiro de 1989, a Fundação Assis Chateaubriand (FAC) é uma entidade sem fins lucrativos que atua nas áreas de cultura, educação, esporte, saúde e turismo. Seus programas, projetos e ações oferecem oportunidades que utilizam o poder do conhecimento para contribuir com o desenvolvimento social e humano de comunidades localizadas prioritariamente nas regiões onde os Diários Associados estão presentes. Por acreditar que uma sociedade melhor é feita com a participação de todos, a FAC trabalha em parceria com organizações públicas, privadas e do terceiro setor.


SERVIÇO

21º Sarau Chatô
Data: 29 de setembro
Horário: 19h
Local: Hípica Hall - Setor Hípico Sul, Área Especial, lote 8 (ao lado da Sociedade Hípica de Brasília – próximo ao Zoológico de Brasília)
Entrada: Gratuita mediante doação de 1kg de alimento não perecível.
Classificação indicativa: Livre
Informações: 3214-1379/3214-1380

==> Foto: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário